A pedido de líderes comunitários, Paulo Bomfim decide flexibilizar fogos de artíficio e fogueiras juninas em Juazeiro

0
Foto: Ascom PMJ/divulgação

A pedido das associações de moradores de Juazeiro (BA), representadas pelo presidente da Federação, Chico Bito, a prefeitura decidiu flexibilizar a queima de fogos e a prática das fogueiras na véspera de São João. Ao invés de proibir, agora a administração municipal recomenda que a população não faça uso dessas tradições juninas e mantém o alerta para os riscos de doenças respiratórias, que podem levar a um aumento na procura por leitos hospitalares, que já estão recebendo grande demanda de pacientes diagnosticados com o novo coronavírus (Covid-19).

Nossa primeira preocupação é com os riscos à saúde das pessoas por conta de queimaduras e de doenças respiratórias provenientes da fumaça. Mas também entendemos que se trata de uma tradição desse período junino, mesmo com o cancelamento da festa de São João. Por isso, atendendo a um apelo das associações de moradores resolvemos flexibilizar e agora recomendamos que a população tome cuidado e se proteja evitando soltar fogos e acender fogueiras“, alerta o prefeito Paulo Bomfim.

No decreto publicado na tarde de ontem (10), ainda consta a permissão para a abertura do comércio também aos sábados, para evitar maior aglomeração nas ruas. Com o funcionamento das lojas durante os seis dias normais, o fluxo de clientes ao mesmo tempo irá diminuir porque haverá mais tempo para ir às compras.

Outras medidas adotadas foram a ampliação do toque de recolher para até o dia 30 de junho, nos mesmos horários (das 22h às 5h), e a limitação de horário até as 21h30 para bares e restaurantes quando os mesmos reabrirem no final deste mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome