Hospital Universitário promove campanha de doação de livros

O Hospital Universitário (HU) de Petrolina lançou uma campanha de doação de livros da linha infanto-juvenil. O objetivo é utilizar as publicações em ações terapêuticas da unidade. A feira de doação de livros do HU acontece este mês e se estende até fevereiro.

Podem ser doados livros paradidáticos novos ou usados, que enriquecerão o acervo da bibliotecaerapêutica e assim servirem como instrumento para tratamento dos pacientes do hospital. A iniciativa é parte de um programa de extensão promovida pelo HU. A biblioterapia, através da literatura, colabora com o tratamento dos pacientes proporcionando lazer e aliviando as tensões causadas pelo período de internamento.

Os familiares também participarão da terapia, já que também são afetados pelas condições do ambiente hospitalar. Os livros podem ser entregues na recepção de funcionários do HU-Univasf de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 12h.

 

 

Mutirão de combate ao câncer de pele acontecerá em Petrolina

cancerde-peeleO Dia ‘C’ de Combate ao Câncer de Pele é uma ação realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), que oferece consultas ambulatoriais gratuitas para pacientes com suspeita da doença. O mutirão acontecerá no dia 26 de novembro (sábado), das 9h às 15h, no Hospital Universitário (HU) de Petrolina.

A SBD estabeleceu o Dia ‘C’ no ano de 2012. Anualmente, o projeto atende uma média de 30 mil pessoas por todo o país. Em Petrolina, o evento vem sendo organizado pela médica dermatologista do HU, Paulyane Ramos, e contará com a colaboração de outros dermatologistas e de residentes e estudantes de medicina da Univasf. Todos trabalharão de forma voluntária.

Quem teve algum tipo de lesão ou mancha suspeita na pele deverá procurar o ambulatório do HU/Univasf no dia do mutirão para passar pela avaliação dos profissionais. Não é necessário marcar antecipadamente a consulta. “O melanoma costuma se manifestar através de manchas ou pintas, com bordas irregulares, que mudam de cor ou tamanho e que podem sangrar. Já em relação aos outros tipos câncer de pele, são sempre lesões que não cicatrizam, muito mais comuns na face. De repente, surge aquela lesão que começa a sangrar espontaneamente. Quem apresentar sinais com essas características deve procurar um médico”, explicou a dermatologista Paulyane Ramos.

Segundo ela, na maioria dos casos o procedimento cirúrgico é o tratamento mais indicado. Durante o mutirão, serão identificados pacientes que precisam passar por cirurgias as quais devem ocorrer posteriormente, no próprio HU. Os demais casos serão encaminhados para as unidades de saúde referência em oncologia.

Ação inédita em Petrolina realiza reconstituição de mama em pacientes no HU

cirurgia-reocnstrucao-de-mama-hu

Numa ação inédita na região, um grupo de mulheres passará, até a tarde de hoje (29), por reconstituição de mama no Hospital Universitário (HU) de Petrolina. Organizado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o Mutirão Nacional de Reconstrução Mamária está atendendo cinco pacientes que tiveram câncer de mama e precisaram fazer a mastectomia (remoção).

O mutirão é realizado pela primeira vez em Petrolina, graças ao empenho e trabalho dos cirurgiões plásticos do HU. Os profissionais pensaram em facilitar o acesso das pacientes às cirurgias, já que estes procedimentos não são oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na região. As cirurgias começaram a ser realizadas na terça-feira (25), com a ajuda de alguns cirurgiões voluntários.

De acordo com a equipe que está realizando as cirurgias, as pacientes continuarão sendo acompanhadas através do ambulatório do hospital. Todas ainda passarão por novos procedimentos cirúrgicos complementares. A reconstrução da mama é importante, pois proporciona melhorias significativas na qualidade de vida e na autoestima dessas mulheres. (foto/divulgação)

Jovem de Cabrobó internada no HU não vai mais ser transferida para hospital particular, mas família ainda necessita de ajuda financeira

jovem-internada-huOs familiares da jovem cabroboense Vitória Camila Ferreira dos Santos, conhecida popularmente como “Bebê”, de 16 anos, internada em estado grave no Hospital Universitário (HU), em Petrolina, informaram que não vão mais transferi-la para uma unidade de saúde particular, mas ainda precisam de ajuda financeira para as despesas. De acordo com os familiares, a adolescente está internada após sofrer um grave acidente de moto.

Resolvemos que não iremos mais fazer a transferência, então a ajuda agora será para a as despesas médicas, de transportes e alimentação na cidade de Petrolina”, dizem, em e-mail encaminhado a este Blog.

Quem deseja fazer doações pode entrar em contato com os familiares da jovem, através dos telefones (87) 99614-2150 – Vilma; (87) 99142-4632 – Dilma; e (87) 9992-12316 – Tayse. A família ainda disponibilizou uma conta para que sejam feitos depósitos bancários de qualquer quantia:

Agência: 3.491

Operação 013

Conta: 00013715-5

Conta Poupança

Tayse Nayara F. Magalhaes – Banco: Caixa

HU alerta pacientes e familiares para golpes aplicados por estelionatários

hutA direção do Hospital Universitário (HU) em Petrolina vem fazendo um alerta sobre os inúmeros casos, nos últimos meses, de golpes aplicados em familiares e amigos de pacientes em unidades médicas de todo o país.

Geralmente, os golpistas entram em contato com as vítimas através do telefone e se identificam como médicos ou enfermeiros do hospital, e comunicam que o paciente precisa passar por algum tipo de procedimento cirúrgico ou que necessita de exames e medicamentos que não são oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os golpistas, então, informam o número de uma conta bancária, na qual deverá ser feito o depósito para o pagamento do serviço.

Ocorrências dessa natureza não foram registradas no HU, mas pensando em garantir a segurança de seus pacientes e familiares, o hospital se antecipa e chama a atenção para esse estelionato. “O HU-Univasf ressalta que todos, absolutamente todos, os serviços oferecidos são custeados pelo SUS. Portanto, não cobra qualquer quantia em dinheiro de seus usuários”, afirma a direção.

O hospital esclarece, ainda, que não fornece qualquer tipo de informação sobre seus pacientes através de contato telefônico, mesmo que seja o familiar mais próximo do paciente. “O setor de Ouvidoria do HU-Univasf está à disposição para receber denúncias, reclamações e oferecer orientações a todos que utilizam os serviços do hospital”, enfatiza a nota.

Assalto a joalheria termina com segurança baleado no Centro de Petrolina

assalto-joalheria-petrolina

Um assalto a uma joalheria no Centro de Petrolina terminou com um segurança baleado na manhã deste sábado (24). Segundo informações do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), dois homens armados entraram no estabelecimento e anunciaram o assalto. Durante a ação, funcionários e o segurança foram amarrados. (mais…)

Petrolina realizará 2º Mutirão Nacional de Reconstrução Mamária

diagnóstico câncer de mamaCirurgiões plásticos do Hospital Universitário (HU) em Petrolina estão organizando de forma voluntária, em parceria com outros profissionais da região, o 2º Mutirão Nacional de Reconstrução Mamária. Esta será a primeira vez que a cidade receberá o evento. O primeiro mutirão aconteceu em 2012 e beneficiou mais de 500 mulheres.

Este ano, o evento acontecerá entre os dias 24 e 29 de outubro, mês dedicado à prevenção e ao combate ao câncer de mama.

As mulheres interessadas em se submeter ao procedimento cirúrgico devem procurar o ambulatório do HU-Univasf no próximo dia 23 (sexta-feira) para passarem por uma avaliação e seleção. “Analisaremos as pacientes do ponto de vista clínico. Elas precisam estar com a doença controlada e liberadas pelo oncologista. Também estamos aguardando a informação de quantas próteses serão liberadas para a cidade para definirmos o número exato de procedimentos a serem realizados”, explicou o cirurgião plástico Rafael Barreto.

Ele ressalta ainda o impacto positivo que a cirurgia reparadora causa na vida das pacientes. “A qualidade de vida da mulher muda completamente em termos de autoestima e de aceitação. Muda a relação com o parceiro, com o trabalho e na vida social, de forma geral. Para a mulher, a mama representa a feminilidade. A questão estética é muito importante e extremamente benéfica”, afirmou.

Dados

O câncer de mama é o segundo tipo mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo. Em 2015 foram registrados mais de 50 mil casos por todo o país. Segundo informações do Sistema Único de Saúde (SUS), cerca de 63,5 mil mulheres fizeram cirurgia de remoção dos seios para tratamento da doença nos últimos cinco anos. O SUS disponibiliza a cirurgia de reconstrução da mama, mas devido a desinformação e a dificuldade de acesso às unidades de saúde que disponibilizam este serviço, muitas mulheres não se submetem a esta cirurgia. Pensando em contribuir com a qualidade de vida e auto estima dessas mulheres, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) idealizou e vem realizando os mutirões em todo o país.

Idosa vítima de AVC aguarda por leito no corredor do HU; direção do hospital garante que ela vem sendo bem assistida

idosa-belem-do-sao-francisco-avcHá dois dias os familiares de Josefa Maria do Nascimento, de 65 anos, vivem momentos de suplício no Hospital Universitário (HU) em Petrolina. Natural de Belém do São Francisco (PE), Sertão de Itaparica, a idosa sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e veio transferida do hospital público de Belém para Petrolina, onde aguarda uma vaga num dos leitos da unidade médica.

Embora tenha sido atendida e se submetido a uma tomografia computadorizada, Dona Josefa permanece no corredor do HU à espera de ser acomodada num dos leitos. O fato indignou a família  e amigos mais próximos da aposentada.

A reportagem do Blog entrou em contato com a assessoria do hospital, que reconheceu as dificuldades em encaminhar a aposentada para um dos leitos, devido à grande demanda. Numa nota enviada a este Blog o HU assegurou, no entanto, que Dona Josefa sofreu um AVC de gravidade pequena, e ela vem recebendo a devida assistência por parte da equipe médica e de enfermagem.

Confiram a íntegra da nota:

O Hospital da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf) recebeu a senhora Josefa Maria do Nascimento (65), ontem (12), vinda por meio de transferência do hospital do município de Belém do São Francisco-PE.

A paciente passou por exames e avaliação do médico neurologista, que diagnosticou um Acidente Vascular Cerebral (AVC). A recomendação médica para o caso clínico apresentado é um tratamento convencional, à base de medicamentos, pois não existe a necessidade de intervenção cirúrgica.

A senhora Josefa Maria do Nascimento vem sendo acompanhada pelas equipes médica e de enfermagem do hospital, enquanto vem recebendo a medicação prescrita necessária à sua recuperação.

O hospital se sensibiliza com a situação da paciente e continuará tomando às medidas necessárias para que a paciente prossiga recebendo o tratamento adequado ao seu estado de saúde.

É importante ressaltar que o HU-Univasf é a única unidade referência em diversas especialidades médicas para mais de 50 municípios dos estados da Bahia e Pernambuco. Apenas nos 8 primeiros meses deste ano, o hospital realizou quase 28.500 atendimentos de urgência e emergência.

HU/Ascom  

MPF consegue liminar para garantir que HU contrate médicos aprovados em concurso público

hutA pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Petrolina, a Justiça Federal concedeu decisão liminar determinando a contratação de 64 médicos selecionados para atuar no Hospital Universitário (HU) Doutor Washington Antônio de Barros (HU), em Petrolina. Os profissionais foram aprovados em concurso público federal homologado em maio deste ano. As responsáveis pelo caso são as procuradoras da República Ticiana Nogueira, Mara Elisa de Oliveira e Polireda de Medeiros.

De acordo com a decisão, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) – vinculada ao Ministério da Educação e responsável pela administração do hospital – tem prazo de 20 dias, a contar da notificação da decisão, para convocar 30 profissionais aprovados no último concurso, de acordo com a ordem de classificação. Também ficou determinado à EBSERH convocar em até 90 dias os outros 34 profissionais restantes. A União deverá destinar os recursos financeiros necessários para as referidas contratações.

A decisão é fruto de ação civil pública ajuizada pelo MPF, com o objetivo de suprir a carência de profissionais de saúde no hospital, sobretudo de médicos com especialização em anestesiologia e ortopedia. Segundo consta no processo, o HU, que atende a uma população de 53 municípios de Pernambuco e Bahia e é referência em traumatologia e neurocirurgia, estava prestes a paralisar as suas atividades por conta do encerramento de contratos temporários de servidores na unidade.

As vagas do concurso possibilitam a contratação duradoura de profissionais e, assim, minimizam os danos à saúde da população.

Multa

No final de agosto, a Justiça Federal promoveu audiência pública para buscar um acordo sobre a contratação de médicos para o hospital, bem como discutir as dificuldades estruturais da unidade de saúde. Porém, não houve consenso, já que a EBSERH pretendia contratar apenas 10 profissionais para o hospital neste mês e o MPF argumentava sobre a necessidade de convocar os 64 médicos do concurso. Caso a liminar não seja cumprida, a Justiça Federal determinou que a União e a EBSERH paguem multa diária de R$ 1 mil. O processo está na 17ª Vara Federal de Pernambuco, sob o nº 0800411-77.2016.4.05.8308.

Decisão judicial determina a HU convocar de imediato candidatos aprovados em concurso público

Hospital UniversitárioO Hospital Universitário (HU)/Univasf em Petrolina terá de convocar imediatamente os candidatos aprovados em concurso público realizado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), que administra a unidade médica.

A decisão partiu do juiz da 17ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco (SJPE), Arthur Napoleão Teixeira Filho. No último dia 29 de agosto o magistrado promoveu uma audiência pública, na sede da 17ª Vara Federal, sobre o assunto, mas não houve um consenso acerca da questão.

O resultado da audiência pública e a decisão de Arthur Napoleão pode ser conferido no seguinte link: processo-0800411-77-2016-4-05-8308-mpf-x-ebserh-e-outros.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br