TV Caatinga comemora 10 anos de produção de conteúdo educativo

por Denise Saturnino // 26 de setembro de 2022 às 14:00

Foto: Cortesia

A WebTV Caatinga comemora, nesta segunda-feira (26), 10 anos de existência após a primeira exibição, em setembro de 2012. Em entrevista ao Blog, a idealizadora do projeto, coordenadora de programação e jornalismo, Fabíola Moura, destacou o papel que a plataforma exerce enquanto ferramenta digital educativa para a região do Vale do São Francisco.

“Além da prestação de serviço, possibilitando que a população tenha acesso às produções da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), a WebTV faz com que a informação chegue para as pessoas de uma forma diferente do convencional. São conteúdos que aproximam a sociedade da produção acadêmica, tornando o conhecimento cada vez mais acessível“, declarou Fabíola, que também é professora de jornalismo da Universidade do Estado da Bahia, em Juazeiro, e mestre em educação.

Fabíola ressaltou ainda que, os conteúdos são produzidos a partir do jornalismo contextualizado com o semiárido brasileiro, a fim de desconstruir uma imagem esteriotipada da região. “Quem acessa nossos conteúdos tem informações reais sobre as potencialidades do semiárido sem precisar recorrer à desinformação. A ideia é acabar com a imagem de um semiárido miserável e sem oportunidade. São 18 programas no site, além de links, documentários, transmissões ao vivo, clipes e um intercâmbio de conteúdos com instituições de ensino e pesquisa, além de outras emissoras educativas da Bahia, Penambuco e Piauí”.

Desafios
Apesar do trabalho inovador, a coordenadora do projeto confessou que as dificuldades para captação de recursos são os principais desafios enfrentados para manter o projeto funcionando ao longo desses 10 anos.

“É preciso uma revisão na legislação brasileira, uma vez que ela limita a captação de recursos para tvs universitárias e educativas. A obtenção de recurso sempre foi nossa principal dificuldade”, pontuou, destacando que mesmo com os percalços causados pela pandemia do coronavírus nos últimos anos, a tv manteve a produção de conteúdo inédito todos os dias.

Conquistas
Após alguns anos de luta, o Ministérios das Comunicações aprovou a concessão para a implantação da Rádio Caatinga, que fará parte do projeto. “Ainda não está no ar, mas já está em fase de experimentação e em breve a região poderá usufruir de mais um veículo de comunicação com produção local e educativa. Mas, continuamos na luta para que o governo libere a concessão da TV e ela passe a ser aberta”, concluiu. Confiram mais detalhes sobre o projeto no link.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.