A exemplo de Petrolina nas eleições 2016, PSOL de Pernambuco terá chapa feminista para 2018

1

Em Pernambuco, o PSOL terá uma chapa majoritária feminista para as eleições 2018. As pré-candidatas foram apresentadas na manhã de ontem (22), no Recife: Dani Portela, historiadora e advogada, vai disputar o Governo do Estado; Albanise Pires, ex-presidente estadual da legenda, e Eugênia Lima, atual presidente do PSOL em Olinda, serão candidatas ao Senado. O Partido ressalta com esta proposta a necessidade do fortalecimento da participação das mulheres na política.

A gente quer dar protagonismo e levantar pautas que realmente são diferenciadas”, afirmou Dani Portela. Para ela os problemas de Pernambuco precisam ter soluções construídas coletivamente com a perspectiva de um olhar feminino. É isso mesmo. Em Petrolina as mulheres do PSOL também já marcaram história. Nas eleições municipais do ano passado, Perpétua Rodrigues e Isabel Macedo foram as primeiras a formar uma chapa para disputar a prefeitura. Ficaram bem longe de ganhar, mas deram seu recado. (Foto: Ascom/divulgação)

1 COMENTÁRIO

  1. Qual o”recado” do feminismo? Substituir o que elas chamam de opressão patriarcal por uma opressão matriarcal ? O feminismo é o que de mais próximo há entre movimento social e doença mental. Só podia ser do PSOL, o partido das pirocas…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

18 − treze =