Colégio Auxiliadora se manifesta sobre decreto de prisão de ex-funcionário terceirizado suspeito de apagar imagens do Caso Beatriz

7
Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina. (Foto: Reprodução)

O Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, emitiu uma nota na qual comenta sobre o decreto de prisão de Allinson Henrique de Carvalho Cunha, ex-funcionário terceirizado da instituição, suspeito de ter apagado imagens de câmeras de segurança que teriam registrado a movimentação na noite do assassinato da menina Beatriz Angélica, ocorrido em 10 de dezembro de 2015, durante uma festa de formatura na própria instituição de ensino.

A nota ressalta que a instituição “confia plenamente na Justiça e na Polícia Civil do Estado para a solução do caso” e pede “cautela à sociedade quanto a divulgação de nomes e imagens, além de veiculação de informações não corroboradas pelas autoridades responsáveis pelas investigações”.

Acompanhem:

O Colégio Nossa Senhora Auxiliadora em Petrolina vem a público se manifestar quanto à decisão emanada do Tribunal de Justiça de Pernambuco em relação ao ex-terceirizado, Allinson Henrique de Carvalho Cunha, declarando que confia plenamente na Justiça e na Polícia Civil do Estado para a solução do caso. No entanto, informamos que, quanto aos vários anos em que o terceirizado Allisson prestou serviço a esta instituição, não foi registrado qualquer ato que desabonasse a conduta do mesmo.

Cabe ainda esclarecimentos sobre a citação de nomes de pessoas que fazem parte do quadro atual de funcionários do colégio, com suposto envolvimento na exclusão de imagens do circuito interno da unidade escolar. Sobre este fato, pedimos especial cautela à sociedade quanto a divulgação de nomes e imagens, além de veiculação de informações não corroboradas pelas autoridades responsáveis pelas investigações. A exposição de pessoas inocentes, como já vistos em outras ocasiões, pode acarretar em danos irreparáveis moral e fisicamente e incorrer em penalidades para aqueles que compartilham informações falsas.

O Colégio e seus membros, a todo momento, adotaram uma postura colaborativa com o caso, agindo para viabilizar o trabalho das autoridades e auxiliando com as investigações. Enquanto comunidade católica, seguimos em orações para que o desfecho seja o mais breve e justo e, como instituição, acataremos todas as decisões tomadas pelos poderes que trabalham na elucidação do crime.

Colégio Nossa Senhora Auxiliadora/Ascom

7 COMENTÁRIOS

  1. Essa escola esta escondendo muita coisa,ela sabe quem apagou as imagens e quais foram os funcionarios!! Agora q alisson é foragido ela nao o defende mais,so os outros funcionarios q ainda trabalham na escola!!

  2. Na minha opinião este caso está esquisito, não tem que prender quem apagou as imagens, se elas foram realmente gravadas através de uma investigação forense é possível recuperar estas imagens e, saber a hora e outras informações sobre o HD (dispositivo de armazenamento) depois disso começar a dar nome aos bois. Se não foi feito isso ainda não entendi porque tanta demora. Quando se tenta excluir imagens em um HD, deixam de aparecer, mas continuam lá porque as trilhas são sobrepostas, a única forma de apagar definitivamente é destruindo o HD.

  3. Entendo a dor da família, mas temos que tomar muito cuidado para não condenar um inocente. Não vai adiantar nada se o verdadeiro culpado continuar solto. Desejo que se faça justiça, mas tem que se ter certeza de que a pessoa realmente é culpada. Concordo com a escola quando ela pede cautela para a sociedade: tem gente divulgando fotos sem nem saber de quem realmente se trata. Não vamos divulgar fotos sem antes verificar a fonte,pois corremos o risco de cometer uma injustiça muito grande com uma pessoa que não tem nada a ver.

  4. SE ALISSON É INOCENTE, COMO AFIRMA A ESCOLA, ENTÃO A RESPONSABILIDADE POR APAGAR AS IMAGENS DO DIA DO CRIME PASSA A SER INTEIRA DA ESCOLA, JÁ QUE É FATO COMPROVADO PELA POLÍCIA A EXCLUSÃO DAS IMAGENS! POR QUE A ESCOLA FAZ ESSE JOGO DE CENA? POR QUE A ESCOLA NÃO FALA O PORTUGUÊS CLARO E EVIDENTE? AFINAL DE CONTAS QUEM APAGOU AS IMAGENS, ALGUÉM POR CONTA PRÓPRIA OU A ESCOLA???

Deixe uma resposta para Carlinhos do João de Deus Cancelar resposta

Comentar
Seu nome