Vereador Gilmar Santos anuncia candidatura a deputado estadual

por Carlos Britto // 14 de novembro de 2021 às 21:20

O vereador de Petrolina, Gilmar Santos (PT), anunciou que será candidato a deputado estadual. O comunicado acaba de chegar a nossa redação.

A decisão abre um flanco importante no partido, que já tem a deputada Dulci Amorim como candidata à reeleição pela legenda.

Leiam a carta divulgada pelo vereador:

Anuncio aos companheiros e companheiras de lutas que estou colocando o meu nome à disposição do Partido dos Trabalhadores e das Trabalhadoras, bem como de Petrolina e de Pernambuco, como pré-candidato a deputado estadual”, disse o vereador Gilmar Santos, em carta publicada nas redes sociais, no início da noite deste domingo (14).

Eleito para a Câmara Municipal de Petrolina nas eleições de 2016 e 2020, Gilmar Santos apresenta como proposta a continuidade do Mandato Coletivo, como forma de continuar fortalecendo as lutas sociais na ALEPE-Assembleia Legislativa de Pernambuco.

Em meio a uma pandemia que ceifou a vida de mais de 636 mil pessoas no Brasil, num país governado por um presidente fascista, perverso, desumano e criminoso, apoiado por uma legião de políticos e gente de mesmo perfil, escrevo essa carta pública para anunciar às companheiras e aos companheiros de lutas que estou colocando o meu nome à disposição do Partido dos Trabalhadores e das Trabalhadoras, bem como de Petrolina e de Pernambuco, como pré-candidato a deputado estadual.

 

Enquanto homem negro, trabalhador, professor de história, servidor público, militante das lutas sociais, eleito duas vezes vereador de Petrolina, representando nosso projeto do Mandato Coletivo na Câmara, demos provas de que é possível fazer política de forma independente, corajosa, coletiva, comprometida com os interesses populares e com as lutas dos movimentos sociais. Somos o único mandato de esquerda em Petrolina e que não se acovarda quando precisa denunciar as injustiças e atrasos sociais que afetam a vida do nosso povo, situações essas promovidas, principalmente, pela política autoritária, clientelista e manipuladora da elite dominante e sua “força política”.

 

Com mais de 350 mil habitantes, Petrolina é um município de profundas contradições, desigualdades e desafios. É a terra da fruticultura milionária, controlada por poucas famílias ricas e sustentada pelo trabalho de uma grande parte da população, homens e mulheres, que recebem baixíssimos salários, vivem em bairros precarizados e vivenciam as mais diversas vulnerabilidades. Maioria negra, pobre e periférica.

 

É nessa mesma terra, onde a classe dominante propaga a ideia de riqueza, que temos uma das mais preocupantes contaminações por agrotóxicos do país; veneno que gera emprego, mas gera poluição, doenças e muitas mortes. Á água das vilas irrigadas não é tratada, há mais de cinco décadas. O saneamento básico não existe ou é precário em dezenas de bairros. O Rio São Francisco tem se transformado num grande reservatório dessas injustiças e desse progresso envenenado. E por falar em água, famílias das áreas de sequeiro, a poucos quilômetros do rio, continuam sofrendo com a falta de água e de políticas públicas que promovam melhor convivência com o semiárido.

 

Para além das denúncias contra a política do atraso, temos apresentado propostas, projetos, ações que mudem as condições de vida do nosso povo e lhe assegure maior dignidade. Nesse sentido, temos lutado pela construção de creches e escolas para as nossas crianças e adolescentes, pela valorização das trabalhadoras e dos trabalhadores da educação; temos reivindicado a construção de unidades básicas de saúde em locais onde não existem, como é o caso dos residenciais Monsenhor Bernardino e Vivendas; além de exigir a convocação dos aprovados e mais concursos para servidores da área da saúde, maior transparência e qualidade desses serviços.

 

Temos defendido a agricultura familiar e a produção de alimentos agroecológicos e orgânicos, que respeitem a saúde ambiental. Assumimos compromisso com a luta pela moradia, exigindo maior transparência no Programa Minha Casa Minha Vida e exigindo do poder público maior atenção e proteção social para as moradoras e os moradores das ocupações. Nossa luta se faz presente também junto à juventude, quando reivindicamos a reativação do Conselho Municipal da Juventude e maior investimentos nas políticas públicas para o seguimento.

 

A luta no combate ao racismo é uma das principais pautas do nosso mandato. É da nossa autoria o projeto que institui em Petrolina o Estatuto da Igualdade Racial e de Combate a Intolerância Religiosa, primeiro mantado de Pernambuco a realizar essa ação. Além de importantes projetos e ações em defesa dos direitos da população LGBTQUIA+, das mulheres, população em situação de rua, pessoas com deficiências, crianças e adolescentes.

 

Lutamos ao longo desses anos, e muito, para que o poder público municipal investisse nas políticas públicas de Cultura, Esporte e Lazer. Foram mais de 3 milhões de emendas parlamentares apresentadas para esses seguimentos. Compreendemos que cultura não é evento, e sim direito, e que necessita de investimento, ações e planejamentos contínuos. Assim como o esporte e o lazer, que devem também ser compreendidos enquanto direitos e exigem maior valorização das políticas e dos profissionais da área.

 

Sabemos que a maior parte da população empobrecida dos municípios de Pernambuco sofre com as mesmas situações de injustiças que relatamos aqui, sobre Petrolina. Sabemos que o Sertão do São Francisco é formado por uma maioria de municípios totalmente afetados pelos atrasos sociais e pela dominação política de oligarquias familiares. Em Petrolina temos a oligarquia dos Coelhos, sabidamente oportunista, golpista, autoritária e cúmplice do governo Bolsonaro, das suas políticas e reformas que retiram direitos dos trabalhadores e, portanto, corresponsável pela destruição do país. É contra esses atrasos, essa gente perversa e suas maldades. que lutamos e lutaremos.

 

É para promover maior dignidade ao povo trabalhador que lutamos e lutaremos. Dignidade essa, que o nosso povo alcançou durante os governos do PT, com o Presidente Lula e a Presidenta Dilma. Nosso povo tem saudade e quer ter de volta a felicidade proporcionada por programas e ações como o Luz para Todos, Mais de um milhão de cisternas, Bolsa Família, PNAE, PAA, fortalecimento do PRONAF, Minha Casa Minha Vida, valorização do salário mínimo, ENEM, PROUNI, REUNI, FIES, Brasil Carinhoso, PAC, Restaurante Popular, SAMU, Ciência Sem Fronteiras, Mais Médicos.

 

O nosso povo quer de volta um país onde as pessoas podiam comer bem, três vezes ao dia; onde era possível ter emprego de qualidade e sonhar com o futuro. Essa é a luta que queremos fazer pelo Sertão do São Francisco, por Pernambuco e pelo Brasil, durante um novo governo do Presidente Lula. Por tudo isso, estou pré-candidato a deputado estadual”.

 

 Ascom/Mandato Coletivo

Vereador Gilmar Santos anuncia candidatura a deputado estadual

  1. Fabricio disse:

    Nesse eu boto fé, se já consegue fazer um ótimo trabalho mesmo sendo o único vereador de esquerda, imagina o que este professor num vai fazer enquanto Deputado, Pernambuco precisa e Merece o professor Gilmar um homem comprometido com o seu povo e que não se cala diante de nada

  2. ESPEDITO RODRGUES disse:

    Todos querendo o leite sagrado do governo, não fazem nada, só promessas.

  3. Mestre disse:

    Os Mil votinhos dos jumentos do PT do Sertão sujo este inseto ja tem kkkk. Como sempre temos que ter em todo buraco uma oposição mesmo que seja este tipo de oposição rasteira e criminosa…..

  4. Thiaro disse:

    Se o povo de petrolina raciocinasse ,começaria a dar oportunidade a quem nao coloca filhos , irmãos e esposas como candidatos, dando oportunidade a outras pessoas!!!! Conte comigo professor

  5. Por um Brasil melhor disse:

    Só existem duas razões para você votar em petista nos dias de hoje: Ignorância ou falta de caráter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *