A melhor Banda do Brasil: Roupa Nova – “A Lenda”

  1. Mara11 disse:

    que coisa mais linda!!!
    parabéns a banda Roupa Nova por todo talento!!!
    não só por esse sucesso, mais por tantos outros de uma qualidade inigualavel que deveria servir de exemplo para os nossos jovens que quase sempre anda apreciando coisas de um conteúdo tão fútil que chega a ser vergonhoso… ISSO É INCENTIVO A DIFUSÃO CULTURAL…parabéns ao blog!!!

    1. GARBUS disse:

      Mara, José e João,
      Roupa Nova, essa nostalgia idealista, assexuada, platônica, vazia. Esse amorzinho sem carne, sangue, suor,sem tesão:
      “Dona desses traiçoeiros
      Sonhos sempre verdadeiros
      Oh! Dona desses animais
      Dona dos seus ideais”
      Essa música sem geografia, sem contexto social. Apolítica! Essa balada de sala de estar. Que só fala em dor de cotovelo cartesiano… Não diz nada do período histórico no qual foi formada.
      Isso não é conteúdo que se preceite aos jovens. Legião Urbana, Chico Science & Nação Zumbi, jimi hendrix, Bob Marley, Reflexu’s, Siba & a Fuloresta, Chico Cesar, Jaguaribe Carne, isso sim é que é remédio pra juventude. Se vc é jovem ou já foi jovem e não conhece almenos dois desses ícones da juventude, sugiro que pesquise e saiba o que é música jovem.
      OBS: prefiro É o Tchan, ou Mulher Perereca à Roupa Nova, pelo menos faz com que a juventude mexa os músculos e não fique só nesse lero-lero vazio de um amor Hegeliano. Você conhece Hegel, né?
      Só o trechinho de algo pra jovem – Siba e Fuloresta:

      “Trincheira da fuloresta

      Cheguei, meu sangue está quente
      Zumbindo igualmente cavalo do cão
      Coberto de arruda e liamba
      E um ponto de samba na palma da mão

      E eu vim bater mão ao cangaço
      E cantar sem cansaço
      Querendo um calor
      No verso, pimenta, aguardente
      Que comida quente é que tem mais sabor

      No caminho, me aquilombei
      No chão escutei quem ia e quem vinha
      Quem é do samba deseja
      Enfrenta a peleja com tropa de linha

      Na praça de guerra quem gira
      Não erra o que mira na ponta da vara
      Quem risca nesse chão comigo,
      Não acha perigo que não meta a cara

      A tropa formou na frenteira
      Caiu na tricheira
      Não reclame à toa
      Formiga trabalha sem mágoa
      Mas um pingo d’água pra ela é lagoa

      A guarda formando a enchente
      Descendo o batente, não vem pra voltar
      Só brigo soprando assovio
      Que a chuva é pro rio, e o rio só dá no mar

      A tropa reúne de pronta
      Quem tiver a conta que mande pra mim
      Calcule, não renegue o preço
      Que entrei no começo, sem saber do fim”

      Imagine o ritmo e o som desta musica-exemplo para a juventude Pernambucana e Baiana!!!!!

      1. Ana disse:

        Dá licença por favor! As pessoas tem liberdadede fazerem as suas escolhas. Parabéns pelo seu gosto musical intelectual e desculpe a ignorância dos outros e minha.

        1. Ton & Tornado disse:

          Dá licença não! Aproveite o espaço pra aprender, é gratuito!!!

          1. DIATRIBE TRELOSO disse:

            O blog do carlos britto é um excelente espaço onde nos espectadores podemos partilhar sem censura nossas idéias. Ninguém tá lhe impondo o “manjar dos deus” mas nós arautos da cultura popular, nós guerrilheiros lutamos incessantemente contra esse imposição midiática.. Essa ditadura da mídia que diz o que é bom para o velho e para o jovem.
            Isso que você chama LIBERDADE não passa de atadura cultural. Não se irrite com a militância e a vasta cultura de pessoas tão garbosas quanto TON & TORNADO (sua moto), ele apenas combate incessantemente esse estado arrogante imposto pela “mpb”. Aprenda com ele e escute a verdadeira MPb – Musica ParaiBana.
            Só mais uma coisa, não peça desculpas por sua ignorância! Muito menos pela aleia.
            O reconhecimento da ignorância é a melhor oportunidade para procurar se instruir.
            EU TAMBÉM PARABENIZO O TON & TORNADO pela sua JUVENTUDE e por sua inquietação musical. Ele nunca estar satisfeito com os próprios resultados. Desde que ele bebeu na fonte o VENENO PIRRÔNICO, não anda se embriagando com qualquer coralzinho de pinguins de geladeira.
            PARABÉNS TON e parabéns ao http://www.carlosbritto.com que provocou essa discussão fértil e salutar sobre a cultura e a musica popular!!!

          2. Ana disse:

            Clap clap clap clap….

      2. Kati disse:

        Isso não é conteúdo que se preceite aos jovens. Legião Urbana, Chico Science & Nação Zumbi, jimi hendrix, Bob Marley, Reflexu’s, Siba & a Fuloresta, Chico Cesar, Jaguaribe Carne, isso sim é que é remédio pra juventude.

        Nossa tem certeza que Legião Urbana, Bob Marley e outros são remédios para os jovens, pessoas que se acabaram no mundo das drogas é isso? eram bons mas não como exemplo, Roupa Nova sim é um exemplo de banda e RN é uma banda pop e não rock como Legião Urbana. Pense muito bem antes de falar.

        1. Diatribe disse:

          Vai te empanturrar de hóstia e ave-marias, oh Rebotalho de Batina!
          Eu quero é o delírio dos loucos, a razão dos ébrios, o transe dos candomblés, dos bacanais greco-romanos, do culto à Osíris e o rebuceteio das pornochanchadas da Babilônia pagã. Prefiro a sensualidade crua e despudorada da carne efêmera!
          Afasta de mim todo epigonismo chu-chu-com-beleza deste “sapato velho” que nunca deu no couro, cansado de beber só aguá da fonte, mas que inexoravelmente envelheceu. Esta lamúria de donzelas pós-trinta, invictas, e conformadas com seu relevante papel social de excelentes ti-tias.
          Não queira que eu engula este torpor dos carmelitas. Sou hostil à toda esta hóstia engavetada na sacristia do conformismo. (Prefiro o “êxtase” das novas experiências musicais!)
          Todo cinquentão impotente, engrunhido em ceroulas cenotáfias; toda moça velha encruelecida e cerzida com aralietina; todo corno de padaria, remoendo seu pão doce com ki-suco; todo Peter Pan de pijama com bolinhas de sandálias-e-meias; toda leitora da Marie Claire na sala de espera do consultório de hematologia; todo espectador de Domingão e Domingo Legal adoram este coral de pinguins de geladeira coaxando aranzéis adocicados e arrostando chorumelas insípidas para o regozijo de diabéticos e hipertensos.
          Faz sorrir ou faz chorar?

          1. Ton & Tornado disse:

            É isso aí, diatribe!

            Estou rindo até agora, com a afirmação que Bob, Cience, Renato Russo morreram de overdose, kkkkkkkkk.
            Tome ciência: morreram de câncer, acidente automobilístico e AIDS, respectivamente.

            Mas é o próprio Bob que responde à medíocre hipócrisia:

            “É melhor atirar-se à luta em busca de dias melhores, mesmo correndo o risco de perder tudo, do que permanecer estático, como os pobres de espírito, que não lutam, mas também não vencem, que não conhecem a dor da derrota, nem a glória de ressurgir dos escombros. Esses pobres de espírito, ao final de sua jornada na Terra não agradecem a Deus por terem vivido, mas desculpam-se perante Ele, por terem apenas passado pela vida.” Bob Marley

            Ou ainda Janis Joplim (essa morreu de over) que em entrevista disse que “É melhor viver, Dez anos de uma vida efervescente do que morrer aos setenta e ter passado a vida assistindo Tv”.
            Também Vinivius de Morais bradou: “ah, não existe coisa mais triste que ter paz e se arrepender e se consolar e se proteger de outro amor amar”.

            Você é um cara super-humano, Diatribe! É bom ver homens, como você, saindo da caverna da mediocridade pra nos dar um pouco de luz.

            E pra encerrar, é Renato Russo que também torna-se nosso porta-voz das nossas ideologias e diz: “não tomos tempo a perder (…) somos tão jovens”.
            Ainda lhe lanço uma pergunto, senhorita idosa de espírito: Se a vida é curta, o que seria de nós, verdadeiramente jovens, que somos muito vivos?
            Reflita…

      3. Marcelo disse:

        O Que é bom pra você, não quer dizer que é bom para os outros. Respeito as bandas que você gosta, mas falar mal de uma banda como ROUPA NOVA é inadmissível; é ignorância pura, é provar que não entende nada de música. ROUPA NOVA está entre o que há de melhor na música popular brasileira, a nível instrumental e melódico.

        Este comentário na verdade tem um Q de recalque, visto que as suas bandas preferidas nunca conseguirão escrever uma história como o Roupa Nova escreveu.

        Mais de 40 temas de novelas, mais de 10 milhões de discos vendidos, milhões de shows no Brasil e no mundo, super respeitados por toda classe artística, milhões de fãs….

        Portanto, meu caro GARBUS, sua opinião não fede nem cheira, e não vai fazer quem gosta do Roupa Nova deixar de gostar.

        Vá ouvir suas bandinhas e aprende a respeitar quem não gosta do mesmo que você;

  2. clayton disse:

    olá amigo carlos britto

    tambem concordo!

    abraçãoo

    1. GARBUS disse:

      Melhor na sua modesta e leiga opinião!!!

  3. Concordo com você Carlos!
    Sou fã do Roupa Nova há muito tempo e fico feliz pelo carinho que tem pela banda! Essa semana eles estão participando de um cruzeiro que reuni fã e amigos do grupo. Infelizmente não pude participar.
    Desde de 2007 que o Roupa não vem a região. Tá faltando iniciativa das produtoras de eventos locais!
    Valeu!!!

    1. Ton & Tornado disse:

      É como eu já disse (Leia abaixo)!
      Um dia eu já quis dar com a mão em todas essa bandinhas da categoria, até ficar de braço doído. Mas um dia pensei e ví que deveria os poupar da punição por serem vazios de conteúdo! Quando se faz uma música de 3 minutos, se diz exatamente o que meu sobrinho de 7 meses balbucia em 5 minutos: nada! Só blá blá blá!!!
      Eles são fantoches das produtoras/gravadoras. Logo, eu devia dar com a mão neles não por serem vazios, mas sim pro serem prostitutos das gravadoras!!!

      Instrua-se:

      Adoce o acre?!!! Não ACRE-DITO que isso foi DITO aqui! Pedir moderação onde se enaltece Roupa Nova como a melhor banda do Brasil?!!!! Que é que é isso?!
      Antes de mais nada: Garbus, obrigado por ter me concedido um oásis de racionalidade ante esse deserto intrépido de delírio atonal, esse batalhão de cegos de olhos e corações poeiríos, perdidos no tiroteio midiático. Pra mim é quase paz o encontrar. Tive que percorrer quase 1000km pelas vias digitais pra encontrar você aí em Petrolina. Como dizia viviane mosé: “acho que há vida em mim”, pelo menos por um instante…
      Veja completo:

      http://www.rubedo.psc.br/Poesias/vivimose.htm

      Mas não vamos perder o mote: Roupa Nova a melhor banda do Brasil. Segundo quem, mesmo? Quem gerou esse rancking? e onde estão os nomes dos outros colocados? Será que nesse rancking aparece, ainda que tangenciando os desclassificados, Eddie, Mundo Livre s/a, china, as maravilhosas orquestras populares cultivadas em solo pernambucano, Tim Maia (racional, sobretudo), a bossa elétrica, A Caravana do Deiliro, Academia da belinda, Alceu Valença, Almaz, Alzira espindola, Antonio Nóbrega, Armandinho (Não aquele do “regae”, mas o Macedo), Arnaldo Antunes, Arnaldo Baptista, Artur de Faria e seu conjunto, Ave sangria, Baiana Sistem, Barbatuques, Bezerra da Silva, BomSucesso samba clube, Buguinha Dub, Cartola, Cassia Eller, Chico Cesar, Chico Correa, Cordel do Fogo encantado, Damião Experienza, Devotos, Dorival Caymi, Edson Gomes, Edu Ribeiro, Elomar, Elza Soares, Escurinho, Etnia, Faces do Suburbio, Flávio José, Geraldo Azevedo, Gilberto Gil, Gonzaguinha, Jackkson do pandeiro, Jaguaribe Carne, Jards Macalé, João Gonsalves, Jorge Mautner, Lampironicos, Legião Urbana, etc. Se você percebeu, aqui é uma pequena lista em ordem alfabética, encerrada precocemente na letra L. Mais 200 artistas poderiam ser listados, dentre os brasileiros. Se querem que eu inclua a discografia internacional isso pode ser duplicado, com facilidade!

      Agora vamos falar de Roupa Nova. Pronto, já disse tudo sobre eles, não há o que falar… o que mais poderia eu dizer? Que se trata de um bando múmias dando uma de Peter-Pans? Prefiro o carinha que bate pandeiro todo dia no ônibus circular, daqui de João Pessoa, com toda sua roquidão, cantando as mesmas palavras, num anagrama ritmado (também conhecido com coco-de-embolada)!!! Pelo menos ele diz a mesma coisa de uma forma nova, a cada novo momento. Já diz o Eclsiastes: “embaixo do sol não há nada novo”. Novo é uma forma nova de dizer/fazer as velhas coisas. Como diz Michel Melamed:
      “não existem coincidências
      existem, sim, N formas de se dizer a mesma coisa
      de se dizer a mesma coisa existem formas N
      formas de se dizer existem N a mesma coisa
      mesma se a coisa N dizer formas de existem”
      Agora no caso do objeto em análise, a banda roupa nova (que trocadilho infame esse nome sugere!!!) é a mesma coisa há décadas, Eu quero novidade!!! Redizer a mesma coisa há 30 anos é lasca, a mesma roedeira estéril! Num causa nenhuma ereção, como as músicas do Rei Reginaldo Rossi, por exemplo:
      “Teu olhar! (Ah! Ah!)
      Ah! Esse teu olhar! (Ah! Ah!)
      Vive a me convidar
      Pra que? Não sei…
      Teu andar! (Ah! Ah!)
      Ah! Esse teu andar! (Ah! Ah!)
      Vive a me convidar
      Pra que? Não sei…”
      Esses gemidos, sobrepostos aos acordes quentes daquele som tão quente, que atola o ouvinte na condição demasiada humana de animal semi-racional de reprodução sexuada… versos carnais, cheios de vida, brega! Sim! Eu prefiro o Rei á “melhor banda do Brasil”. Isso é bem mais produtivo que “se a lenda dessa paixão faz sorrir ou faz chorar, o coração é quem sabe”. Aliás, o que isso quer dizer mesmo? É um arranjo de palavras ser porquê!
      Há atemporalidade na banda roupa nova? NÃO!!! Uma coisa atemporal é uma coisa que extrapola os limites cronológicos, transpondo seu contexto a novas épocas. isso, de fato, não ocorre com esses roedores de jardim, por um motivo simples: qual o contexto das músicas deles? Nenhum! É uma sesta cheia de vento! Vazia!
      Fica o exercício de casa: vá se instruir, descubra o que é música, use minha pequena listinha, incremente-a, pesquise-a, baixe-a (tenho certeza que os referidos artista estarão contentes em serem pirateados se isso for pra evitar os colocar abaixo de roupa nova), e depois vamos remarcar um lugar mais apropriado pra falar de música. Tenho certeza que teremos um sumo bem mais encorpado que essa garapa de Ki-Suco, como bem disse o Garbus.
      Ser jovem é, sobretudo, ser audaz, teimoso, ter sob os pés a sorte, superar o hoje com estilo, ignorar o amanhã e antecipar o “depois de amanhã”. Como diz Maquiavel: “A sorte, porém, como mulher, sempre é amiga dos jovens, porque são menos cautelosos, mais afoitos e com maior audácia a dominam”. Se ele não tivesse morrido há mais de 500 anos, Maquiavel preferiria o lambadão de Cuiabá (vá ver no youtube!) a um show de roupa nova. Deixemos de lado a nostalgia, sob o risco de nos tornarmos uma “ruína de uma escola em construção” (Caetano veloso)!
      Só posso concluir que citar e incitar todas essa preciosidade que o Garbus listou (pequena amostra compacta) é lançar o manjar dos reis aos porcos, no caso daqueles que ainda ousam contra-argumentar!
      Garbus, pau na máquina, menino! Poder ao povo!

      1. Ana disse:

        Vou “beber” o meu Ki suco musical!

  4. Ana Maria Henriques disse:

    Realmente os jovens da atualidade só gostam de músicas sem pé nem cabeça, que nada dizem, nada transmitem!! O dia que descobriremo Roupa Nova e sua músicas mágicas, eles saberão o que perderam durante muito tempo!!

    1. GARBUS disse:

      Roupa nova é musica de dor de cotovelo de sem muito vigor musical. Sem tanta originalidade. Uns vocais de coral meio roucos.
      Aliás, existe hierarquia ou podium de melhor grupo musical. quem define os critérios, os jovens de outrora, velhos de hoje?
      Esse conteúdo piegas, meloso, lamurioso, hiporitimado e, principalmente APOLÍTICO da banda roupa nova, não faz e nem fez a cabeça de todos os jovens. Existem e existiram muitas outras bandas que em termos de originalidade e vigor musical são muitos melhores. Só sitando algumas aleatoriamente:
      Beatos; Bob Marley & the Wailers, Doces Bárbaros, Rolling Stones, Muddy Waters,little Walter, Matingueiros, Novos Baianos, Siba e Fuloresta, Chico Science & Nação Zumbi, Orquestra Popular da Bomba do Hemetério, Faces do Subúrbio, Jaguaribe Carne, Tontonho e Os cabras, Chico Corrêa,Mastruz com Leite; quinteto violado, Cecos & Molhados. Spock Frevo, Banda Reflexu´s, Eddie, Mundo Livre S/A, Academia da Berlinda, 1000 e um bandas de SKA….
      Todas essas Bandas são de primeira para os jovens de Hoje. Música de conteúdo, com ritmo e originalidade. Não é por que você não entende nada de cultura jovem atual e musica Pernambucana que você vai prescrever esse KI-SUCO musical. Essa gelatina incolor nostálgica que atende pelo nome “Roupa Nova”. Deixe os jovens curtirem o que querem. Qualquer parangolé ou gaiolas das popozudas tem mais vigor artístico que roupa nova. Pois se dirigem ha um público real de uma classe social específica, ao contrario do roupa nova que quer agradar a todos os piegas, falando de um amor nostálgico, irreal, platônico, sem cor nem classe social, sem sexo ou idade. Uma corruptela da virilidade, da vitalidade, da força e do ardor jovial. Nós jovens temos vontade de viver o presente, não temos tempos para fantasiar o futuro, nem estamos situados na estação terminal para ficarmos nos alimentando de nostalgia….

  5. Motoboy disse:

    roupa nova sempre inspirando, neh. lembra minha adolescencia!!

    1. GARBUS disse:

      Roupa Nova??? uma punheta estética.
      Música sem útero. Oca de possibilidades.
      Salve, O jazz, blues, Reggae, frevo, mangue Beat, forró, todos os maracatus, cirandas, cocos. Salve o SKA, Bob Marley, Chales Brown, salve a guitarra baiana. O Mc’s RACIONAIS e suas letras maravilhosas, os repentistas e a música pulsante nordestina. Salve ainda o Rock ácido e ageração Hippie, os panteras negras, os doces bárbaros, jimi hendrix,jane joplin
      Salve PAEBIRU!!!
      Salve lampião e tudo que tem vida, toda música original e criativa….
      PS: Abaixo esse Ki-SUCO de Limão e abacaxi (roupa nova), sem o limão e …sem o abacaxi!

      1. Ton & Tornado disse:

        Boa, Garbus!!! Você é um bisturi redentor desse tumor estético!
        Siga em frente com todo o tesão dos tangos do projeto Gotan. O sem deve ser “sensual como um espírito, ou como um verbo encarnado”, como bem cantou Ney matogrosso! E não essa diarreia estética, estéril e sem prole, que é essa categoria de bandas, representadas por roupa nova!

        1. Ana disse:

          Vou continuar bebendo ki-suco.

  6. GARBUS disse:

    Roupa Nova,
    essa nostalgia idealista, assexuada, platônica, vazia. Esse amorzinho sem carne, sangue, suor,sem tesão:
    “Dona desses traiçoeiros
    Sonhos sempre verdadeiros
    Oh! Dona desses animais
    Dona dos seus ideais”
    Essa música sem geografia, sem contexto social. Apolítica! Essa balada de sala de estar. Que só fala em dor de cotovelo cartesiano… Não diz nada do período histórico no qual foi formada.
    Isso não é conteúdo que se preceite aos jovens. Legião Urbana, Chico Science & Nação Zumbi, jimi hendrix, Bob Marley, Reflexu’s, Siba & a Fuloresta, Chico Cesar, Jaguaribe Carne, isso sim é que é remédio pra juventude. Se vc é jovem ou já foi jovem e não conhece almenos dois desses ícones da juventude, sugiro que pesquise e saiba o que é música jovem.
    OBS: prefiro É o Tchan, ou Mulher Perereca à Roupa Nova, pelo menos faz com que a juventude mexa os músculos e não fique só nesse lero-lero vazio de um amor Hegeliano. Você conhece Hegel, né?
    Só o trechinho de algo pra jovem – Siba e Fuloresta:

    “Trincheira da fuloresta

    Cheguei, meu sangue está quente
    Zumbindo igualmente cavalo do cão
    Coberto de arruda e liamba
    E um ponto de samba na palma da mão

    E eu vim bater mão ao cangaço
    E cantar sem cansaço
    Querendo um calor
    No verso, pimenta, aguardente
    Que comida quente é que tem mais sabor

    No caminho, me aquilombei
    No chão escutei quem ia e quem vinha
    Quem é do samba deseja
    Enfrenta a peleja com tropa de linha

    Na praça de guerra quem gira
    Não erra o que mira na ponta da vara
    Quem risca nesse chão comigo,
    Não acha perigo que não meta a cara

    A tropa formou na frenteira
    Caiu na tricheira
    Não reclame à toa
    Formiga trabalha sem mágoa
    Mas um pingo d’água pra ela é lagoa

    A guarda formando a enchente
    Descendo o batente, não vem pra voltar
    Só brigo soprando assovio
    Que a chuva é pro rio, e o rio só dá no mar

    A tropa reúne de pronta
    Quem tiver a conta que mande pra mim
    Calcule, não renegue o preço
    Que entrei no começo, sem saber do fim”

    Imagine o ritmo e o som desta musica-exemplo para a juventude Pernambucana e Baiana!!!

  7. Chico nu disse:

    Calma garboso. Gosto musical e assim, cada tem o seu. Um pouco ternura nao faz mal. Adoce o acre!

    1. Ton & Tornado disse:

      Adoce o acre?!!! Não ACRE-DITO que isso foi DITO aqui! Pedir moderação onde se enaltece Roupa Nova como a melhor banda do Brasil?!!!! Que é que é isso?!
      Antes de mais nada: Garbus, obrigado por ter me concedido um oásis de racionalidade ante esse deserto intrépido de delírio atonal, esse batalhão de cegos de olhos e corações poeiríos, perdidos no tiroteio midiático. Pra mim é quase paz o encontrar. Tive que percorrer quase 1000km pelas vias digitais pra encontrar você aí em Petrolina. Como dizia viviane mosé: “acho que há vida em mim”, pelo menos por um instante…
      Veja completo:

      http://www.rubedo.psc.br/Poesias/vivimose.htm

      Mas não vamos perder o mote: Roupa Nova a melhor banda do Brasil. Segundo quem, mesmo? Quem gerou esse rancking? e onde estão os nomes dos outros colocados? Será que nesse rancking aparece, ainda que tangenciando os desclassificados, Eddie, Mundo Livre s/a, china, as maravilhosas orquestras populares cultivadas em solo pernambucano, Tim Maia (racional, sobretudo), a bossa elétrica, A Caravana do Deiliro, Academia da belinda, Alceu Valença, Almaz, Alzira espindola, Antonio Nóbrega, Armandinho (Não aquele do “regae”, mas o Macedo), Arnaldo Antunes, Arnaldo Baptista, Artur de Faria e seu conjunto, Ave sangria, Baiana Sistem, Barbatuques, Bezerra da Silva, BomSucesso samba clube, Buguinha Dub, Cartola, Cassia Eller, Chico Cesar, Chico Correa, Cordel do Fogo encantado, Damião Experienza, Devotos, Dorival Caymi, Edson Gomes, Edu Ribeiro, Elomar, Elza Soares, Escurinho, Etnia, Faces do Suburbio, Flávio José, Geraldo Azevedo, Gilberto Gil, Gonzaguinha, Jackkson do pandeiro, Jaguaribe Carne, Jards Macalé, João Gonsalves, Jorge Mautner, Lampironicos, Legião Urbana, etc. Se você percebeu, aqui é uma pequena lista em ordem alfabética, encerrada precocemente na letra L. Mais 200 artistas poderiam ser listados, dentre os brasileiros. Se querem que eu inclua a discografia internacional isso pode ser duplicado, com facilidade!

      Agora vamos falar de Roupa Nova. Pronto, já disse tudo sobre eles, não há o que falar… o que mais poderia eu dizer? Que se trata de um bando múmias dando uma de Peter-Pans? Prefiro o carinha que bate pandeiro todo dia no ônibus circular, daqui de João Pessoa, com toda sua roquidão, cantando as mesmas palavras, num anagrama ritmado (também conhecido com coco-de-embolada)!!! Pelo menos ele diz a mesma coisa de uma forma nova, a cada novo momento. Já diz o Eclsiastes: “embaixo do sol não há nada novo”. Novo é uma forma nova de dizer/fazer as velhas coisas. Como diz Michel Melamed:
      “não existem coincidências
      existem, sim, N formas de se dizer a mesma coisa
      de se dizer a mesma coisa existem formas N
      formas de se dizer existem N a mesma coisa
      mesma se a coisa N dizer formas de existem”
      Agora no caso do objeto em análise, a banda roupa nova (que trocadilho infame esse nome sugere!!!) é a mesma coisa há décadas, Eu quero novidade!!! Redizer a mesma coisa há 30 anos é lasca, a mesma roedeira estéril! Num causa nenhuma ereção, como as músicas do Rei Reginaldo Rossi, por exemplo:
      “Teu olhar! (Ah! Ah!)
      Ah! Esse teu olhar! (Ah! Ah!)
      Vive a me convidar
      Pra que? Não sei…
      Teu andar! (Ah! Ah!)
      Ah! Esse teu andar! (Ah! Ah!)
      Vive a me convidar
      Pra que? Não sei…”
      Esses gemidos, sobrepostos aos acordes quentes daquele som tão quente, que atola o ouvinte na condição demasiada humana de animal semi-racional de reprodução sexuada… versos carnais, cheios de vida, brega! Sim! Eu prefiro o Rei á “melhor banda do Brasil”. Isso é bem mais produtivo que “se a lenda dessa paixão faz sorrir ou faz chorar, o coração é quem sabe”. Aliás, o que isso quer dizer mesmo? É um arranjo de palavras ser porquê!
      Há atemporalidade na banda roupa nova? NÃO!!! Uma coisa atemporal é uma coisa que extrapola os limites cronológicos, transpondo seu contexto a novas épocas. isso, de fato, não ocorre com esses roedores de jardim, por um motivo simples: qual o contexto das músicas deles? Nenhum! É uma sesta cheia de vento! Vazia!
      Fica o exercício de casa: vá se instruir, descubra o que é música, use minha pequena listinha, incremente-a, pesquise-a, baixe-a (tenho certeza que os referidos artista estarão contentes em serem pirateados se isso for pra evitar os colocar abaixo de roupa nova), e depois vamos remarcar um lugar mais apropriado pra falar de música. Tenho certeza que teremos um sumo bem mais encorpado que essa garapa de Ki-Suco, como bem disse o Garbus.
      Ser jovem é, sobretudo, ser audaz, teimoso, ter sob os pés a sorte, superar o hoje com estilo, ignorar o amanhã e antecipar o “depois de amanhã”. Como diz Maquiavel: “A sorte, porém, como mulher, sempre é amiga dos jovens, porque são menos cautelosos, mais afoitos e com maior audácia a dominam”. Se ele não tivesse morrido há mais de 500 anos, Maquiavel preferiria o lambadão de Cuiabá (vá ver no youtube!) a um show de roupa nova. Deixemos de lado a nostalgia, sob o risco de nos tornarmos uma “ruína de uma escola em construção” (Caetano veloso)!
      Só posso concluir que citar e incitar todas essa preciosidade que o Garbus listou (pequena amostra compacta) é lançar o manjar dos reis aos porcos, no caso daqueles que ainda ousam contra-argumentar!
      Garbus, pau na máquina, menino! Poder ao povo!

  8. neemia disse:

    gosto demais dessa banda é minha preferida

  9. heliana salvador bezerra disse:

    Essa banda e Otima

  10. Ton & Tornado disse:

    Caramba, filho, me emocionei com sua compreensão, Diatribe Treloso…
    Me diga uma coisa: qual a sua guerrilha cultural?
    Diante disso digo mais:

    O Africano E O Ariano
    Mundo Livre S/A

    Há quatro séculos a alma humana tem sido um motor
    Da inquietação, da resistência, da transgressão
    O negro sempre quis sair do gueto
    Fugir da opressão fazendo história
    Ganhando o mundo com estilo
    O africano foi levado para sofrer no norte e gerou,
    entre outras coisas, o jazz, o blues, gospel, soul,
    r&b, funk, rock’n’roll, rap, hip hop
    No centro, o suor africano fomentou o mambo, o ska,
    o calipso, a rumba, o reggae, dub, ragga,
    o merengue e a lambada, dancehall e muito mais
    Mas é o ariano que ignora o africano ou
    é o africano que ignora o ariano?”
    E ao sul a inquietude negra fez nascer,
    entre outros beats, o bumba, o maracatu, o afoxé,
    o xote, o choro, o samba, o baião, o coco, a embolada
    Entre outros, os Jacksons e os Ferreiras,
    os Pixinguinhas e os Gonzagas,
    as Lias, os Silvas e os Moreiras
    A alma africana sempre esteve no olho do furacão
    Dendê no bacalhau, legítima e generosa transgressão
    É Dr. Dre e é maracatu
    É hip hop e é Mestre Salu
    Mas é o ariano que ignora o africano ou é o
    africano que ignora o ariano?”

    Agora pergunto:
    Você, roupanoviano, é arianos, ou ariados? Ou ainda “arienados”?

  11. Falta de respeito! disse:

    Isso é uma falta de respeito com uma banda de tamanha história como Roupa Nova.
    Para de encher o saco com essas milhões de citações alheias…
    Vc não tem citação própria, não?
    Vive de teorias, deve ser mal amado!

    Dá-lhe Roupa Nova a melhor banda do mundo!!
    Agora morra do coração!

    “Dona desses traiçoeiros, sonhosssssssssssss sempre verdadeiross”. uhuuuuuuuuuuuuu!!!!

    1. Ton & Tornado disse:

      Responde a Garbus: faz sorrir ou faz chorar?

  12. Paulo disse:

    Roupa nova é simplesmente MARAVILHOSO!

    Cada um tem seu gosto, devemos respeitar.

    1. Fera do mangaio disse:

      Não diga!!!

      1. Rolindo disse:

        Se a liberdade significa alguma coisa, será sobretudo o direito de dizer às outras pessoas o que elas não querem ouvir.
        George Orwell

  13. Roseli disse:

    ROUPA NOVA é a melhor banda que o Brasil já produziu. Não adianta chorar, desesperar, espernear. Vocês tem que engolir o Roupa Nova. Eles vão do Rock ao Pop, eles vão do popular à MPB; ROUPA NOVA já gravou com todo mundo: Já fez duetos com RITA LEE, MILTON NASCIMENTO, FAGNER, HANGAR, JOANNA, SIMONE, GAL COSTA, GUILHERME ARANTES, CHITÃOZINHO e XORORÓ, XUXA, ANGÉLICA, FRESNO, SANDY, MARJORIE ESTIANO, ED MOTTA, TONY GARRIDO, CLÁUDIA LEITTE, IVETE SANGALO, ZÉLIA DUNCAN, BYAFRA, SANDRA DE SÁ, LUCIANA MELLO, ELBA RAMALHO, JOSÉ AUGUSTO, PADRE FÁBIO DE MELO, PADRE MARCELO ROSSI, ROBERTO CARLOS, BETO GUEDES, DAVID GATES (BREAD), BEN’S BROTHER, SIVUCA, RAÍZES, DJ MEMÊ….Ou seja, quem realmente importa para a música popular brasileira. E todos estes artistas respeitam o Roupa Nova, por que sabem da sua história, sabem que o Roupa Nova representa o que há de melhor na música brasileira.

    Roupa Nova tem orgulho de ser o que é, não tem vergonha de cantar o amor. Não é à toa que eles tem milhões e milhões de fãs que os veneram até hoje, e um público que se renova a cada dia:

    ALGUNS DADOS PARA OS IGNORANTES QUE NÃO SABEM:

    * CAMPEÕES BRASILEIROS EM TEMAS DE NOVELAS (ESTÃO NO GUINESS BOOK)
    * BANDA BRASILEIRA COM MAIOR TEMPO DE FORMAÇÃO ORIGINAL (33 ANOS DE CARREIRA COM A MESMA FORMAÇÃO (GUINESS BOOK)
    * MAIS DE 10 MILHÕES DE DISCOS VENDIDOS
    *ROUPA NOVA GANHOU O GRAMMY LATINO EM 2009 CONCORRENDO COM RITA LEE, IVETE SANGALO, SKANK E JOTA QUEST
    *GRAVARAM O TEMA ORIGINAL DO ROCK IN RIO
    *GRAVARAM O TEMA DE AYRTON SENNA NA FÓRMULA 01
    *GRAVARAM O TEMA ORIGINAL DO VÍDEO SHOW
    *GRAVARAM O TEMA ORIGINAL DO JORNAL DA MANCHETE
    *MAIS DE 40 MÚSICAS EM NOVELAS
    *JÁ GRAVARAM 22 DISCOS E 05 DVDS E TODOS FORAM CAMPEÕES DE VENDAS
    *ROUPA NOVA GANHOU O PRÊMIO TIM DE MÚSICA COMO MELHOR BANDA E MELHOR ÁLBUM EM 2005
    * 68 MÚSICAS DO ROUPA NOVA JÁ ESTIVERAM ENTRE AS MAIS TOCADAS DO BRASIL SENDO QUE 12 DELAS ATINGIRAM O PRIMEIRO LUGAR NAS PARADAS
    *O PÚBLICO DA BANDA SE RENOVOU NOS ÚLTIMOS ANOS
    *É O GRUPO MAIS AFINADO DO BRASIL

    Não adianta fechar os olhos para o ROUPA NOVA. Eles representam o melhor da MPB e nunca serão esquecidos.

    Quem não gosta, problema. Vocês tem que engolir o Roupa Nova e todo o sucesso que fizeram e fazem….

    E Dalhe Roupa Nova!! A MELHOR BANDA DO BRASIL!!!

  14. Marcelo disse:

    HITS INESQUECÍVEIS DO ROUPA NOVA

    *WHISKY À GO-GO
    *SAPATO VELHO
    *ANJO
    *CANÇÃO DE VERÃO
    *BEM SIMPLES
    *ROUPA NOVA
    *CLAREAR
    *SÁBADO
    *SENSUAL
    *FORA DO AR
    *SIMPLESMENTE
    *NOS BAILES DA VIDA
    *BABY
    *CHUVA DE PRATA
    *NÃO DÁ
    *SONHO
    *SEGUINDO NO TREM AZUL
    *DONA
    *SHOW DE ROCK’N ROLL
    *LINDA DEMAIS
    *COM VOCÊ FAZ SENTIDO
    *UM SONHO A DOIS
    *AMOR EXPLÍCITO
    *TÍMIDA
    *CRISTINA
    *A FORÇA DO AMOR
    *DE VOLTA PRO FUTURO
    *UM LUGAR NO MUNDO
    *HERANÇA
    *SEXO FRÁGIL
    *VOLTA PRA MIM
    *VÍCIO
    *MEU UNIVERSO É VOCÊ
    *CHAMA
    *ROMÂNTICO DEMAIS
    *EU E VOCÊ
    *ESSE TAL DE REPI ENROLL
    *CARTAS
    *YESTERDAY
    *CORAÇÃO PIRATA
    *TODO AZUL DO MAR
    *FELICIDADE
    *COMEÇO, MEIO E FIM
    *SER MAIS FELIZ
    *MARIA MARIA
    *DE VOLTA AO COMEÇO
    *ANDO MEIO DESLIGADO
    *A VIAGEM
    *OS CORAÇÕES NÃO SÃO IGUAIS
    *IBIZA DANCE
    *IBIZA DANCE REMIX
    *AMAR É…
    *NOSSA HISTÓRIA
    *LEMBRANÇAS
    *RUA RAMALHETE
    *O SONHO ACABOU
    *MUITO MAIS
    *VOCÊ NO CORAÇÃO
    *DE NINGUÉM
    *AGORA SIM
    *BEM MAIOR
    *DEIXA O AMOR ACONTECER
    *AMOR DE ÍNDIO
    *O SAL DA TERRA
    *FRIO DA SOLIDÃO
    *À FLOR DA PELE
    *A LENDA
    *RAZÃO DE VIVER
    *JÁ NEM SEI MAIS]
    *DONA (Acústico)
    *MAIS UMA VEZ
    *FLAGRA
    *UM SONHO A DOIS
    *A METADE DA MAÇÃ
    *A PAZ
    *NATAL TODO DIA
    *UM ANJO MUITO ESPECIAL
    *TOMA CONTA DE MIM
    *REACENDER
    *MAIS FELIZ
    *DO OUTRO LADA DA CALÇADA
    *TODAS ELAS
    *CANTAR FAZ FELIZ O CORAÇÃO
    *CHUVA DE PRATA (Ao vivo)
    *FRISSON
    *SÓ OLHEI VOCÊ
    *NOSSA CANÇÃO

    Por enquanto, são estas canções do Roupa Nova que fizeram sucesso no rádio….

    Esperamos que venha muito mais por aí…

    Quanto mais ROUPA NOVA melhor…..

    Viva Roupa Nova!!!!!!!!!!!!!!!!!

  15. ROSE disse:

    Sabe por que o Roupa Nova incomoda tanto? Por que os INCOMODADOS sabem sim muito bem o que significa o Roupa Nova para a música brasileira.

    O Roupa Nova dispensa comentários. No entanto as bandas que esses ”INTELECTUAIS INTELIGENTÍSSIMOS” tanto defendem precisam ser apresentadas. Tem um aqui que quase escreveu a biografia completa da sua bandinha preferida, numa tentativa desesperada de fazer com que alguém além dele goste rsrsrsrs

    Não adianta…ROUPA NOVA é ROUPA NOVA e pronto. Não precisa justificar. Quer saber por que o Roupa Nova é a melhor banda do Brasil? Procure no google e se informe você mesmo. Inúmeros fã clubes espalhados por todo Brasil, agenda de shows lotada, Shows Lotados, Milhões de discos vendidos, Inúmeras músicas em novelas, Duetos com os principais nomes da música brasileira…

    Existem outras bandas ótimas no Brasil, mas igual ao Roupa Nova realmente não há..

    ROUPA NOVA é e sempre será a melhor banda do Brasil….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *