Venda de peixes para Semana Santa está dentro das expectativas dos comerciantes

por Carlos Britto // 07 de abril de 2009 às 09:55

A crise econômica mundial não afastou os católicos de consumirem um dos produtos tradicionais da Semana Santa: o peixe. O produto continua tendo boas vendas em Petrolina, embora sem superar expectativas.

Na Praça do Peixe, um dos pontos mais conhecidos de Petrolina, a procura tem deixado os comerciantes satisfeitos. Eles ainda apostam numa outra velha tradição do brasileiro. “Acreditamos que muita gente vai deixar para comprar de última hora”, acredita Manoel Barbosa, o “Manoelzinho do Peixe”. Um dos peixes mais procurados é o cari, que está em falta.

Confira a tabela de preços dos peixes mais procurados na Praça do Peixe (por quilo):

Tambaqui – R$ 10,00

Pacu – R$ 8,00

Surubim – 19,00

Dourado – R$ 13,00

Pial – R$ 12,00

Pescada – R$ 10,00

Piranha – R$ 10,00

Curimbatá – R$ 10,00

Venda de peixes para Semana Santa está dentro das expectativas dos comerciantes

  1. Feeling disse:

    Aqui em Juá tah muito caro… a população carente tem que fazer um esforço enorme para garantir o peixe da semana santa… afff

  2. Igor Costa disse:

    Kg do Peixe quase igual ao kg de carne bovina?!

    A cidade está começando a ter um custo de vida mais cara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *