150 mil computadores chegarão às escolas

por Carlos Britto // 13 de fevereiro de 2009 às 22:00

Ainda esse ano, os 150 mil computadores portáteis do programa Um Computador por Aluno (UCA), do Ministério da Educação, chegarão às escolas. A garantia é do coordenador de inclusão digital da Presidência da República, Cezar Alvarez. O programa está emperrado desde 2007. No fim do ano passado o MEC concluiu o pregão para comprar os equipamentos, mas um pedido de vista do Tribunal de Contas da União (TCU) atrasou a fase de testes. “O MEC já enviou as informações ao tribunal e o ministro [da Educação, Fernando] Haddad terá uma audiência para agilizar essa decisão, seja para refazer o edital ou liberar a fase de teste de aderência. De qualquer forma, com essa licitação ou outra, esse ano sai”, afirmou Alvarez em entrevista à Agência Brasil.

O programa prevê a distribuição dos equipamentos em 300 escolas, espalhadas por 278 municípios. Atualmente, o projeto está sendo testado em cinco escolas nos estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, de São Paulo e do Tocantins, além do Distrito Federal. Segundo Alvarez, os resultados nas escolas-piloto são “extremamente positivos”.Segundo Alvarez, o objetivo do programa não se restringe à inclusão digital dos alunos e professores, mas abrange a reformulação dos padrões em sala de aula. “Não é uma visão tecnológica, mas de um instrumento cuja tecnologia pode reformar e até revolucionar o processo pedagógico, que está em crise. Veja os índices de repetência, a evasão, a desmotivação de professores e alunos”, aponta.

150 mil computadores chegarão às escolas

  1. Vitorio Rodrigues disse:

    RÁDIO GRANDE RIO AM, NOSSO CARINHO É IMENSO POR VOCÊ.

    Era o ano de 1981, eu estava morando em Recife e vinha a Petrolina, normalmente a cada 30 ou 45 dias. Na época eu não me separava de um radinho de pilha, nem mesmo quando eu viajava. Numa dessas vindas, ainda dentro do ônibus, mas chegando à rodoviária sintonizei uma certa emissora mesmo no momento em que tocava uma música sertaneja chamada CANA VERDE, da dupla caipira Tonico e Tinoco. Terminou a música esperei que o locutor falasse e dissesse o nome da rádio, mas ninguém falou nada. Mais uma música começou a tocar, depois mais outra e mais outra. De repente, uma voz inconfundível entra no ar: “aqui Rádio Grande Rio AM de Petrolina, 680 quilohertz, em fase experimental para todo o Nordeste”. Era a voz de Carlos Augusto. Aí meu amigo, eu sentir uma felicidade tão grande e me pus a imaginar: poxa! eu já tenho um orgulho danado de minha Petrolina por ter uma emissora de rádio, me refiro a Emissora Rural, agora com duas eu vou mesmo é esnobar lá em Recife quando eu voltar. Depois nas minhas idas e vindas de Recife/Petrolina fui sentindo a força da comunicação dos profissionais que integravam a equipe da jovem emissora que acabara de se instalar, agora em caráter definitivo. Carlos Augusto com seu Forro, salvo engano, chamado de “FORRÓ DA BULANDEIRA”, hoje FORRÓ DO POVO. Lembro também da voz de Sivuca, estreando o programa AGENTE 6.8.0, o que seria a maior audiência do Rádio AM regional. O tempo passou, eu nem sonhava que seis anos depois estaria lá nos stúdios da Grande Rio AM, apresentando um programa que lancei chamado de BOA NOITE SERTÃO. A estréia foi no dia 18 de maio de 1986, depois virou SALADA MUSICAL e hoje GRANDE RIO RÁDIO SHOW aos sábados das 8h00 às 9h00 da manhã. Posso até pecar por não lembrar de todos que naquele tempo já ajudavam a construir essa história de sucesso que amanhã completa seus 28 anos de inaugurada. Mas eu me lembro de Edivaldo Torres, Edenevaldo Alves, Joseildo Carlos, Jerônimo Bezerra, Farnésio Silva, Izaurino Brasil, Edson Alves, Carlos Brito, Edmilson Luis, Joélio Alves, Josildo Silva, Paulo Borges, Daniel Campos, Marcelo Damasceno, o Técnico Petrônio Porto (in memorian) Aldemir Oliveira, Dona Pedrina, Geusinha e tantos outros que eu não lembro agora. Mas a história continua em construção, com Francisco Fernandes, Carlos Augusto, Francisco José, Elias Cruz, Almir de Castro, Zé Maria Silva, Natanael Cordeiro, Vinicius de Santana, Socorro Nascimento, Joaquim Ganha Pouco, Coronel, Rosenilda Alves, Eliel Mendes, Washington Mendes (Bobe), Jonh Mendes, Valdir Romão, Edinalda Freitas, Wilmário Rocha, Dona Maria, Zuleide, Cleiton, Theones Batista, Guanair Athanásio, Marla, todos os apresentadores dos programas evangélicos e, claro, eu que faço parte dessa história há 23 anos. Todos nós, juntamente com seus diretores proprietários desejamos que esta data se repita sempre com muito sucesso, que esse sucesso seja sempre o fruto de um trabalho sério, responsável e acima de tudo, feito com muito amor e carinho. Parabéns Rádio Grande Rio AM, parabéns Chico Fernandes, que também é aniversariante do dia.

    Vitorio Rodrigues de Andrade
    Programa Grande Rio Rádio Show
    Rádio Grande Rio AM

  2. Vitorio Rodrigues disse:

    Acrescente-se ao texto anterior os meus amigos: Zé Cachoeira, Welinton Alves e Washington Luis.

    Obrigado

  3. Zumbi disse:

    Carlos voce comete um erro ao não divulgar este belo , saudoso e justo comentário, na página principal.
    Um abraço justo a Vitório Rodrigues.

  4. Vitorio Rodrigues disse:

    Carlos Brito

    Você vive me cobrando o envio de artigos, por tanto ai está. Publique-o, nós agradecemos. Mas por favor acrescente e nome de Aloizio Gomes as horas vão passando e eu vou lembnrando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *