Zona Azul: Realidades distintas entre Petrolina e Juazeiro

15

zona azulCriado para disciplinar o trânsito nas cidades de médio e grande portes, o estacionamento rotativo de veículos, ou Zona Azul, vem se transformando em Petrolina numa polêmica novela de intermináveis capítulos.

Após as constantes reclamações por parte daqueles que utilizam o serviço – os motoristas e motociclistas -, a Zona Azul foi parar nas mãos do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). O órgão constatou algumas irregularidades no processo licitatório que implantou o novo formato de Zona Azul na cidade, o qual incluiu também um malogrado sistema de aluguel de bicicletas.

Para o representante do MPPE, promotor Lauriney Reis Lopes, dois objetos distintos – Zona Azul e aluguel de bicicletas – não poderiam fazer parte de uma mesma licitação. Mas não é só.

No relatório do Ministério, o promotor identificou outros pontos ilegais na implantação do sistema: aumento de taxa da Zona Azul sem lei específica, renúncia de receita por parte do município e aumento da área física de incidência de Zona Azul.

O Blog teve acesso a dados sobre o novo modelo do serviço, que reforçam a tese daqueles que consideram a Zona Azul atual uma forma disfarçada de “extorquir” dinheiro dos usuários.

Valores

Para quem vai solicitar a Zona Azul eletrônica (aquela feita por telefone celular) durante 20 dias por mês, por exemplo, terá uma despesa mensal de R$ 192. No ano o total gasto chega a R$ 2.304. Isso no caso do usuário utilizar o sistema oito horas por dia – quatro pela manhã e quatro à tarde, pagando R$ 2,40 pela tarifa de duas horas. Além disso, há outro detalhe: não é todo aparelho de celular que realiza a ligação para adotar o sistema. Somente os que aceitam os aplicativos Android ou iOS (do Iphone) é que conseguem.

E esse item onera ainda mais os gastos. Para se ter uma ideia, o custo médio mínimo da ligação é de R$ 0,25. Se o cliente em questão precisar solicitar a Zona Azul eletrônica no exemplo acima, fazendo quatro ligações diárias, terá um custo anual de R$ 240 – o que aumenta o gasto anual com o sistema eletrônico para R$ 2.544.

Utilizando um período de Zona Azul eletrônica por apenas duas horas por dia, esse mesmo cliente pagará menos. Nem por isso deixará de pagar caro. Fazendo uma ligação diária de R$ 0,25 durante 20 dias/mês, no final do ano terá gasto R$ 60, que vai se somar aos R$ 576 no mesmo período para a tarifa por duas horas/dia ao valor de R$ 2,40.

Do outro lado da Ponte

A discrepância fica mais evidente se comparada com Juazeiro, onde a prefeitura também deve adotar a Zona Azul apenas pelo bilhete tipo ‘raspadinha’. Segundo o Edital de Licitação, na cidade baiana haverá tempos máximos de permanência de duas e quatro horas, pelo mesmo valor tarifário. Como não tem sistema eletrônico, também não é preciso realizar ligações telefônicas.

Por lá, a raspadinha de duas ou quatro horas/dia, ao valor de R$ 1,50 e sendo paga uma vez por dia, dá um custo anual de R$ 360. No caso de oito horas dia, com tempo máximo de quatro horas (pagando duas tarifas por dia), o cliente pagará no final do ano um valor de R$ 720.

Resumo da ópera: no decorrer de um ano, o usuário da Zona Azul eletrônica em Petrolina que pagar por oito horas/dia pelas suas vagas desembolsará simplesmente R$ 1.824 a mais – ou 3,5 vezes a mais que o mesmo usuário do sistema de estacionamento controlado por ‘raspadinha’, assim como aquele que utilizar duas horas/dia o serviço por telefone pagará aproximadamente 1,8 vezes a mais, ou R$ 420. Caso a Prefeitura de Petrolina deseje explicar o fato, o espaço está devidamente reservado.

15 COMENTÁRIOS

    • Como ele pode dizer que o valor de juazeiro é de R$1,50??? isso é por hora? se for vai ficar mais caro que o de Petrolina que a hora custa R$1,20.
      Outra coisa é querer comparar um sistema novo como o eletronico com o de raspadinha do século retrasado, onde o cidadão tem que ficar voltando no carro para trocar o papel, tenha santa paciência.
      O povo de Petrolina tem que olhar para frente, para o futuro, todas as grandes cidades estão utilizando Zona Azul de forma eletrônica.
      Vai tentar estacionar em Juazeiro sem zona azul para ver como é uma ZONA.

  1. isso é tudo forma de ganho, pois que tem seu veiculo já paga impostos, como ipva, taxa de licenciamento e varios outros alem do mais paga iptu e não pode sair de casa pois ainda tem que pagar pelo estacionamento em todas as areas do centro da cidade.

  2. Se o MP conseguir acabar com toda essa “M” que estão fazendo com a Zona Azul de Petrolina, pra onde vai o dinheiro de quem pagou esses absurdos? Devolver é que não vão!

  3. Na verdade o ideial seria se tivesse parkimetros!!! Onde o usuario digitava a placa … pagava ou valor e a maquina desse o troco… o problema seria resolvido !!! sem ninguem precisar comprar celular!!!

    O zona azul faz parte de uma logica valida para grandes centros.Agora cabe ao prefeito fazer infraestrutura na cidade toda!… Para que todos os bairros tenham shoppings…Cartorios … Sedes da prefeitura…e postos de saude…para desafogar o centro

  4. TUDO É CARO NESSA PETROLINA!! ERA PRA VER ESSE DINHEIRO REVERTIDO EM SOLUÇÕES PARA O TRÂNSITO, VIAS E CALÇADAS. É MAIS BARATO MORAR EM JUAZEIRO EM TODOS OS SENTIDOS.

  5. Em Feira de Santana a zona azul foi retirada ,devido aos problemas gerados, em Petrolina deveria ocorrer a mesma coisa,pois é apenas uma maneira de gerar renda para o município que não investe na cidade porque o trânsito continua terrível .Senhores representantes da população VAMOS LUTAR POR ISSO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. Como ele pode dizer que o valor de juazeiro é de R$1,50??? isso é por hora? se for, vai ficar mais caro que o de Petrolina que a hora custa R$1,20.
    Outra coisa é querer comparar um sistema novo como o eletronico com o de raspadinha do século retrasado, onde o cidadão tem que ficar voltando no carro para trocar o papel, tenha santa paciência.
    O povo de Petrolina tem que olhar para frente, para o futuro, todas as grandes cidades estão utilizando Zona Azul de forma eletrônica.
    Vai tentar estacionar em Juazeiro sem zona azul para ver como é uma ZONA.

  7. É um mal necessário, o trânsito na cidade já é um inferno e sempre que mechem no nosso bolso achamos ruim não tem jeito. No entanto, só em ter a comodidade de poder colocar via celular já é um grande avanço e comodidade, principalmente pelo fato de evitar que deixemos a fila do banco só para comprar outro cartão. Portanto, não temos do que reclamar de algo que traz mais benefícios que males.

  8. Diante de tanto custo procuramos algum estacionamento nas proximidades do centro para estacionar e sempre nos deparamos com os flanelinhas, que estão a posto e privatizando as poucas vagas gratuitas, como o espaço localizado ao lado da antiga estação ferroviária (Saf). Isso realmente é um absurdo.

  9. A Zona Azul não organiza nada no transito de Petrolina, pelo contrario, ta cada vez mais uma “zona” em determinados horários e é uma forma de exploração disfarçada da população e fonte de renda para a Prefeitura e para a empresa “contratada” para administrar o sistema. Ou seja, com esse sistema teremos de pagar por ano cerca de três ou quatros vezes o valor do IPVA de nossos veículos, talvez seja até mais barato parar o carro sem comprar a “vaga” e pagar a multa!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome