Univasf critica medidas tomadas pela Capes quanto a programas de Pós-graduação

por Carlos Britto // 17 de setembro de 2021 às 09:31

Foto: Ascom/divulgação

Uma nota divulgada pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) manifestou-se, por meio de uma nota oficial, favorável aos coordenadores da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), que lamentaram, em carta aberta, as recentes medidas adotadas pela presidência do órgão quanto aos programas de pós-graduação no país. Para a Univasf, isso “representa um retrocesso” na avaliação desses programas.

Confiram:

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) vem manifestar apoio à Carta Aberta publicada pelos coordenadores da área da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), membros titulares do Conselho Técnico Científico da Educação Superior (CTC-ES) no dia 14 de setembro de 2021.

A Univasf demostra preocupação frente à condução da política de pós-graduação no país por parte da presidência da Capes. As medidas recentemente adotadas representam um retrocesso nos processos de avaliação dos programas de pós-graduação, além de causar instabilidade descontinuidade e transtornos a todos os envolvidos no processo Avaliativo da Quadrienal 2017-2020.

Lamentamos que ações intempestivas, autoritárias e não dialógicas por parte da Capes, a exemplo destituição dos membros titulares que compõem o CTC-ES, fragilizam o Sistema Nacional de Pós-Graduação e colocam o Brasil na contramão do observado no restante do mundo no tocante ao avanço da Ciência.

Por fim, a comunidade acadêmica da Univasf, em especial aqueles vinculados aos Programas de Pós-graduação, estão atentos aos movimentos que interferem direta ou indiretamente não apenas na Pós-graduação, mas também nos rumos da pesquisa no país.

Univasf/PRPPGI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *