Transformação digital chegará a pequenas e médias indústrias do Sertão do São Francisco

0

O Sertão do São Francisco receberá investimentos do programa DigitalPE. O objetivo da iniciativa é resolver desafios enfrentados por pequenas e médias indústrias por meio de soluções digitais, adotando um processo de inovação aberta. As inscrições já começaram e seguem até o próximo dia 19 de maio. Serão selecionadas 30 empresas em todo o Estado – também participam negócios instalados na Região Metropolitana do Recife (RMR) e Agreste -, que serão apoiadas na implantação de processos de transformação digital em suas operações, contando com a ajuda de uma rede de especialistas e de outras empresas que já desenvolveram experiências inovadoras bem sucedidas. As inscrições podem ser feitas online pelo link do Porto Digital.

Para o DigitalPE, a Secretaria de Ciência, Tecnologia & Inovação (Secti) disponibilizará R$ 600 mil via bônus tecnológicos para as empresas. Cada organização selecionada terá até R$ 20 mil em recursos para contratar as soluções digitais que sairão do papel por meio da iniciativa. As inovações contribuirão não apenas para resolver problemas do dia a dia dos negócios, mas ajudar no desenvolvimento de novas frentes de atuação.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos, reforça o potencial das indústrias do Sertão do São Francisco. “A premissa do programa é preparar as empresas para o futuro. Gerar competitividade para os negócios e assim criar novas oportunidades para a população. E a escolha pelo Sertão do São Francisco foi estratégica. A vitivinicultura e as cadeias de bebidas e alimentos e de construção civil da região, por exemplo, são segmentos fortes da indústria pernambucana que podem se beneficiar bastante do processo de inovação aberta proposto no DigitalPE“, comenta.

Um grande time sustenta o programa: Porto Digital, Secti, Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), Sebrae, SENAI, SoftexRecife, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial. Mais detalhes sobre o processo de inovação aberta pode ser conferido pelo link.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

quinze − 2 =