Vereadores calados

por Carlos Britto // 12 de março de 2009 às 12:57

Pessoal, acabou a manhã. Não consegui falar ainda com o vereador Dr. Pérsio para conversar sobre suas denuncias de ontem sobre o matadouro onde nada foi feito e mesmo assim a empresa que deveria fazer não fez, apesar de ter falado com ele e mais uma assessor seu ainda ontem.

Falei há instantes com um outro assessor dele, mas, nada se resolveu. Vou continuar tentando.

E quanto à lista dos cargos dos vereadores, continuo esperando e até agora ninguém enviou. Sou paciente e vou esperar. Só não sei que paciência o eleitor que votou tem.

Vereadores calados

  1. ATENTO disse:

    Por acaso, Vc, Carlos Britto, soube ou viu o projeto de reforma administrativa do atual prefeito? Alguém tomou conhecimento? Fizeram tanto barulho e a reforma não passa de um traque… Na verdade, serviu mesmo foi para elevar o salário dos secretários: passou de R$ 3.500 paara R$ 6.191… Vc, Carlos Britto, que tem mais acesso, deveria analisar essa reforma para todos nós…

  2. zedobode disse:

    Sr. Carlos Britto, por quê não aproveita e solicita que a prefeitura também apresente a lista de cargos comissionados, acompanhada dos respectivos currículos , funções/cargos e lotações.

    Seria uma boa idéia para termos noção do nível da “equipe técnica” da gestão do Prefeito Lóssio.

  3. FUI disse:

    Não li a materia sobre o matadouro, mas sei que ha necessidade de uma reforma e manuyenção urgente do matadoro. Não cabe uma cidade como Petrolina ter um matadoro nas condições que está, sem falar que quando o técnico responsável tira férias, a inspeção fica entregue às moscas!

  4. Antonio disse:

    Mas o vereadores exercem mandatos populares, dados pelo povo. Sendo assim, é um direito do cidadão saber e um dever do vereador informar. Creio que tem até uma lei aprovada…..

  5. FRANCISCO DA CRUZ disse:

    Disse, dias atrás, que essa Câmara de Vereadores entraria para a história coma a pior de todos os tempos. A começar pela qualidade dos vereadores, no meu entender, muito ruim. Disse, também, que os vereadores estavam inviabilizando a adm de Lóssio, por uma razão muito simples: a quantidade de cargos comissionados controlados por vereadores praticamente desapareceu. Agora, para agasalhar os amigos do rei, legislam em causa própria. A câmara parece mais uma central de empregos, lotada por pessoas a quem os vereadores prometeram emprego durante a campanha nível baixo ocorrida no ano passado. A cidade vive hoje como se não tivesse vereadores, um mais perdido que o outro, desconhecnedo a própria funçao. É triste ver Petrolina agonizando por causa de tanta incompetência na câmara e na prefeirura. Socorro FBC, não. Socorro FBCFilho, não. Socorro Odacy, nunca. Socorro Guilherme, não. Socorro…nãoooooo.Misericórdia meu DEUS, SIM, HOJE E SEMPRE.

  6. cuca fresca disse:

    Ô Britto, você tambem sóquer moleza! O vereador tem 12 ou 13 assessores, voce procura apenas dois! E os outros?

  7. ricardo banana disse:

    Britto, Dr. Pessio tem muitas atividades? Deixe o homem trabalhar!

  8. Caboclinho disse:

    É isso aí, Ricardo! A câmara querendo criar empregos e a população criticando…

  9. já encheu disse:

    O projeto Já foi aprovado mesmo, agora cada vereador que preste contas ao seu eleitor e a sua consciência.
    Não adianta chorar pelo leite derramado.

  10. Josival Amorim disse:

    A nossa Origem, como estamos e para onde vamos.

    É lamentável que tenhamos tantas cabeças totalmente confundidas, quanto ao papel do Executivo e do Legislativo nas três esferas, municipal, estadual e federal. A deformação foi aparecendo de forma contagiante e aos poucos parece que a genética se encarregou de transferi-la de uma geração pra outra, ao tempo em que as mutações agravam as anomalias na cabeça de cada político. O pior é que, concomitantemente, a grande parte da população se contaminou destas anomalias e, somente por esta razão, o processo evoluiu tanto, desconfigurando o discernimento do eleitor na manutenção deste processo de deleterização política da população brasileira. Por tudo isto me vem uma tristeza profunda. Sinto-me obrigado a admitir o que me parecia exagero do nosso baiano Ruy Barbosa, na célebre citação: “De tanto ver triunfarem as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”. Ruy não profetizou coisa alguma, ele apenas projetou no tempo o que já sentia naquela época, há cerca de cem anos. A própria vinda de Deus ao mundo, como Homem sob a forma de Jesus, já objetivava a defesa da humanidade contra a sua própria conduta pecaminosa. Os promotores do Civismo e da ética têm investido muito na justiça, na liberdade, na honestidade de propósito, e no respeito entre as pessoas. Mas, lamentavelmente, parece que o Bem, a cada dia, perde para o mau. Eu disse parece. Eu não tenho certeza se o Bem perde para o mau. A gente tem uma sensação de que o mal avança celeremente. Precisamos continuar lutando e investindo toda nossa inteligência na coroação do Bem. A sociedade precisa cuidar dos seus cidadãos que não tiveram acesso à educação, orientando-os pela conscientização do que se passa ao seu redor, inclusive combatendo o uso da mídia na promoção do mal e da maldade. As escolas precisam orientar as nossas crianças também com lições e prática do civismo e da ética. A justiça precisa se despertar do seu berço esplêndido, acelerando o seu trabalho de responsabilizar com penalidades fortes aqueles que andam às margens da lei, independente do seu nível intelectual, social ou financeiro. E a população precisa dar um salto de boa consciência, expurgando dos poderes eletivos o egoísmo, o interesse pessoal, a vaidade, a prepotência, a desonestidade e a corrupção. A simples aparência não convence mais a ninguém. Primeiro a gente é, pra depois a gente parecer que é. O parecer não é ação nossa é reflexo do que somos e do que fazemos. È verdade que muitos artificializam suas imagens para confundirem as pessoas. Quando isto acontece precisamos ser muito fortes e duros com estes falsários, tirando-lhes o poder. Eu conclamaria a todos a se auto avaliarem e a aguçarem suas observações ao comportamento das pessoas. Vamos valorizar o bem e abominar o mau. Assim a vida será mais próspera e o mundo será mais justo.

  11. Barbosa disse:

    Josival Amorim,parabens por suas colocações.Acho que Carlos Brito deveria colocar em primeira página como um editorial para reflexão.Voce foi muito feliz em suas colocações.Fica aqui o meu apelo para que o BLOG divulgue em primeira página.Parabens,são opiniões coerente e concernente tipo a sua que ajuda a engrandecer o nosso país.Não te conheço,mas assino em baixo tudo o que escreveu! O nivel tá melhorando CARLOS BRITO.

  12. David nomero De Macedo disse:

    MUITO BOM O TEXTO DO JOSIVAL, MAS A HONESTIDADE DO HOMEM PARECE QUE SUMIU COM O TEMPO OU NUNCA EXISTIU COMO DISSE O RUY BARBOSA.MAS NÃO PREOCUPE-SE JOSIVAL O QUE NÃO APRENDE COM O BEM, APANHA COM O MAU.O MUNDO TÁ VIVENDO A ERA DA FUTILIDADE, ONDE TODOS QUEREM TER DIREITOS MAS NÃO DEVERES E O PIÓ ESTA POR VIR.

  13. Sandra Carla de Manezes disse:

    Francisco da Cruz, vc fala que os vereadores prometeram emprego no período de campanha e agora estão colocando como seus acessores, e pede socorro logo pra FBC e CIA. acho que vc ñ esteve aqui na CODEVASF, nunca se viu tanto cargo comissionado como tem agora, cade o SINDICATO que combatia tanto os cargos comissionado, parece que ñ exister mais SINDICADO na CODEVASF, e a imprensa Carlos Brito pq nunca se manifestou, cade o Sr. Geremias, diga alguma coisa João Galdino, e o tio da esposa do Superintendente, esse perdeu ate a lingua.

  14. PASCAL disse:

    CARLOS BRITTO, PUBLIQUE , SE ACHAR CONVENIENTE, UMA TENTATIVA DE EXPLICAÇÃO DO NIVEL DA ATUAL POLÍTICA E DE COMO OS “DONOS DO PODER” CONTINUAM COM AS VELHAS PRÁTICAS POLÍTICAS. ESSA OBRA PRIMA , CHAMA-SE COMICIO DO BECO ESTREITO , DO POETA E PROFESSOR JESSIER QUIRINO.”Pra se fazer um comício
    Em tempo de eleição
    Não carece de arrodei
    Nem dinheiro muito não
    Basta um F-4000
    Ou qualquer mei caminhão
    Entalado em beco estreito
    E um bandeirado má feito
    Cruzando em dez posição.

    Um locutor tabacudo
    De converseiro comprido
    Uns alto-falante rouco
    Que espalhe o alarido
    Microfone com flanela
    Ou vermelha ou amarela
    Conforme a cor do partido.

    Uma ganbiarra véa
    Banguela no acender
    Quatro faixa de bramante
    Escrito qualquer dizer
    Dois pistom e um taró
    Pode até ficar melhor
    Uma torcida pra torcer

    Aí é subir pra riba
    Meia dúzia de corruto
    Quatro babão, cinco puta
    Uns oito capanga bruto
    E acunhar na promessa
    E a pisadinha é essa:
    Três promessa por minuto.

    Anunciar a chegança
    Do corruto ganhador
    Pedir o “V” da vitória
    Dos dedo dos eleitor
    E mandar que os vira-lata
    Do bojo da passeata
    Traga o home no andor.

    Protegendo o monossílabo
    De dedada e beliscão
    A cavalo na cacunda
    Chega o dono da eleição
    Faz boca de fechecler
    E nesse qué-ré-qué-qué
    Vez por outra um foguetão.

    Com voz de vento encanado
    Com os viva dos babão
    É só dizer que é mentira
    Sua fama de ladrão
    Falar dos roubo dos home
    E tá ganha a eleição.

    E terminada a campanha
    Faturada a votação
    Foda-se povo, pistom
    Foda-se caminhão
    Promessa, meta e programa…
    É só mergulhar na Brahma
    E curtir a posição.

    Sendo um cabra despachudo
    De politiquice quente
    Batedorzão de carteira
    Vigaristão competente
    É só mandar pros otário
    A foto num calendário
    Bem família, bem decente:

    Ele, um diabo sério, honrado
    Ela, uma diaba influente
    Bem vestido e bem posado
    Até parecendo gente
    Carregando a tiracolo
    Sem pose, sem protocolo
    Um diabozinho inocente”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *