UPE retoma aulas remotas

0
Campus da UPE em Petrolina (Foto: Arquivo Blog)

Quase seis meses após a suspensão das aulas presenciais por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), desde 16 de março último, a Universidade de Pernambuco (UPE) retoma as atividades nas graduações, em um semestre extra e exclusivamente com aulas remotas. Dos cerca de 14 mil graduandos, 83% se matricularam para cursar disciplinas no período extraordinário. A participação dos alunos foi facultativa. Chamado de Calendário Acadêmico Suplementar, o semestre terá 10 semanas de duração. Vai até 25 de novembro, mas as aulas acabarão em 14 de novembro. 

“A adesão foi surpreendente. Na semana passada tivemos a semana de acolhimento. Percebemos a comunidade acadêmica muito motivada e unida. A formação docente também foi bem participativa. Nossa expectativa é boa para a retomada das aulas nas graduações”, diz o pró-reitor de graduação, Ernani Martins. 

A UPE oferece 54 cursos distribuídos em campus localizados em 10 municípios pernambucanos: Recife, Camaragibe, Nazaré da Mata, Palmares, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Serra Talhada, Salgueiro e Petrolina. As Universidades Federal (UFPE) e Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) começaram semestres extras em agosto. Os estudantes em situação de vulnerabilidade social que não têm acesso a internet se inscreveram em um edital para receber pacote de dados. Todos os que atenderem os critérios de renda foram contemplados, segundo Ernani. Como sobraram vagas, haverá uma nova chamada, prevista para essa semana. 

Para os alunos que não dispõem de computadores, a instituição lançou uma campanha para que empresas ou pessoas da sociedade doem equipamentos, novos ou usados, mas desde que estejam funcionando. “Recebemos tablets, celulares, computadores, desktop”, explica Ernani. A doação pode ser feita também em dinheiro, por meio de depósito bancário (IAUPE, CNPJ: 03.507.661/0001-04. Banco: Banco do Brasil, agência: 3234-4, conta corrente: 11790-0). A reitoria, localizada em Santo Amaro, no Recife, e os campus do interior são pontos de coleta. (Fonte: JC Online)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome