Vigilante sonha em implantar escola para formação de atletas na região

por Carlos Britto // 02 de abril de 2009 às 21:17

 O que é necessário para transformar um sonho em realidade? Para o vigilante municipal José Paulo dos Santos Barbosa, a pergunta é simples de ser respondida: não desistir dele. Sobretudo quando esse sonho é voltado para ajudar pessoas humildes a ter um projeto de vida através do esporte.

 Obstinado e abnegado, ele vem lutando junto ao poder público para implantar em Petrolina uma escola destinada a práticas esportivas para a formação de atletas da região com idades entre 12 e 19 anos.

A escola incluiria também um centro nacional de esportes para meninos e meninas que abrigaria diversas modalidades, a exemplo de futsal, voleibol, handebol, natação entre outros. Os recursos, na ordem de R$ 2,5 milhões, viriam do governo federal.

Segundo Paulo Santos, ele até já recebeu um comunicado do Ministério dos Esportes acenando positivamente para o projeto. Mas o primeiro passo ele ainda está tentando dar, que é encontrar um local onde a escola seria construída.

“Já entrei em contato com a prefeitura de Petrolina, mas até agora ninguém se manifestou”. Mas Paulo garante que não vai desistir. “Vou procurar apoio dos nossos representantes estaduais e federais”, revela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *