AMMPLA interditará vias públicas no Centro por conta dos festejos de 122 anos de Petrolina

3

Como sempre ocorre anualmente, as comemorações do aniversário de Petrolina resultam em mudanças no trânsito do Centro da cidade. Este ano não será diferente.

A Autarquia Municipal de Mobilidade (AMMPLA) já anunciou a interdição de algumas vias da Orla II a partir desta quarta-feira (20) – véspera dos festejos de 122 anos de emancipação política da cidade.

De acordo com a assessoria do órgão o bloqueio acontecerá a partir das 12h, seguindo até as 3h30 da quinta-feira (21), dia do aniversário de Petrolina. O planejamento das alterações nas vias foi elaborado da seguinte forma:

Avenida Cardoso de Sá

a. Bloqueio antes do viaduto da ponte Presidente Dutra, desviando o fluxo para a Rua Barbosa Lima e, automaticamente, para Rua Aristarco Lopes;

b. Esse bloqueio se dará porque haverá o primeiro portal de acesso ao evento, na entrada da Rua Secundino Uzeda.

Rua Antônio Cunha, Rua Francisco Bosco Reis e Rua Secundino Uzeda

a. A entrada para essas ruas será bloqueada, ficando liberado o acesso apenas para moradores e hospedes dos hotéis.

Rua Fernando Reis (Trecho compreendido entre a Rua do Trabalho e a Rua dos Industriários)

a. Esse trecho será completamente bloqueado. Os moradores desse trecho, incluindo dos prédios Prime Residence e Monte Carlo, bem como os hóspedes do Nobile Hotel, deverão acessar os imóveis por uma entrada exclusiva para moradores, que estará com um porteiro no bloqueio da Rua Fernando Reis com a Rua dos Industriários (próximo ao Kris Hotel).

Rua São Cristóvão

a. Bloqueio de um terreno baldio que será utilizado para acesso dos moradores do Monte Everest. Haverá um porteiro para essa liberação.

Avenida José Theodomiro de Araújo (Trecho compreendido entre a Avenida Clementino Coelho e a rotatória do Restaurante Bêra D’água)

a. Todo acesso a esse trecho será bloqueado e só será permitido estacionamento para pessoas com deficiência;

b. Esse bloqueio se dará porque haverá o segundo portal de acesso ao evento.

3 COMENTÁRIOS

  1. Como moradora digo: só transtorno essa festa! Por que não fazer no pátio de eventos, que é o local mais apropriado para esse tipo e porte de festa? E a lei do silêncio ninguém cumpre, se a própria gestão não cumpre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome