“Vendi o veículo e recebi multas porque o comprador não transferiu”, explica mototaxista flagrado retirando placas de carro em Petrolina

por Carlos Britto // 16 de janeiro de 2024 às 10:30

Adijair Remígio. Foto: Blog Carlos Britto

Adijair Remígio é o mototaxista que foi flagrado por câmeras de segurança tirando as placas de um carro no bairro Loteamento Recife, Zona Norte de Petrolina, no último domingo (14). O vídeo circulou nas redes sociais e este Blog conversou com Adjair na manhã de hoje (16). A entrevista pode ser conferida aqui.

Acontece que o veículo – um Fiat Siena – é do próprio Adijair, ao menos no documento. E o ato de remover as placas foi em desespero, pois o comprador nunca fez a transferência para o seu nome e as multas continuam chegando.

Com o nome negativado no Serasa e na Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (Sefaz-PE), Adijair tem enfrentado problemas até para solicitar cartão de crédito, por exemplo.

Ele diz que já procurou todos os órgãos competentes para tirar o carro do nome dele, mas nada foi feito até o momento. “Nenhum órgão deu jeito, então resolvi tirar a placa. Ele pode andar e não vai registrar meu nome nos órgãos de trânsito. O débito já chega a quase 10 mil. Eu não posso ficar prejudicado”, relata Adijair, que disse já ter entrado em contato com o comprador diversas vezes.

Eu vendi o carro para ele em 2018, todo em dia, porque eu precisava do dinheiro para fazer uma cirurgia. Todos os documentos estão em aberto. Ele não pagou nenhum documento de lá para cá. São mais de dez multas. Nos registros consta ele sem cinto de segurança, falando ao telefone, ultrapassando semáforo, por estacionamento irregular”, explica o mototaxista. O Blog encaminhou essa demanda para a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) e aguarda algum tipo de orientação ou esclarecimento.

“Vendi o veículo e recebi multas porque o comprador não transferiu”, explica mototaxista flagrado retirando placas de carro em Petrolina

  1. Luciano disse:

    É só ele colocar o comprador como o motorista principal, pra isso os dois precisão ter a carteira digital.

  2. Complicado disse:

    Se não passa pro nome é proprietário?

  3. Averdade disse:

    Sinto muito por sua situação, o cara é honesto neste país, faz a coisa certa e no fim ganha isso e os bandidos sempre se dão bem neste país, sempre se dão bem.

  4. Alan Clayton disse:

    Complicado..isso é a situação de muita gente.. porém a atitude dele foi errada..pq ele comenteu furto..
    O wue ele deveria fazer era presta um b.o..entra com uma ação por danos morais

  5. Alan Clayton disse:

    Complicado..isso é a situação de muita gente.. porém a atitude dele foi errada..pq ele comenteu furto..
    O que ele deveria fazer era presta um b.o..entra com uma ação por danos morais

  6. Alex disse:

    Se ele fez a comunicação de venda. Isso não era pra acontecer

  7. Raimundo de Dedim disse:

    a lei é cega onde bate aprega… já dizia minha avó…
    há displicência de um lado e má fé do outro…
    ambos estão errados…
    a regra é clara…

  8. George Nilo Tavares Chaves disse:

    Peça busca e apreensão do veículo

  9. Null disse:

    Se reconheceu comprador e vendedor não era para nenhuma multa chegar. Isso é falha do estado que merece um processo.

  10. Jáderson disse:

    Infelizmente o erro foi do senhor Adijair, quando vendeu o carro no mesmo dia, era pra ele ter tirado uma xerox do recibo já autenticada e fazia a comunicação da venda junto ao detran. Obs: a xerox do recibo teria que ser também autenticada.

  11. Zelito disse:

    Aí não informa, mas ele fez a comunicação de venda num cartório? Digo isso pq, vendo meu carro a alguns anos e no Detran está como COMUNICAÇÃO DE VENDA: SIM.

  12. Zelito disse:

    Aí não informa, mas ele fez a comunicação de venda num cartório? Digo isso pq, vendí meu carro há alguns anos e no Detran está como COMUNICAÇÃO DE VENDA: SIM.

  13. adailson de oliveira brandao disse:

    Amigo neste caso você já se ferrou deveria ter colocado o comunicado de venda quando chegou a primeira multa agora já era se colocar vai ser dai pra frente porque pra trás se você não paga vai entra en divida ativa e nunca vai sai do seu nome

  14. Dr. João Abreu disse:

    Certo, e na execução quem seria o é executado? Ou melhor qual bem seria, porque renajud não ia encontra nada. O bem em questão ainda está em nome do autor. Certo seria ação de rescisão de negócio jurídico.
    Assim o saldo devedor seria descontado, e o veículo retornaria ao proprietário.

  15. Marcos Felix disse:

    Comprador não transferiu? Solicitar segunda via do documento e entrar com ação de busca e apreensão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. Foto historica, de pessoas que contribuiram enormimente para o progresso da nossa regiao.