Vereador Cícero Freire cita exemplo de Lula para fazer defesa de FBC: “Estão querendo condenar Fernando sem prova nenhuma”

8
Crédito: Jean Brito/CMP divulgação

Quem saiu em defesa do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) na sessão plenária de ontem (26), na Câmara Municipal de Petrolina, foi o vereador Cícero Freire (PR). De acordo com o governista, assim como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso sem provas concretas, o senador é alvo de uma investigação da Polícia Federal (PF) na qual também não existem provas contra ele.

Dirigindo-se ao líder oposicionista Paulo Valgueiro, que concedeu um aparte ao colega de Legislativo, Cícero pediu cautela a Valgueiro antes de sair fazendo acusações. “Estão querendo condenar Fernando sem prova nenhuma”, desabafou o governista.

Cícero espelhou-se no conselho de sua colega, Cristina Costa (PT), afirmando ser preciso ponderar, antes de falar, “para que a gente não possa ser também incriminado ou processado”, pontuou o vereador.

8 COMENTÁRIOS

  1. Pensar que somos representados por um sujeito desse, nos causa vergonha. Sobre o marginal Lula esse já é um fato consumado o malfeitor já tem mais de 10 processos por por roubo. Porque ele não processa o estado por injúria, difamação e outras mazelas já que ele se diz inocente? O planeta inteiro sabe, que o marginal Lula é o maior ladrão na “história desse pais”. Quanto a FBC é preciso investigar mesmo ninguém esta acima da lei, sempre houve denúncias contra ele, sem nunca ser investigado, a corrupção se tornou tão corriqueira que acaba o Ministro Barroso virando o réu. Mas nosso herói Sérgio Moro esta tentando mudar esse paradigma, é difícil mudar esse quadro porque são os próprios ladrões, que fazem leis no pais (Deputados e Senadores) a maioria deles é denunciada por corrupção (roubo), legislam em suas próprias defesas.

  2. Ninguém está condenando FBC, pois sequer foi aberto um processo. A polícia federal apenas está cumprindo sua tarefa legalmente, que é a de investigar, afinal a busca foi autorizada por juízo competente, inclusive com aval da PGR.

    Agora se o senador e seus aliados estão desesperados, taxando a ação de politiqueira e tentando métodos imorais de barrar o trabalho da justiça, é por que tem culpa no cartório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome