Univasf e Governo de PE fecham parceria para instalar em Petrolina Centro de Referência em Direitos Humanos

por Carlos Britto // 26 de julho de 2012 às 13:09

O reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Julianeli Tolentino de Lima (foto), recebeu na tarde de ontem (25) a visita do secretário executivo de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Paulo Moraes. Durante o encontro, o secretário anunciou a parceria entre o governo do estado e a Univasf, visando à implantação do Centro de Referência em Direitos Humanos de Petrolina, com inauguração prevista para agosto deste ano.

“O centro deverá atuar como espaço de cidadania, voltado ao atendimento da população nas áreas jurídica e psicossocial com o papel de encaminhar demandas sobre violações e promover esclarecimentos e conscientização em torno dos direitos”, disse o secretário.

De acordo com Moraes, a proposta objetiva a participação de docentes e discentes em campos de atuação de interesses específicos e prática cotidiana de pesquisa e de extensão universitária.

Na ocasião, o reitor Julianeli afirmou o apoio da instituição à iniciativa, propôs a elaboração de uma agenda temática que possa atender às respectivas demandas e destacou a política extensionista da Univasf. “O nosso objetivo é trazer a comunidade para dentro da universidade”, destacou Julianeli. (da Ascom)

Univasf e Governo de PE fecham parceria para instalar em Petrolina Centro de Referência em Direitos Humanos

  1. PENSADOR disse:

    DIREITOS HUMANOS PARA HUMANOS DIREITOS, ESSA É A MINHA LINHA DE PENSAMENTO.
    PARTINDO DESSE PRESSUPOSTO, PORQUE VOCÊS NÃO PENSAM ASSIM.

  2. Dreda disse:

    Só espero que isso não seja mais um desses órgãos projetados para proteger os bandidos dos policiais. O que estamos precisando de fato é de alguém que proteja o cidadão de bem dos bandidos. Alguém como o Batman.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. A manutenção da estátua de Daniel Alves manterá também a contradição de seus atos. Hoje os monumentos também servem para…