Vereadora acha que posso ser processado

por Carlos Britto // 30 de dezembro de 2008 às 16:54

A vereadora Raimunda Sol Posto disse hoje na Emissora Rural que posso ser processado por calúnia. Eu acho que devo ser mesmo, mas somente se ela provar que estou errado, se eu estiver agindo contra os interesses da comunidade. A mesma comunidade que ela tem que defender na câmara de vereadores. Mas processado por que? É mentira o que eu disse? Criticar jornalista que diz a verdade ou criticar quem tem opinião contra não me parece um bom exercício democrático. O que a vereadora e seus pares na câmara deveriam fazer é dizer o que aprendem em congressos ao apagar das luzes? O que a comunidade ganha com isso? É justo representantes do povo ter direito a um “plus” quando a comunidade nada tem? Somos um país livre, eu como cidadão tenho o direito de perguntar e quem é eleito pelo voto do povo tem o dever de responder. Obrigação, sim senhor.

Antes de levantar a voz contra quem questiona o melhor seria levantar a voz em defesa da comunidade ao invés de defender coorporativismos. Não ouvi a declaração da vereadora se insurgindo contra o projeto (que não foi à plenário) para acomodar colegas que não se reelegeram. Não ouvi a citação dos seus nomes na mídia. Vou acompanhar de perto o mandato da vereadora. Seus votos, seus discursos, suas declarações e atitudes. Vou lhe fazer justiça quando a comunidade for sua prioridade como lhe é peculiar. Cobrarei todas as vezes caso os interesses de grupos forem colocados acima da vontade do povo. Quanto aos processos, receberei se os merecer. Mas só se merecer!

Vereadora acha que posso ser processado

  1. marcos antonio souza disse:

    Sra vereadora raimunda sol posto gostaria que a sr ao tempo que falou na rádio que poderia prossesar o blogueiro deveria fazer um balanço do congressol ( passeio turistico) e por falar nisso a Sra ia votar a favor do projeto já pensando no futuro e por isso a revolta, a imprensa tem de estar no pé. eu por exemplo tinha certeza que a sr vereadora não fazia parte do grupo podre desta casa, se a imprensa não ficar fiscalizando daqui a pouco vereador vai querer auxilio pós morte.se foi para intimidar bateu na porta errada, a sr perdeu a oportunidade de ficar calada.

  2. WILSON ALENCAR disse:

    ÓLá Carlos Britto, ouvi a reportagem levada ao ar hoje pela AM 730 -Emissora Rural, e cá nos meus ouvidos, como também sou um cidadão antenado, pergunto-me: “Quem dos três representantes do povo está falando a verdade pelo exercício democrático assumido? O primeiro disse; “blá, blá, blá,… e que ia processar V.Sa…. conversa, a verdade tem que chegar á COMUNIDADE! Já o segundo disse, salvo engano, a mesma retórica: “blá, blá, bla´…. conversa, porque não disse logo, o que o povo desejava saber, perdão, eu penso assim! E o terceiro representante, posso repetir: “blá, blá, blá,…. conversa! Esse sim, cabia o cumprimento ELOQUENTE, EFICAZ E CONSCIENTIZADOR, SOLIDÁRIO, é NATAL, e o povo, A COMUNIDADE, também carecia participar de um CONGRESSO para também se CAPACITAR, não achas? Não acham? Ah, no próxímo CONGRESSO, seria interessante USAR o espaço desse BLOGUEIRO da COMUNICAÇÃO SOCIAL, para DIVULGAR, consciente sou que o tempo é exíguou, e não dá mais… O que fazer? Esperar, esperar, esperar, quem sabe em Dezembro/2009, mas só no finalzinho do ano, quem sabe? ou Janeiro, dia 02/09? Creio que muitos terão acesso. abraços Carlos e Feliz Boas Festas.

  3. Zé Mané disse:

    Congresso de vereaor é fuleragem mesmo. E mais engraçado é ver como eles se pronunciam pra se defender.

  4. Pe. Antonio disse:

    Parabéns, Carlos Brito,
    Sua Postura e seu comentario merece o apoio e o elogio da Comunidade de Petrolina. Desejo que continue asssim, acompanhando com seriedade o exercicio dos mandatos dos vereadores. É esse o papel de todo cidadão. E quem foi eleito recebeu delegação do povo, para agir em seu nome e a favor do interesse público. E justamente por isso, está OBRIGADO a prestar conta, ouvir reclamação, critica e mais importante não só ouvir, mas ouvir e agir de acordo com o reclamo popular. Continue assim.

  5. João Telê disse:

    Ô Britto, quando você usar seu cartão de crédito, preste atenção que depois da senha e do OK, aparece na máquininha: PROCESSADO!…
    Então isto não significa nada de mais não! Fique morno e continue usando sua Brittoneira cotra os inimigos de sua Excelência Lisura.

  6. João Telê disse:

    Uma sujesão: Crie uma avliação periódica dos cometários ao seu Blog. Tipo assim: baxo nível, nível tolerável e alto nível. Depois de dois períodos de baixo nível o comentarista ficará impedido de fazer comentários por determinado tempo ou para sempre. Nada contra a liberdade de expressão, apenas um certo disciplinamento, como forma também de educar. A crítica, a gozação, também faz parte, mas tudo com moderação. Acho que até agora as pessoas vão bem nos seus comentários. Nada a reparar, mas precisa-se evitar o que se ver em outros Blogs famosos que abusam por aí com qestões pessoais e uso de palavras de baixo calão. Vamos valorizar a civilidade.

  7. Fabio Oliveira disse:

    Engraçado Britto é uma vereadora como ela falar que vai te processar. Se for em busca da verdade tem algumas infrações cruas e nuas acontecendo feita por ela. Nepotismo é uma dessas.

    Em fim, improbatório uma mulher querer criar leis e assegura-las para futuras necessidades. Tais leis que se beneficiam apenas a si mesmo ou seja o criador e seus confederados, foi feito no regime nazista. Na roma antiga.

    Eu heim! Isso parece até filme francês.

  8. Olavo Freitas disse:

    Raimunda Sol Posto, um poste eleito graças a favores que prestou dentro do Dom Malan, nada mais do que obrigação como servidora. O povo tem o q o povo merece.

  9. LUIZ CARLOS disse:

    Olá, amigo eu, estou faliz por sua atuação e o parabenizo pelo trabalho.

  10. Fabio Oliveira disse:

    Me parece que surtiu efeito. Sintonizando a rádio aqui percebi que a Vereadora comentou novamente e a parte dos seus acessores (filhotes crescidos e mamando nas tetas da mãe) vão processar o pobre Carlos Britto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.