Um reconhecimento ao passado

por Carlos Britto // 16 de janeiro de 2012 às 19:00

A reabertura do Estádio Adauto Moraes à torcida juazeirense, ocorrida no último sábado (14), estava dentro do que mandava o figurino: muita festa, presença do prefeito Isaac Carvalho e várias autoridades da região e do estado. Há 10 anos o estádio não passava por uma reforma. Agora está de cara nova para o Campenato Baiano, que começa nesta quarta (18).

Mas não há como negar que o momento marcante da solenidade foi a inauguração da Calçada da Fama, um espaço destinado aos craques que marcaram história no futebol de Juazeiro. Na verdade, um reconhecimento ao passado grandioso do município no esporte.

O mais famoso deles, João Batista Nunes de Oliveira, também estava presente. Nunes, como é mais conhecido, começou a carreira nos gramados do Adautão. Passou pelo Santa Cruz (PE) até chegar ao Flamengo (RJ), onde foi bicampeão brasileiro, campeão da Libertadores e conquistou o único título mundial de clubes para o Rubro-Negro carioca (em 1981)

Além dele, também deixaram a marca dos seus pés na calçada do estádio os ex-atletas Padeirinho, que participou da inauguração do Adauto Moraes, em abril de 1940; Caboclinho, craque do futebol juazeirense; Foguinho e Mário de Souza Moraes, filhos de Adauto Moraes; além de Raimundo Nonato, o Bobô, campeão brasileiro pelo Bahia (em 1988) e atualmente comandando a Superintendência de Desportos do estado, a Sudesb. Foi uma festa antológica, com toda certeza. (Fotos/Ascom PMJ)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *