Corpo de jovem é encontrado com marcas de tiros na região de Pedrinhas

O corpo de um homem foi encontrado no final da tarde de ontem (20) por policiais militares do 5ºBPM, no Povoado de Pedrinhas, às margens do Rio São Francisco, área ribeirinha de Petrolina.

A vítima identificada é Edson Feitosa da Silva, de 21 anos. O corpo dele foi encontrado por populares, próximo a uma fazenda de frutas daquela região. Ao chegar ao local, a equipe acionou o 4ºGrupamento do Corpo de Bombeiros (GCB), que retiraram o corpo.

Os bombeiros constataram que Edson tinha marcas de tiros nas costas. Conforme testemunhas, a vítima havia saído do Sítio Quipá em seu barco. No meio do rio, Edson teria sido surpreendido por três indivíduos em outro barco, que efetuaram disparos de arma de fogo. A vítima foi alvejada e caiu no rio. Ele estava desaparecido desde o último dia 17. O corpo do jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso deverá ser investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil (DPC).

Jovem sofre tentativa de homicídio durante evento festivo em Petrolina

Uma tentativa de homicídio na noite de ontem (20), durante um grande evento festivo que acontecia no Pátio de Eventos Ana das Carrancas, em Petrolina, causou momentos de susto. Um jovem de 18 anos foi atingido de raspão na boca, após vários disparos de arma de fogo efetuados por um homem numa motocicleta cor prata.

A vítima foi identificada por David Bezerra de Araújo. Segundo o 5ºBatalhão de Polícia Militar (BPM), populares socorreram o jovem e o entregaram a uma equipe de policiais que faziam ronda na área. Os PMs, então, levaram o jovem ao Hospital Universitário (HU), onde foi medicado. Em seguida ele foi apresentado à 1ª Delegacia de Polícia Civil (DPC), para registrar a ocorrência.

Três dias após sair de casa, jovem supostamente envolvida em jogo da ‘Baleia Azul’ é encontrada morta no Rio São Francisco

O corpo da adolescente Ana Vitória Sena de Oliveira, de 15 anos, foi encontrado nas águas do Rio São Francisco, três dias depois da garota ter saído de casa. Familiares suspeitaram que a jovem, natural de Juazeiro (BA), estivesse envolvida com o polêmico jogo da ‘Baleia Azul’, que propõe uma série de desafios aos participantes, sendo o suicídio a última etapa.

Maria Daniela Sena, 16 – irmã de Ana Vitória – informou na ocasião que a última vez que a viu foi saindo para pegar um ônibus no Residencial Itaberaba 2, onde morava com a mãe, a irmã e outro irmão. Segundo informações repassadas ao Blog, o corpo da adolescente foi encontrado boiando próximo ao Parque Jatobá, em Petrolina.

O corpo de Ana Vitória já teria sido reconhecido. Peritos do Instituto Médico Legal (IML) constaram que ela foi vítima de afogamento. Antes de sair de casa, a jovem deixou uma carta pedindo desculpas à família e dizendo que ia saltar da Ponte Presidente Dutra. A irmã informou que após verificar o aplicativo WhatsApp no celular de Ana Vitória, encontrou mensagens relacionadas ao jogo da Baleia Azul. (foto/divulgação)

Adolescente desaparece em Juazeiro e família suspeita de jogo da ‘Baleia Azul’

A adolescente Ana Vitória Sena de Oliveira, de 15 anos, desapareceu por volta do meio-dia de segunda-feira (17). Ela é de Juazeiro da Bahia, e a família suspeita que o sumiço tenha relação com o jogo da ‘Baleia Azul’. A irmã da garota, Maria Daniela Sena, de 16, conta que a última vez que viu a adolescente foi quando saiu para pegar um ônibus no residencial onde a família mora.

Os parentes perceberam o desaparecimento e encontraram uma carta de despedida.

“Ela deixou uma carta, pedindo desculpas e disse que iria pular da ponte que liga Juazeiro a Petrolina. Nós mexemos no celular dela e achamos no WhatsApp as mensagens do jogo da Baleia Azul”, disse a irmã ao G1-BA.

Ana morava junto com a irmã Maria, um irmão e a mãe, no Residencial Itaberaba 2. Maria Daniela diz ainda que a irmã não costumava sair de casa sem dar notícias.

A mãe da adolescente está em estado de choque. O caso ainda não foi registrado na Polícia Civil. A família diz ter procurado o posto policial do bairro para registrar o desaparecimento.

Jogo

O jogo da Baleia Azul, que propõe 50 desafios aos adolescentes e sugere o suicídio como última etapa, preocupa pais, alunos e professores no Brasil. Há pelo menos dois casos de morte sob investigação policial, em Mato Grosso e na Paraíba, além de uma tentativa de suicídio, no Rio de Janeiro, que supostamente podem ter relação com o jogo. (Com informações do G1BA)

Irecê: Jovem diagnosticada com leucemia dá lição de fé e otimismo

Diagnosticada com leucemia, Jaciara Dourado, uma jovem universitária de Irecê, município do Norte baiano, compartilha sua experiência nas redes sociais e destaca importância da solidariedade. Na sua página oficial do Facebook, Jaciara incentiva ressalta a importância de doar sangue e explica como doar medula óssea. Otimismo é sua marca registrada.

“Será se beleza está somente no sorriso, na pele, no externo? Eu há um tempo atrás achei que sim! Mas aí, Deus veio me mostrando que além de tudo isso, existia algo ainda mais fascinante… O Amor, o cuidado que as pessoas que a gente gosta e também gostam da gente, tem por nós”, diz um dos posts da jovem.

Jaciara Dourado tem 26 anos. Ela foi diagnosticada com Leucemia Linfoide Aguda (LLA), um tipo de câncer que atinge os leucócitos (células brancas do sangue) e que começa na medula óssea.

“Tudo começou com um cansaço inexplicável, muito sono… O cansaço chegava a doer. Logo depois surgiram umas manchinhas vermelhas nas pernas, Depois umas manchas grandes roxas parecendo pancadas”, relembra Jaciara. Os primeiros sintomas surgiram em janeiro deste ano, quando ela chegou a ser internada no Hospital Regional de Irecê, onde recebeu “oito bolsas de sangue e 14 de plaquetas”. Ainda sem diagnóstico, foi transferida para o Hospital Roberto Santos, em Salvador, onde obteve a confirmação definitiva da LLA.

O tratamento teve início logo em seguida, com sessões de quimioterapia. A expectativa é de que ela seja submetida a quatro ciclos para destruir as células malignas. “Estou confiante que não precise de transplante de medula. Espero reagir bem, assim como no primeiro ciclo, que não tive reações”, conta a universitária.

Internada há cerca de 60 dias, Jaciara Dourado tem usado bastante o Facebook para compartilhar informações sobre o tratamento e para incentivar as pessoas a doarem sangue e medula óssea. Além disso, ela também quer mostrar a outras pessoas que lutam contra o câncer que a coragem e o amor são elementos essenciais na luta pela vida. “Todos nós estamos vulneráveis, mas, temos que enfrentar isso”, afirma a jovem, com lucidez e ternura que após concluir o tratamento e ficar completamente curada, pretende ser voluntária em hospital que trate de crianças com câncer. “Quero ajudar de alguma forma”, conclui.

Como doar

Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos, estar em boas condições de saúde e pesar acima de 50 kg: homens podem doar até 4 vezes a cada 12 meses, com intervalo mínimo de 60 dias; mulheres podem doar até 3 vezes a cada 12 meses, com intervalo mínimo de 90 dias. De acordo com informativo publicado no site do Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (GRAACC), “qualquer pessoa com idade entre 18 e 55 anos e boa saúde poderá doar medula óssea. Ela é retirada do interior dos ossos da bacia, através de punções, e se recompõe em apenas 15 dias”. A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico e requer internação por, no mínimo, 24 horas. Normalmente, os doadores retornam às atividades habituais depois da primeira semana (Fonte/foto: Blog Sertão Baiano)

PM baiano é suspeito de assassinar jovem em Parnamirim

Na madrugada deste sábado, 1, a menor Katarine Miranda Pereira da Silva, de 17 anos, foi assassinada na cidade de Parnamirim (PE), no Sertão do Central. O autor do crime, segundo informações, foi um policial militar da Bahia.

O suspeito, Fellype Anderson Souza Castro (foto), encontra-se foragido desde o momento do crime. (mais…)

Jovem de Petrolina é usada para transportar drogas e está presa na África

A jovem Elisabete dos Santos Oliveira, 20 anos, residente no Nova Vida 1, bairro João de Deus, zona oeste de Petrolina, passa por uma situação delicada. Longe da família e do Brasil, ela foi presa no aeroporto da Nigéria e levada para a prisão de Adis Abeba, capital da Etiópia, no continente africano, desde 28 de fevereiro. Grávida de quatro meses, Elisabete foi pega transportando drogas, ou como os traficantes costumam batizar esse tipo de atividade, foi usada como ‘mula’, e acabou pega.

Os pais da jovem, Sérgio Oliveira e Marisa Isabel dos Santos, denunciaram a situação da filha durante o Fórum Municipal de Segurança Pública e Cidadania, ocorrido nesta sexta, 10, em Petrolina. Segundo o idealizador do Fórum, Pedro Caldas, os pais aproveitaram a discussão para buscar ajuda e trazer a jovem de volta para o Brasil. (mais…)

Corpo de homem é encontrado amarrado próximo ao lixão de Maniçoba, em Juazeiro

O corpo de um jovem de 18 anos de idade  foi encontrado ontem (1) nas proximidades de um lixão no distrito de Maniçoba, na zona rural de Juazeiro (BA). A vítima foi identificada como sendo Tiago Nogueira.

Segundo a polícia, ele estava amarrado e apresentava perfurações na altura do peito. Ninguém soube informar o que teria ocorrido. O cadáver foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT). O crime deverá ser investigado.

Após ser ameaçado de morte, jovem petrolinense busca justiça contra acusação de estupro viralizada em redes sociais

Bartolomeu do Nascimento Neto, conhecido popularmente como “Junior”, está vivendo momentos de terror após ter sua imagem associada à de um homem que aparece num vídeo estuprando uma criança de cerca de 4 anos de idade. Nas imagens divulgadas nas redes socais, segundo Bartolomeu, o homem que aparece molestando a criança tem deficiência nos membros inferiores, o que comprova que não é ele.

O absurdo é tão grande que nem pernas ele tem, e o braço dele é perfeito. Já eu tenho as duas pernas e cirurgia no braço. Já fiz dois Boletins de Ocorrência, fiz um vídeo de defesa e publiquei nas redes sociais e procurei a imprensa para ajudar a provar que eu não sou aquela pessoa”, relatou, em entrevista a este Blog.

De acordo com Bartolomeu, a polícia lhe orientou a conseguir mais provas. “A polícia me orientou a descobrir a fonte que divulgou a conversa no grupo [de WhatsApp]. Eu consegui quatro [contatos] e entreguei na delegacia. As pessoas serão intimadas a depor e vão ter que dizer de onde começou tudo isso”, explicou.

Bartolomeu ficou sabendo do vídeo na última terça-feira (17), mas o caso viralizou e tomou outra dimensão, agora envolvendo sua família. Ele contou que pessoas conhecidas em outros estados já estão sabendo do caso e disseram que, junto ao vídeo, além de sua imagem, colocaram a foto de sua ex-companheira e de seus filhos menores de idade. Ela também foi à Delegacia prestar queixa.

Eu temo pela minha vida e dos meus filhos. Estou dentro de casa, tenho medo de sair. Estou de férias do trabalho, mas a situação é horrível. Eu não estou vivendo e já fui ameaçado de morte pelos grupo de WhatsApp. Eu espero encontrar essa pessoa que fez isso. Ela vai ter que pagar e dizer por qual motivo fez isso. A justiça vai ser feita e eu quero que ela faça uma retratação pública e diga porque fez. Eu quero liberdade, para poder andar normal na rua, sem medo de ser morto”, concluiu, pedindo para que as pessoas não compartilhem o vídeo do criminoso, e sim o que ele aparece se defendendo.

Após protesto de jovem divulgado pelo Blog, AMMA adverte para corte não autorizado de árvores

Diante da repercussão da nota publicada por este Blog e também nas redes sociais, acerca de um protesto de uma jovem contra o corte de árvore ocorrido na Rua Francisco M.Filho, Centro de Petrolina, a Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) esclarece que qualquer iniciativa dessa natureza precisa de uma autorização prévia expedida pelo órgão.

Caso isso ocorra e o autor seja identificado, ele está sujeito a pena por infração ambiental que varia entre R$ 500,00 e R$ 10 mil, a depender de critérios como espécie, altura e tempo de vida da árvore.

“Visando à proteção ambiental em todo o município, além das fiscalizações realizadas rotineiramente, a AMMA ainda disponibiliza para a população um telefone para denúncias sobre qualquer caso de agressão ao meio ambiente. Basta ligar para (87) 3861-4382, de segunda à sexta-feira, das 8h às 13h”, ressalta o agência ambiental.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br