Paulo Câmara dá ‘chá de cadeira’ em trabalhadores rurais no lançamento do programa Chapéu de Palha em Petrolina

Um chá literalmente de cadeira levaram do governador Paulo Câmara (PSB) os quase dois mil trabalhadores rurais de Petrolina que compareceram na manhã desta segunda-feira, 23, para o lançamento do programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada versão 2017. Gente que acorda cedo, que nas segundas-feiras vem da zona rural para a cidade para tratar de problemas e resolver a vida cotidiana, por trabalhar no campo e não ter tempo durante a semana.

Pois esse pessoal não pôde cumprir com essa rotina nesta segunda, por ter de estar às 9h30 no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho para participar do evento comandado pelo governador. Mas não se sabe por que e nem como, Paulo Câmara – que daria uma entrevista coletiva à imprensa regional após o lançamento do programa – resolveu conceder entrevista apenas a um veículo de comunicação da cidade.

Paulo veio aparecer mais de 11h no Centro de Convenções e iniciou o evento somente por volta das 11h30, ou seja, com duas horas de atraso. Ficou até parecendo que o único com compromissos no dia era o governador. E só ele. (foto: Ivaldo Reges/divulgação)

Chapéu de Palha 2017 é lançado em Petrolina

Produtores rurais de Petrolina, Belém do São Francisco, Cabrobó, Lagoa Grande, Orocó, Santa Maria da Boa Vista, irão dispor do benefício do programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada lançado pelo governador Paulo Câmara, (PSB) no final da manhã desta segunda-feira, 23, no Centro de Convenções Nilo Coelho, em Petrolina. O investimento de mais de R$ 14 milhões do governo na etapa do programa, voltado para produtores rurais da fruticultura irrigada da maior cidade do sertão e também da região integrada do São Francisco, servirá para atender os trabalhadores que ficam sem atividade no campo neste período do ano.

Em sua fala durante o lançamento, Paulo Câmara destacou que o ajuste fiscal que promoveu há dois anos tem permitido ao Estado manter seus compromissos em dia e ainda como pagamento de salários e outros compromissos, diferente de Estados mais ricos como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

“Esse equilíbrio é que nos permitiu atender ações importantes como é o programa Chapéu de Palha. O Governo de Pernambuco está muito atento a essa crise que assola o Brasil, Pernambuco e infelizmente chegou ao municípios e está demorando mais tempo do que deveria. Mas esse ajuste nos dá condição de fazer aquilo que é mais importante para as pessoas, como esse lançamento aqui do Chapéu de Palha, iniciando o cadastramento, mostrando que a gente tem preocupação, sim, com as pessoas que vivem do seu trabalho , da fruticultura e muitas vezes no período de entressafra não têm a renda nem condições de fechar suas contas. Essa é nossa contribuição para que as pessoas possam enfrentar esse momento, se capacitar e cuidar da família”, destacou.

Anfitrião do dia, o prefeito Miguel Coelho (PSB), elogiou o trabalho do governador na questão do equilíbrio fiscal do Estado, para que pessoas que estão se cadastrando para o Chapéu de Palha da Fruticultura passem esse período de entressafra mais tranquilas.

“O Chapéu de Palha é um programa que deu certo em Pernambuco. A cada ano cresce mais em Petrolina e na região do são Francisco. É um exemplo para todo o Brasil. São mais de R$ 14 milhões investidos para capacitar produtores rurais. Petrolina não produz só uva, manga, acerola, mas demonstra que estamos preocupados em capacitar para direcionar homens e mulheres para um futuro melhor”, discursou o prefeito. (Foto: Ivaldo Reges/divulgação)

Chapéu de Palha da Fruticulura abre inscrições segunda-feira em ato que contará com a presença do governador Paulo Câmara em Petrolina

Como este Blog já tinha antecipado, o governador Paulo Câmara (PSB) confirmou sua nova visita a Petrolina nesta segunda-feira, 23, para a solenidade que marca o início das atividades do programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada. O evento  acontecerá no Centro de Convenções Nilo Coelho, a partir das 8h. O programa que estará em sua 11ª edição neste ano de 2017.

O Governo de Pernambuco começa a cadastrar  os trabalhadores da fruticultura irrigada do Vale do São Francisco para serem beneficiários na edição 2017 do Chapéu de Palha. Além de Câmara, o secretário estadual de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, também estará na cidade – além de outras autoridades.

As inscrições para a edição 2017 do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada seguem até o dia 27 deste mês e poderão ser realizadas em 14 polos distribuídos nos municípios de Belém do São Francisco, Cabrobó, Lagoa Grande, Orocó, Petrolândia, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista. Podem se inscrever trabalhadores rurais, auxiliares de câmara fria e de casa de embalagem, embaladores ou tratoristas, maiores de 18 anos, que tenham trabalhado com registro em carteira pelo período mínimo de 30 dias corridos entre 1º de junho e 31 de dezembro de 2016.

Também é preciso ser morador de um dos sete municípios contemplados no programa, não sendo aceitos trabalhadores residentes em outras cidades. Nos dias de cadastramento, os trabalhadores precisam levar os originais e cópias dos seguintes documentos: CPF, carteira de identidade, comprovante de residência, número do PIS ou NIS (cartão cidadão ou Bolsa Família), Carteira de Trabalho e contrato de trabalho rescindido.

Programa Chapéu de Palha iniciará cadastramento de pescadores artesanais do Sertão pernambucano na próxima semana

O Chapéu de Palha dará início à segunda etapa do programa com o cadastramento de pescadores e marisqueiros em todo Estado de Pernambuco. Serão 54 municípios beneficiados e a expectativa é de que mais de cinco mil pessoas sejam atendidas neste ano. Várias cidades do Sertão fazem parte da lista – entre elas Petrolina, Lagoa Grande, Cabrobó, Parnamirim, Floresta, Santa Maria da Boa Vista e Serra Talhada. O cadastramento acontecerá de 11 a 15 deste mês. Cada beneficiário receberá um auxílio de quatro parcelas de até R$ 256,52 complementares ao Bolsa Família.

Para se cadastrar preciso ser pescador artesanal ou marisqueiro; ser maior de 18 anos; não receber nenhum benefício social (aposentadoria, INSS ou Defeso) e ser registrado no Ministério da Pesca, comprovado através de Registro Geral da Pesca (RGP) com, no mínimo, um ano de emissão.

Também deverão ser apresentadas os originais e cópias do NIS/PIS, além do CPF do beneficiário e/ou do representante legal e do indicado, Carteira de Identidade, comprovante de endereço do participante e do indicado, além da Carteira de Pescador (RGP) do participante. Para mais informações, o telefone é o 0800-282-5158. A lista completa de municípios sertanejos, juntamente com os respectivos locais de cadastramento, pode ser conferida acessando aqui. (foto/divulgação)

Chapéu de Palha define data de cadastramento dos agricultores do Sertão do São Francisco

chapeu de palhaA Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Estado de Pernambuco iniciará o cadastramento dos agricultores rurais no programa Chapéu de Palha no dia 18 de janeiro do próximo ano. A primeira etapa do programa beneficiará os trabalhadores da Fruticultura Irrigada de sete municípios do Sertão do São Francisco. A data foi marcada após reunião do coordenador do programa, coronel Humberto Cavalcanti, com representantes dos sindicatos dos trabalhadores rurais e patronal, além de prefeitos da região.

Há uma expectativa grande na região para o início do programa. Nós acreditamos que haverá um aumento de 10% no número dos cadastrados em 2016 em relação a este ano“, afirma Humberto Cavalcanti. Em 2015, foram inscritos 10.154 agricultores das cidades de Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Cabrobó, Belém de São Francisco e Petrolândia.

Durante a visita a Petrolina, Humberto Cavalcanti se reuniu com o prefeito Julio Lóssio. “Foi um encontro bastante produtivo. Entre vários pontos discutidos, acertamos uma parceria entre o estado e a prefeitura para o período do cadastramento dos agricultores. Na ocasião, a Secretaria Municipal de Saúde irá promover uma campanha de prevenção ao mosquito Aedes aegypti“, contou o coordenador do programa. O cadastramento dos trabalhadores em Petrolina irá ocorrer em sete pontos, entre eles o Centro de Convenções.

Cadastramento

Para se cadastrar em 2016, é necessário ser trabalhador rural da fruticultura irrigada, auxiliar de câmara fria e de casa de embalagem, embalador ou tratorista e ter mais de 18 anos. Também é preciso ser morador de um dos sete municípios pernambucanos contemplados pelo programa no Sertão do São Francisco – Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Belém do São Francisco, Cabrobó, Orocó e Petrolândia. Não serão admitidos trabalhadores desse segmento que residam em outras cidades. Outros critérios para o cadastramento serão divulgados em janeiro.

Neste ano, o Chapéu de Palha beneficiou 9.897 trabalhadores da fruticultura irrigada em sete municípios do Sertão do São Francisco. Além de um auxílio financeiro no valor de R$ 246,45, complementar ao Bolsa Família, participam de cursos de qualificação profissional. O Chapéu de Palha, nas três etapas – Fruticultura Irrigada, Cana-de-açúcar e Pesca -, em 2015 cadastrou 50.325 trabalhadores rurais em 90 municípios do Estado. (fonte: Ascom Seplag)

Câmara pode vir a Petrolina para encerramento do Chapéu de Palha neste domingo

paulo camara_640x427A Secretaria de Imprensa do Governo de Pernambuco ainda não confirmou oficialmente, mas é possível que o governador Paulo Câmara participe em Petrolina, neste domingo (26), do encerramento do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada.

Se Câmara vier mesmo, também é muito possível que vá enfrentar toda a insatisfação dos policiais civis, que pressionam o governo por avanços salariais e melhores condições de trabalho.

Cursos do Chapéu de Palha da Fruticultura começam este mês no Sertão pernambucano

trabalhadora na fruticultura/Foto reproduçãoA Secretaria da Mulher de Pernambuco iniciará no próximo dia 21 de junho mais uma edição do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada. Este ano 3.425 trabalhadoras serão contempladas com cursos de Formação Sociopolítica e qualificação Profissional nas áreas de Construção Civil, Mecânica de Motos, Artesanato, Culinária, Corte Costura, dentre outros.

Segundo informações da Secretaria, todas as turmas serão acompanhadas por recreadoras cujo objetivo é atuar junto a crianças de 1 a 7 anos de idade (filhos das beneficiárias do programa), facilitando assim a efetiva participação das mulheres.

O Chapéu de Palha da Fruticultura atende os seguintes municípios: Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó,  Cabrobó, Belém do São Francisco e Petrolândia.

Chapéu de Palha da Pesca inicia cadastramento na próxima segunda-feira

pesca/Foto: NE-10Começam na próxima segunda-feira (27) e prossegue até o dia 30 deste mês, as inscrições para a quarta edição do Chapéu de Palha da Pesca, no Agreste e Sertão de Pernambuco.

O programa ajuda os pescadores durante o inverno, período em que a pesca artesanal é proibida. Inicialmente atenderá os trabalhadores de 35 municípios do Estado.

Para se cadastrar no Chapéu de Palha da Pesca, o beneficiário deve ser maior de 18 anos. O atendimento será das 9h às 17h, nas colônias e associações de pescadores ou escolas estaduais e municipais.

Os documentos necessários para o cadastramento são os originais e cópias dos documentos de Identidade, CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho, carteira do Ministério da Pesca, Registro Geral da Pesca ou protocolo que comprove a inscrição do pescador ou pescadora junto ao Ministério da Pesca , além do número do PIS ou do NIS (cartão do Bolsa Família ou Cartão Cidadão).

Lideranças do STR Petrolina reivindicam a secretário melhorias no ‘Chapéu de Palha da Fruticultura’

chicou e danilo_640x360O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolina (STR) Francisco Pascoal, o Chicôu, reuniu-se ontem (26) na cidade com o secretário estadual de Planejamento, Danilo Cabral, para reivindicar alguns pontos do programa ‘Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada’.

Na pauta constaram a descentralização do escritório estadual do programa, com vistas a diminuir a espera dos trabalhadores e facilitar a localização dos inscritos no programa; O aumento no valor da bolsa auxílio para meio salário mínimo e que o mesmo seja desvinculado do programa Bolsa Família, do Governo Federal.

O líder sindical solicitou ainda que seja encaminhado à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) um projeto de lei que possibilite aos trabalhadores de empresas rurais de Petrolina, e que residam em municípios da Bahia, receber o benefício do Chapéu de Palha, incorporando cerca de 2 mil trabalhadores do Vale.

O secretário informou que avaliará a situação e assegurou que levará as solicitações ao governador Paulo Câmara. Também participaram da reunião a diretora de Política Agrária do STR, Aldemira Maria Evangelista Pereira, e o diretor de Meio Ambiente, Maurício José Rosa da Silva. (foto: assessoria STR/divulgação)

Secretário de Planejamento de PE sobre Chapéu de Palha: “Não é só transferência de renda”

IMG-20150126-WA0024O secretário de Planejamento e Gestão de Pernambuco, Danilo Cabral, está em Petrolina para acompanhar de perto o início do cadastramento do programa ‘Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada’, que começou hoje (26) e segue até sexta-feira (30). E destacou que a expectativa neste ano é de que a iniciativa contemple 14 mil trabalhadores no Sertão pernambucano.

Cabral ressaltou ainda que a questão do benefício em dinheiro oferecido pelo Chapéu de Palha é apenas um lado desse trabalho, que tem uma abrangência social muito maior. “Isto não é só transferência de renda. Antes mesmo do Bolsa Família foi criado este programa no Estado, onde o governo transforma o cidadão em protagonista de sua vida”, disse nesta segunda-feira (26), ao programa ‘Manhã no Vale da Rádio Jornal’.

O programa atenderá os trabalhadores localizados em sete municípios – Petrolina, Belém do São Francisco, Lagoa Grande, Cabrobó, Orocó, Santa Maria e Petrolândia. O atendimento será das 9h às 17h. Os interessados que tiverem dúvidas podem ligar para o 0800 282 5158.

Política

Ainda em entrevista, Cabral falou do atual clima político entre os socialistas e afirmou que a “crise” com o senador eleito Fernando Bezerra Coelho (PSB) já foi resolvida.  “FBC vai continuar. Ele já contribuiu muito e vai continuar contribuindo, não há mais o que falar. Já é um assunto superado”, resumiu.

Cadastramento do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada começa na próxima segunda em Petrolina

Começa na próxima segunda (26) e segue até a sexta-feira (30) o cadastramento do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada. O programa atenderá os trabalhadores localizados em um dos sete municípios do Vale do São Francisco. A expectativa do Governo de Pernambuco é cadastrar, este ano, 14 mil trabalhadores. O atendimento será das 9h às 17h. Os interessados que tiverem dúvidas podem ligar para o 0800 282 5158.

No ato do cadastramento é preciso ter em mãos originais e cópias dos documentos de Identidade, CPF, carteira de trabalho, número do PIS ou do NIS (cartão do Bolsa Família ou Cartão Cidadão), rescisão do contrato de trabalho da última safra e comprovante de residência. Caso o trabalhador cadastrado prefira indicar uma pessoa do seu núcleo familiar para fazer uma das atividades oferecidas pelo Chapéu de Palha, também deve levar, no momento do cadastro, CPF e comprovante de residência do indicado (original e cópia).

Em Petrolina o cadastramento deve ser feito nos seguintes pontos: – Agrovila Massangano: Escola Estadual Manoel Messias Barbosa; Bebedouro: Escola Estadual Antônio Nunes dos Santos; Petrolina: Centro de Convenções; N-4: Escola Municipal Manoel Alves Nogueira; N-10: Escola Estadual Poeta Carlos Drummond de Andrade; Maria Tereza: Escola Municipal José Esmerindo Ribeiro; Tapera: Escola Municipal Félix Manoel dos Santos. As informações são da assessoria do governo do estado.

Cabrobó: Profissionais da saúde participam de capacitação do programa Chapéu de Palha

fotos de eventos 852Uma equipe de 65 profissionais da área de saúde de Cabrobó (PE), no Sertão do São Francisco, participou na última semana de uma capacitação voltada às políticas públicas do Programa Chapéu de Palha desenvolvido pelo governo de Pernambuco.

A capacitação teve como objetivo qualificar enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares e agentes comunitários para atuarem na promoção da saúde dos trabalhadores. O evento aconteceu no Auditório da Escola Senador Paulo Guerra e contou com a participação de equipes do Programa de Atenção Básica do município.

Entre os assuntos abordados estavam a saúde do trabalhador e as doenças crônicas não transmissíveis. O Programa Chapéu de Palha foi criado como medida de combate aos efeitos do desemprego decorrente da entressafra da cana de açúcar e da fruticultura. O objetivo é gerar renda, reforçar a alimentação, fazer capacitações e melhorar da qualidade de vida dos trabalhadores rurais e suas famílias.

Sem novidade: Cadastramento no ‘Chapéu de Palha’ é marcado por longas filas em Petrolina

GEDC6898GEDC6900O cadastramento de trabalhadores rurais no programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada, mais uma vez, está sendo marcado pelas longas filas no Centro de Convenções de Petrolina. O processo começou na última segunda-feira (27) e seguirá até a próxima sexta-feira (31), mas até lá os beneficiários precisarão de muita paciência para tentar garantir o seguro.

Quem mora longe do Centro sofre ainda mais para fazer o cadastramento. É o caso do trabalhador José de Oliveira, que saiu de sua casa às 4h30 para garantir uma vaga na fila. “A gente saiu de casa ainda de madrugada porque a gente sabe que a fila é grande,e para não enfrentar o sol da tarde. Mas aqui está demorando demais”, lamenta.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Petrolina, Francisco Pascoal ‘Chicôu’, lamentou o fato, mas garantiu que este ano já houve melhorias no atendimento em relação aos anos anteriores.

Eu estive lá no primeiro dia de cadastramento e não tinha ninguém no sol, como acontecia todos os anos. Esta foi até uma sugestão nossa à coordenação geral do programa, e certamente melhorou o atendimento. Mas lamentamos que hoje as filas estejam grandes, nossos trabalhadores merecem, é claro, todo o nosso respeito”, disse.

Segundo assessoria do STR de Petrolina, os trabalhadores também poderão procurar outros locais para efetuarem o cadastramento: Agrovila Massangano (Escola Municipal Irmã Luíza Gomes, Avenida Principal, s/nº); Bebedouro (Escola Estadual Antonio Nunes dos Santos Avenida Principal, s/nº, NS 01); bairros João de Deus, José e Maria e São Gonçalo, além do STR (Avenida 31 de março, s/nº, Centro); N–4(Escola Estadual Nossa Senhora Aparecida Rua B, s/nº, perímetro irrigado Senador Nilo Coelho); N -10 (Escola Estadual Poeta Carlos Drummond de Andrade, Avenida Principal, s/nº, perímetro irrigado Senador Nilo Coelho); Projeto Maria Tereza (Escola Municipal José Esmerindo Ribeiro, Avenida Principal, s/nº, Vila do Quilômetro 25); e Tapera (Escola Municipal Félix Manoel dos Santos, Avenida Principal, s/nº, Estrada de Tapera).

Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada iniciará cadastramento de trabalhadores na próxima semana

programa Chapéu de PalhaO Governo de Pernambuco iniciará na próxima semana – entre os dias 27 e 31 – o cadastramento dos beneficiários do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada neste ano.

Segundo assessoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Petrolina, os assalariados que tiveram contratos temporários ou carteira assinada na última safra, com período de demissão entre 1º de junho a dezembro de 2013, estão aptos a se cadastrarem. Na cidade, o procedimento será realizado no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, das 9h às 17h.

Os trabalhadores também poderão procurar outros locais em Petrolina para efetuarem o cadastramento: Agrovila Massangano (Escola Municipal Irmã Luíza Gomes, Avenida Principal, s/nº); Bebedouro (Escola Estadual Antonio Nunes dos Santos Avenida Principal, s/nº, NS 01); bairros João de Deus, José e Maria e São Gonçalo, além do STR (Avenida 31 de março, s/nº, Centro); N–4(Escola Estadual Nossa Senhora Aparecida Rua B, s/nº, perímetro irrigado Senador Nilo Coelho); N -10 (Escola Estadual Poeta Carlos Drummond de Andrade, Avenida Principal, s/nº, perímetro irrigado Senador Nilo Coelho); Projeto Maria Tereza (Escola Municipal José Esmerindo Ribeiro, Avenida Principal, s/nº, Vila do Quilômetro 25); Tapera (Escola Municipal Félix Manoel dos Santos, Avenida Principal, s/nº, Estrada de Tapera).

Além de Petrolina, o programa atenderá aos trabalhadores das cidades de Lagoa Grande, Orocó, Santa Maria da Boa Vista, Belém do São Francisco e Petrolândia.

Para fazer o cadastro é preciso apresentar original e cópia do CPF, Carteira de identidade, Comprovante de residência, Número do PIS ou do NIS, Carteira de trabalho (com o registro de trabalho de no mínimo 30 dias) e contrato de rescisão referente à última safra do ano passado. Criado na primeira gestão do governador Eduardo Campos, o Chapéu de Palha da Fruticultura tem o objetivo de dar assistência aos trabalhadores do setor durante o período de entressafra. Além de receberem um benefício complementar em dinheiro, complementar ao Bolsa famílias, os beneficiários também participam de vários cursos de capacitação.

Chapéu de Palha capacita 1,6 mil agricultores da Fruticultura Irrigada

O programa ‘Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada’, idealizado pelo Governo de Pernambuco, capacitou em 2013 cerca de 1,6 mil trabalhadores rurais através de  78 cursos disponibilizados pela Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária.

A iniciativa abrange sete municípios do Sertão do São Francisco – Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Cabrobó, Belém de São Francisco e Petrolândia.

O programa foi ampliado para o sertão, com o objetivo geral de minimizar os efeitos causados pelo desemprego durante a entressafra da fruticultura irrigada”, explica o coordenador do Programa Chapeú de Palha da Fruticultura Irrigada, Celso Almir.

O Programa Chapéu de Palha foi resgatado em 2007, com o objetivo de atender 20 mil famílias da zona canavieira, desempregadas durante o período da entressafra da cana. Por meios de atividades que buscam o resgate da cidadania, 52 municípios fazem parte da área de abrangência do programa, que conta com o cronograma de atividades que envolvem alfabetização e reforço escolar para jovens e adultos, plantio de mudas e recuperação de mata ciliar, curso de capacitação para mulheres, retirada de documentação pessoal ( como identidade, certidão de nascimento ) entre outros. (Com informações da assessoria)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br