Uauá: Justiça obriga prefeitura a pagar salário atrasado de servidores municipais

por Carlos Britto // 13 de janeiro de 2022 às 14:31

Foto: reprodução Internet

Após um ano, o juiz titular da Comarca de Uauá, norte da Bahia, proferiu decisão do mandado de segurança que assegura aos servidores municipais o direito de receber o salário de dezembro de 2020. Diante disso, cabe à atual gestão efetivar o pagamento de mais de 600 trabalhadores que não receberam seus proventos daquele mês. De acordo com o Sindicato dos Servidores Municipais de Uauá (SINDSMU), o prefeito Marcos Lobo insistiu que só faria o pagamento após decisão judicial.

Decorridos os prazos, vamos procurar novamente o município para que proceda à decisão, visto que a administração sempre bateu na tecla que estava aguardando decisão judicial, o que já existe“, declarou o presidente da entidade, Milton Rodrigues.

A luta pelo salário completou um ano no último dia 4 de janeiro, data em que o SINDSMU impetrou o mandado de segurança. O Ministério Público da Bahia (MPBA) se posicionou opinando pelo bloqueio das contas do município e o processo encontrava-se concluso desde junho do ano passado. A decisão judicial, no entanto, só veio na última terça-feira (11).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *