Venda de lenhas aumenta na véspera de São João

por Carlos Britto // 23 de junho de 2009 às 18:07

lenhas-002Uma das maiores tradições juninas espalha-se nesta noite (23), véspera de São João. A queima de fogueiras já faz parte da cultura do povo nordestino. Alguns não gostam, devido à fumaça que elas provocam. Mas a maioria não abre mão. E quem comercializa a matéria-prima da fogueira nesta época do ano, então, não tem do que reclamar.

A comerciante Edvaneide Rodrigues tem um dos pontos de venda de lenhas mais conhecidos de Petrolina. Fica no bairro Maria Auxiliadora, zona norte da cidade. Ela conta que em relação ao ano passado, o comércio do produto tem superado as expectativas.

“No ano passado foi muito bom, mas este ano creio que aumentamos (as vendas)”, informa Edvaneide. Cada porção de lenha é vendida a 10 Reais. Ela garante que o produto está dentro das leis ambientais. A maioria das fogueiras é feita com tronco de mangas que o marido dela compra pelos projetos irrigados da região.

Segundo a comerciante, o perfil dos compradores é de classe média e alta, que possuem casas ou chácaras e querem manter a tradição. Ela explica que antes da véspera do São João, as vendas ficam dentro das expectativas, mas quando chega o dia de acender a fogueira, a procura aumenta consideravelmente. “Dá pra tirar um dinheirinho bom. Não sem nem se vai sobrar para o Dia de São Pedro”, estima Edvaneide.     

Venda de lenhas aumenta na véspera de São João

  1. Watergate disse:

    desmatamento e poluiçao desnecessaria.
    devia ser proibido fogueira de sao joao

  2. Leandro disse:

    Concordo!
    Ainda tem uns que colocam no asfalto só pra danificá-lo…

    =/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *