Velho Chico clama por preservação urgente, alerta pesquisador

1

O biólogo da Codevasf, Yoshimi Sato (foto), fez um alerta preocupante sobre os diversos problemas enfrentados pelo Rio São Francisco.

Durante uma palestra na 3ª Feira Internacional da Pesca e Aquicultura (Acquapescabrasil), encerrada na última sexta (9) em Salvador (BA), Sato chamou a atenção das autoridades para preservação urgente do ecossistema do Velho Chico, abalado pela construção de barragens, assoreamento, seca, desmatamento ciliar, mineração, uso de agrotóxicos, despejo de lixo industrial, entre outras atividades nocivas ao meio ambiente.

Um problema que preocupa o pesquisador é a inibição da desova das espécies de piracema (peixes migradores), que devido à construção de barragens, não têm conseguido se reproduzir em virtude das alterações nas condições físicas da água, como a temperatura. (Foto/divulgação)

1 COMENTÁRIO

  1. A agua do velho chico esta ficando inviavel para consumo humano ,porque acima do lago de sobradinho estao criando muito gado ,cavalo porco ,galinha e plantação de cebola envenenando a terra , quando alaga transbordando para rio contaminado .Além disso tem falta de saneamento nas cidades ribeirinhas. que polui com os esgotos a ceu aberto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome