Comissão do Senado aprova inclusão da caatinga em recursos prioritários do Fundo Nacional de Meio Ambiente

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou nesta terça-feira (25), em caráter terminativo, Projeto de Lei (PLS 578/2015), de iniciativa da senadora Lídice da Mata (PSB-BA), que inclui o bioma caatinga entre as prioridades de aplicação de recursos do Fundo Nacional de Meio Ambiente (Lei 7.797/1989). O projeto já havia sido aprovado antes pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA). Se não houver apresentação de recursos no Plenário, o projeto segue para tramitação na Câmara dos Deputados.

Segundo a autora, a ideia é reduzir as dificuldades de financiamento de ações de conservação da caatinga, que hoje tem apenas 7,8% de sua área protegidos por unidades de conservação. Essa porcentagem, de acordo com a senadora, está abaixo da meta nacional de 10% assumida pelo Brasil na Convenção da Diversidade Biológica para todos os biomas do País, com exceção da Amazônia, cuja meta é de 30% da área sob unidades protegidas.

A caatinga é o único bioma totalmente brasileiro e um dos mais ameaçados.  O projeto é aprovado em um momento importante, pois no final desta semana, em 28 de abril, se comemora o Dia Nacional da Caatinga. “Projetos que preservem e recuperem o bioma são fundamentais para a manutenção das bacias hidrográficas situadas no bioma e para mitigar os efeitos das secas”, disse Lídice.

Ocupando uma área de 844.453 quilômetros quadrados (km²) em todo o país, o equivalente a 11% do território nacional, a caatinga tem quase 27 milhões de pessoas vivendo em seu território – a maior parte carente e dependente dos recursos deste bioma para sobreviver.

Combate a doenças

Recentes pesquisas mostraram a importância da flora da caatinga para a saúde e a tecnologia: das plantas nativas podem sair remédios que terão a capacidade de impedir novas epidemias de doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti como a dengue, a zika e a chicungunya. Em recente pesquisa conduzida pelo Instituto Nacional do Semiárido, foram desenvolvidos biopesticidas a partir de duas plantas nativas da caatinga – a umburana e a cutia – que exterminaram até 50% das larvas do mosquito transmissor destas doenças. Além destas doenças causadas pelo mosquito, em janeiro deste ano o mesmo Instituto Nacional do Semiárido, publicou uma pesquisa que comprova a ação de substâncias encontradas no extrato da folha da maçaranduba, outra espécie nativa da caatinga, contra os protozoários causadores da tricomoníase bovina e humana. Essa doença infecta 276 milhões de pessoas por ano, diz a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Lucas Ramos defende posicionamento do PSB em relação a reformas de Temer e afirma: “Quem apoia, está contra trabalhador”

O PSB honra sua história e a memória de João Mangabeira, Miguel Arraes e Eduardo Campos ao se posicionar contra as propostas de reforma da Previdência e trabalhista apresentadas pelo presidente Michel Temer”. Esse foi o tom do discurso do deputado estadual Lucas Ramos (PSB), na tarde desta terça-feira (25), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), ao parabenizar a postura da Executiva Nacional do partido que, na noite da segunda (24), decidiu por fechar questão em relação às proposições

Para Lucas, as reformas apresentadas pelo Governo Temer precisam de um debate mais amplo. “A prova de que o diálogo foi insuficiente fica evidente com o recuo do próprio presidente em pontos como a idade mínima para aposentadoria da mulher e o tempo necessário para que o trabalhador possa obter o benefício integral”, afirmou. O deputado enfatizou que o país precisa de reformas, mas a parcela mais vulnerável da população não pode ser prejudicada. “Precisamos excluir as mudanças que retiram direitos, por exemplo, de trabalhadores rurais”, lembrou.

 Lucas Ramos adiantou que irá manter-se vigilante à votação dos textos no Congresso Nacional. “Os deputados e senadores que apoiam as reformas do jeito que estão apresentadas estão assumindo uma posição claramente contrária aos interesses do trabalhador brasileiro”, alertou. (foto: Henrique Genecy/divulgação)

 

Assalto que assombrou Petrolina e nossa dignidade constrangida

O assalto que assombrou Petrolina nessa terça feira (25) estarreceu ainda por outro acontecimento constrangedor. Não foram só os tiros e explosões que ameaçaram os funcionários da empresa de segurança de valores e os cidadãos. A ação de várias pessoas ameaçou também nossa dignidade.

Dezenas de pessoas simplesmente correram para pegar as notas caídas no chão, sem a menor cerimônia. Roubo mesmo, sem sinônimo ou fantasia. Que direito temos de falar mal dos bandidos que assaltam o carro forte ou dos políticos que assaltam os cofres do país, se agimos da mesma forma?

A ocasião não faz ladrão, a ocasião mostra a índole das pessoas. Este Blog recebeu várias fotos como essas que você vê acima. Os protagonistas não demonstravam qualquer cerimônia ou constrangimento.

Quando o cidadão acha que só os outros roubam e ele pode correr para pegar dinheiro roubado, para se dar bem em detrimento do sofrimento do outro,  somos nós que prendemos a respiração.

Paulo Valgueiro rebate declarações de gerente da Compesa: “Cara de pau”

O vereador da bancada de oposição na Casa Plínio Amorim, Paulo Valgueiro, não gostou nem um pouco das declarações do gerente regional da Compesa, João Raphael Queiroz, o qual afirmou ontem (25), durante audiência pública, que os investimentos da empresa em Petrolina, na área de água e esgoto, não foram maiores por conta da gestão do ex-prefeito Julio Lossio, que tentou quebrar a concessão do serviço. Valgueiro tachou o gerente de “cara de pau”, justificando que Lossio tentou justamente buscar um diálogo junto à Companhia, em buscas de melhorias para o abastecimento d’água e esgotamento sanitário da cidade, e não obteve êxito.

O vereador enviou ao Blog uma nota, manifestando seu repúdio às declarações de João Raphael. Confiram:

É muita cara de pau, para pouco óleo de peroba! Isso mesmo. Não há outra forma de definir a atitude do gerente regional da Compesa, Sr. João Raphael Queiroz, em colocar a culpa da má gestão da Compesa em Petrolina na gestão do Prefeito Julio Lossio.

Não é segredo que foi exatamente pelo fato de a Compesa faturar alto em nossa cidade e não oferecer a devida contrapartida, investindo em saneamento, que o Prefeito Julio Lossio tentou municipalizar o sistema de água e esgoto do município, que é superavitário.

E é bom que se diga, que antes de partir para o embate visando ao cancelamento da concessão para exploração dos serviços de saneamento em Petrolina, a gestão de Lossio buscou o diálogo junto à Compesa para tentar encontrar uma solução para a melhoria do serviço, sem que tenho obtido êxito.

E o que vimos, ao longo dos últimos anos, foi a sociedade ser castigada pela má gestão da Compesa, que esteve em audiência pública na Câmara de Vereadores, nesta terça-feira, 25 de abril, justamente em decorrência das reclamações da população em Petrolina, que sofre sem água nas torneiras e com os inconvenientes da falta de esgotamento sanitário em vários bairros da cidade.

Sabemos, também, que os últimos investimentos realizados pela Compesa no Município de Petrolina foram feitos com recursos do Governo Federal.

Infelizmente, parece que a Compesa tem usado a receita arrecadada em Petrolina para financiar a sua incompetência gerencial em outras cidades pernambucanas, deixando a nossa cidade desabastecida e a população sedenta de soluções para o abastecimento de água e o esgotamento sanitário que lhes proporcione uma melhor qualidade de vida.

Talvez uma pista para a falta de recursos para investimentos da Compesa em nosso Município e no Estado seja a odiosa parceria que a Compesa fez na região metropolitana com a empresa mais corrupta de história do Brasil: a Odebrecht, cuja promiscuidade em todos os seus negócios tem saltado aos olhos da nação em um dos maiores escândalos de corrupção que já tivemos notícias.

Mas não estou aqui para torcer contra. Ao contrário, espero que a Compesa aprimore os seus serviços e possa estar trazendo mais investimentos para a nossa cidade e transforme Petrolina em um canteiro de obras de saneamento de qualidade, beneficiando toda a população e fazendo de Petrolina uma cidade ainda melhor para se viver. Aliás, esse é um compromisso que a Compesa vem assumindo e é isso que todos nós esperamos dela.

Paulo Valgueiro/Vereador do PMDB

Polícia revela que bando usou dinamite e armamento pesado em assalto a empresa de segurança em Petrolina

A força-tarefa da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco e de Combate ao Crime Organizado continua em diligências, junto com demais órgãos de segurança pública em Petrolina, com apoio de policiais da Bahia, para realizar a prisão do grupo de assaltantes que levou terror aos petrolinenses que estavam nesta terça, 25, no começo da tarde, nas proximidades da Avenida Honorato Viana, próximos ao Hospital Geral e Urgências (HGU), bairro Palhinhas, área central da cidade. Os policiais confirmaram o uso de dinamite e armamento pesado na ação dos bandidos a uma empresa de segurança de valores.

Segundo informações oficiais da Polícia Militar, o grupo era formado por cerca de seis homens, que chegaram com uniformes camuflados num veículo Toyota Hilux SW4 de cor preta – relatos fornecidos aos policiais pelos seguranças da empresa. A nota da PM conta que a Central de Operações do 5º BPM foi informada da ocorrência pela população. O alvo era a empresa, localizada ao lado do HGU.

As explosões foram sucedidas com troca de tiros entre seguranças, policiais e os assaltantes, numa cena de muito desespero relatada em áudios e vídeos feitos por quem estava na área, no momento da ocorrência. O carro-forte da Empresa Preserve, que carregava os malotes de dinheiro, era o visado pelo grupo. O veículo ficou destruído e um outro carro-forte, segundo nota da PM, foi atingido também por vários disparos de fuzil, confirmando o uso de armamento pesado na investida. Os seguranças não reagiram. Saíram dos carros e foram se abrigar em prédios próximos, ainda segundo a PM.

Os policiais reforçam que todas as viaturas da área foram acionadas (Gati, Rocam, Rondesc, NIS-4, Malhas da Lei e GT’s) e mobilizadas para a ação, além das Polícias Civil e Rodoviária Federal, PMBA – através dos batalhões de Juazeiro, Remanso e Casa Nova, PF, Cipe/Caatinga, Bepi (Ciosac) – além de viaturas de Rajada, Afrânio e Dormentes (no Sertão do São Francisco).

Enquanto isso…

Projeto musical promete mudar rotina do Parque Josepha Coelho

Os frequentadores que costumam caminhar ou passear com a família pelo Parque Municipal Josepha Coelho, área central de Petrolina, ganharão um atrativo a mais para ir ao local: a música.  Será lançado na sexta-feira (28) o projeto ‘Parque Sonoro’, promovido pela Prefeitura de Petrolina através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes. O projeto levará ao local concertos executados pela Philarmonica 21 de Setembro e pela Orquestra e Coro Novos Talentos.

A programação será aberta com um concerto didático que terá a participação de alunos da Escola Municipal Eliete Araújo Souza. O maestro Hélio Lima lembra que, neste dia, todo o repertório será composto de músicas regionais em referência ao Dia Nacional da Caatinga (28 de abril), celebrado na sexta.

Os concertos prosseguirão com apresentações nos dias 7 e 14/05, quando a regência fará uma homenagem ao Dia das Mães.  Para encerrar a série, no dia 21 de maio, o projeto levará ao parque um repertório diversificado com vários estilos musicais.

O maestro ressalta que o grande objetivo do projeto é difundir a música instrumental e aproximá-la do público jovem. “Infelizmente muitas pessoas não têm acesso à música instrumental e nós queremos, justamente, difundir esta música e atrair este público jovem para os eventos de música”, disse Lima. A entrada é gratuita e todas as apresentações acontecem a partir das 10h.

 

 

Lagoa Grande inicia cadastramento cultural

O departamento da Cultura, Turismo e Esportes da Prefeitura de Lagoa Grande, no sertão do São Francisco, está com inscrições abertas para o cadastramento de todas as manifestações culturais e artísticas do município. Grupos culturais, artesãos e artistas independentes da música, teatro, dança, artes em desenho, da culinária, poetas, instrumentistas entre outras criações.

O objetivo é estreitar relação entre poder publico e artistas, na criação de políticas públicas para o setor, além de encaminhamentos para o mercado cultural associado ao enoturismo em eventos do município, região e estado.

“A exemplo do que fizemos recentemente com o grupo de jovens do Distrito de Vermelhos, com a exibição da Paixão de Cristo que foi emocionante e, o que já começamos a fazer com os artesãos; queremos realizar com todas as manifestações culturais, artísticas e esportivas da cidade. Temos obras maravilhosas, peças artesanais lindíssimas, uma culinária muito rica e precisamos apoiar” esclareceu o prefeito Vilmar Cappellaro (PMDB).

Os artistas que se enquadrarem como produtores culturais também serão contemplados na parceria da Prefeitura com a Fundarpe, podendo escrever seus projetos no Fundo Estadual da Cultura –  Funcultura, para tentar a aprovação e o recebimento de recursos financeiras.

O cadastro é inteiramente gratuito e o período será de 27/04 (quinta-feira) até o dia  05 de maio. na Sede da Prefeitura, no horário de 08h ás 12h. (Foto: Ilustração/Ascom)

 

 

 

 

Santa Maria da Boa Vista: Alunos de assentamento conhecem Museu Coripós

Cerca de 70 alunos da Escola Municipal Antônio Conselheiro, do Assentamento Boqueirão, participaram nesta terça-feira, 25, de uma aula diferenciada. Eles foram conhecer o Museu Coripós, que abriga um acervo importante da história da cidade.

A diretora do Museu, Tânia Avelina, ressalta a importância de jovens em visitar o espaço e conhecer as origens da cidade.

É importante que esses jovens possam saber de onde vêm e para onde vão, conhecendo um pouco de nossas raízes“, comentou a diretora. A atividade contou com a participação especial do grupo de Reisado de Maria Jacinta e Banda de Pífano Raça Negra Boavistana. (Foto/Ascom PMSMBV)

2° Congresso de Oncologia do Hospital Dom Tomás acontecerá neste final de semana em Petrolina

A segunda edição do Congresso de Oncologia do Hospital Dom Tomás acontece neste final de semana, de sexta (28) a domingo (30), a partir das 19h no Hotel Nobile Suítes Del Rio em Petrolina. O encontro científico vai promover a integração entre estudantes, profissionais e pesquisadores abordando as novidades e recentes experiências na oncologia.

O evento, realizado pelo Centro de Oncologia (Ceonco)/Apami, incluirá na programação palestras, minicursos e apresentação de trabalhos científicos. “O congresso cumpre um papel importante nessa região, que é polo estudantil e profissional. Por isso a importância de promover esse debate garantindo a atualização no campo da oncologia, revertendo todo este conhecimento em benefício do nosso paciente”, explicou o diretor médico do Ceonco e coordenador do congresso, Gray Portela.

Os mini cursos serão oferecidos nas áreas de nutrição, psicologia, farmácia, fisioterapia e enfermagem, todos voltados para a oncologia. As palestras serão divididas em núcleos e abordarão temas sobre os cânceres de mama, infantil, hematológico, intestinal (dentre outros). Já os trabalhos científicos serão expostos a partir do sábado, das 8h às 18h.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br