Vereadores: Trabalho sem Subserviência

por Carlos Britto // 02 de fevereiro de 2009 às 07:40

Começa hoje, de fato, a atuação da nova legislatura das câmaras de vereadores de Juazeiro e Petrolina. Para muitos é como se o ano letivo tivesse início. Com a grande renovação, imposta pela vontade das urnas, essa nova legislatura tem um senhor desafio: Fazer diferente.
Ficou evidente que a comunidade reprovou o antigo modelo que se praticava, e é essa a maior oportunidade de colocar em voga o caráter e a honradez ha muito esquecido por uma enorme fatia da classe política. Tomara que os novos vereadores cumpram o que lhes cabe, que é fiscalizar o executivo com o esmero e cuidados inerentes às responsabilidades que assumiram. Se forem subservientes somente ao projeto do prefeito, sem o cuidado de cumprirem suas obrigações, certamente sucumbirão como a história contou recentemente. Do nosso lado aqui, meros mortais, fica a responsabilidade de fiscalizar quem fiscaliza, e pra quem faz imprensa como é o caso do blog, o compromisso é redobrar a vigilância para poder contar tudo com isenção e verdade. E isso nós vamos cumprir.

Vereadores: Trabalho sem Subserviência

  1. UMBERTO ALVES disse:

    Será que teremos a felicidade de ver nossos representantes na câmara municipal, legislando em favor do povo sofrido da nossa cidade? Ou teremos uma câmara atuando em benefício próprio, deixando de lado os interesses da população? É certo que ainda é cedo para fazermos tais questionamentos. A população precisa cumprir o seu papel, acompanhando, opinando, reivindicando e dando susgestões, dessa forma estará contribuindo significativamente com o processo democrático e consequentemente com o desenvolvimento da nossa cidade.

  2. HBS2009 disse:

    Umberto o povo de Petrolina já cumpriu o seu papel eles que tome cuidado se não trabalharem para a POPULAÇÃO, o POVO JÁ DEU A RESPOSTA NAS ELEIÇÕES PASSADAS, fiquem atento VEREADORES trabalhou continua, nao feiz nada VAI PLANTAR BATATA como os que ficaram de fora CHORANDO…..!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.