Transnordestina: Onze pessoas são presas por roubar 25 toneladas de trilhos em Sertânia

0

trilhos TransnordestinaA Polícia Federal (PF) prendeu 11 pessoas suspeitas de roubarem 25 toneladas de trilhos de uma ferrovia em Sertânia (PE), no Sertão do Moxotó. A prisão aconteceu ontem (27), no momento em que os acusados iam roubar o material, na antiga linha férrea RFFSA. Os trilhos furtados estavam destinados para a construção da ferrovia Transnordestina, que ligará o Sertão aos portos de Suape, em Pernambuco, e Pecém, no Ceará.

Através de denúncias anônimas, a PF descobriu o plano da quadrilha. Em ação conjunta, policiais militares montaram um ponto de vigilância próximo à linha férrea, onde eles iriam roubar uma nova quantidade de trilhos. Os bandidos chegaram em um caminhão Mercedes Benz, que era escoltado por uma moto Honda, um Volkswagen Gol e uma Saveiro vermelha.

Os acusados tentaram fugir, mas a polícia fez a abordagem e conseguiu prender 13 pessoas em flagrante. Com os suspeitos, foi encontrado um maçarico de corte, dois cilindros de oxigênio e um botijão de gás de cozinha, itens utilizados para cortar os trilhos.

Os acusados foram encaminhados à cadeia de Sertânia, onde policiais federais aguardavam para tomar depoimento dos envolvidos. Após os primeiros procedimentos, duas pessoas foram liberadas. A polícia informou que uma pessoa está foragida. Eles revelaram que uma grande quantidade de trilhos já havia sido furtada na última quarta-feira (26).

Os trabalhadores braçais que retiravam os trilhos recebiam R$ 200 por cada dia de serviço. As 25 toneladas do material roubado estavam avaliadas em R$ 30 mil e seriam enviadas para uma empresa de construção civil em Santa Catarina, no sul do país.

Todos os suspeitos foram levados para o Presídio Advogado Brito Alves, em Arcoverde, também no Sertão, onde ficarão à disposição da Justiça Federal. As informações são do JC Online. (Foto: PF)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome