Ministério do Trabalho em Petrolina decide embargar obras do novo IML

1

Este Blog recebeu agora há pouco a informação, repassada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Petrolina (Sinticon), que a delegacia do Ministério do Trabalho no município decidiu embargar as obras do novo Instituto Médico Legal (IML).

Segundo o Sinticon, a Construtora AR – responsável pela contratação dos operários – comprometeu-se em resolver as questões trabalhistas da categoria, a exemplo do atraso nos salários. No entanto, após uma visita às obras, representantes do Ministério do Trabalho constataram a denúncia do sindicato em relação à falta de itens de segurança para os trabalhadores, e embargaram a construção.

Na última sexta-feira (16), por meio de nota, a Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que as obras do novo IML não estariam paralisadas. Com a palavra, a SDS e a empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome