À espera do aterro

por Carlos Britto // 11 de julho de 2012 às 20:03

De recesso na Casa Plínio Amorim e mergulhado em sua campanha de reeleição, o vereador e líder do Governo Lóssio no Legislativo Municipal, Dr.Pérsio Antunes (PMDB), conta os dias para ver o aterro sanitário de Petrolina totalmente concluído.

Segundo o vereador, a previsão e de que a obra seja entregue ainda este ano, uma vez que a licença ambiental já foi emitida pela Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA). Ele informa que o aterro terá em torno de 35 mil metros quadrados, numa área localizada a 20 km de Petrolina, na BR-407 (sentido Afrânio).

Dr. Pérsio ressalta que esse será o primeiro aterro da cidade, já que terá padrões técnicos exigidos pelo Ministério das Cidades – inclusive com espaço para reciclagem do lixo . O Raso da Catarina, que muita gente chama de ‘aterro’, não cumpre essa função porque, de acordo com o vereador, está fora dos padrões. “A CTR (Central de Tratamento de Resíduos) já recicla uma parte do lixo, mas a outra parte é enterrada lá”, informa Dr. Pérsio.

À espera do aterro

  1. Carlos Agra Amaral disse:

    Esse Vereador Percio e O prefeito Locio, acham que os Petrolinense são palhaço, pra vim com mais uma enganação, so prometem e so engana a população. Ja basta a enganação das casas do povo carente.
    Acho que voces deveriam respeita os Petrolinense nascido aqui e os Petrolienense de coração, que escolheram Petrolina para morar com as sua familia.

    1. Naja disse:

      O q tem a ver o seu comentário com a notícia?

  2. Luiz disse:

    Esse dai nao ganha mais

    1. Naja disse:

      Seu comentário é só isso?

  3. ana disse:

    ESSE CARA DE PAU FOI O PIOR VEREADOR QUE JÁ TIVEMOS. PELA SUA ARROGÂNCIA E PELO SEU JEITO DE CONVENCER A SEUS COLEGAS VERMES QUE NEM ELE NAS VOTAÇÕES QUE TRARIA PERDAS AOS CIDADÃOS DE BEM DE NOSSA TERRA. GRANDE PARCERIA ELE FAZ COM ESSE PREFEITO SEM CÉREBRO, A NÃO SER QUE SEJA PARA A DESGRAÇA DOS OUTROS. NÃO TENHO NEM PALAVRAS PARA QUALIFICAR ESSES DOIS FORASTEIROS. ENGANADORES E SEM RESPEITO AO POVO CARENTE QUE SE VENDE POR QUALQUER PREÇO.

    1. Naja disse:

      Aff, cuidado com o coração querida.

  4. joao disse:

    ele é e,um prepotente se acha o tau,Petrolina lhe dadará o trouco vereadorzinho

    1. Naja disse:

      E quanto ao aterro?

  5. Patrícia disse:

    Bom dia a todos,

    Petrolina hoje conta com um aterro controlado, devidamente licenciado pela CPRH. O aterro controlado nada mais é do que uma remediação do lixão. Já aterro sanitário é algo mais seguro que o aterro controlado, devido a determinados aspectos técnicos que não me não abordarei aqui, pois é um tanto extenso. A resolução CONAMA n° 01/86 estabelece que para atividades de alto impacto ambiental dever ser feito primeiramente o Estudo de Impacto Ambiental, o chamado EIA. É o empreendedor que contrata empresa pra fazê-lo. Daí gera-se o relatório de Impacto Ambiental – RIMA e na maioria das vezes a audiência pública para que a sociedade tome ciência do projeto, questione, concorde, discorde e até sugira mudanças.
    Aterro Sanitário é uma atividade de alto impacto e portanto foi elaborado o EIA/RIMA por empresa contratada pela CTR, que está sendo analisado e cuja audiência pública aconteceu dia 04 de julho no SEST/SENAT em Petrolina. Se o EIA for aprovado, veem as licenças: licença prévia, licença de instalação e licença de operação. Ainda há a supressão de vegetação, Reserva Legal (está na zona rural).
    Esclareço que não é a AMMA quem está liberando as devidas licenças. O processo é de responsabilidade da Agência Estadual de Meio Ambiente – CPRH que analisou o EIA/RIMA e quem, se for o caso, liberará as licenças. A Prefeitura de Petrolina é empreendedor junto à CTR no processo. No site da CPRH está disponível cópia do RIMA para que qualquer um possa lê-lo: http://www.cprh.pe.gov.br

    Obrigada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *