Trailer da Polícia Militar na Ponte estaria causando acidentes, segundo inspetor da PRF

por Carlos Britto // 21 de março de 2013 às 17:04

Ficalização PM Ponte_640x384O trailer da Polícia Militar de Pernambuco na Ponte Presidente Dutra tem sido alvo de críticas principalmente por quem precisa transitar no local em pleno horário de rush. Os motoristas reclamam do engarrafamento que se forma nas proximidades do trailer e questionam se a PM teria competência para fazer as abordagens na rodovia federal. De acordo com o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Paulo Lima, a PM pode fazer as abordagens, no entanto, não é autorizada a realizar as fiscalizações.

“Na época em que instalaram o trailer, eu questionei se a iniciativa não atrapalharia o trânsito no local. Mas a PM esclareceu que se tratava de uma ação estratégica para reduzir a criminalidade, era a ordem do comando”, afirmou o inspetor em entrevista ao programa Edenevaldo Alves, da Petrolina FM, na manhã desta quinta-feira (21).

O que mais chama a atenção é que, de acordo com Paulo Lima, depois que o trailer foi instalado na Ponte, além dos congestionamentos, aumentou também o número de acidentes. “Quando confrontamos os dados de combate ao crime e o número de acidentes causados, por exemplo, pela colocação de cones sob a ponte, observamos que não compensa deixar o trailer ali. O usuário tem duas vias para se deslocar entre Juazeiro e Petrolina e ver, em determinado momento, a via estrangulada. A disposição dos cones sob a faixa ainda deixa o condutor confuso”, explica.

Para o inspetor, o mais adequado seria instalar o trailer em outro ponto estratégico. “Já acionamos o Ministério Público Federal (MPF) e a Advocacia Geral da União (AGU) na tentativa de viabilizar a retirada do equipamento dali”, destaca.

O Blog reserva espaço caso a Polícia Militar queira se pronunciar sobre o assunto. (Foto: inspetor Paulo Lima)

Trailer da Polícia Militar na Ponte estaria causando acidentes, segundo inspetor da PRF

  1. mariamirandafafa@gmail.com disse:

    Parabéns ao inspetor,minha irmã foi vitima , ao circular na ponte,um caminhão após se assustar com os Cones tentou passar para outra faixa ,atingindo o pneu traseiro do seu veiculo fazendo com que o mesmo rodasse e saiu arrastando por vários metros,por um milagre algo muito grave não aconteceu,porém o carro estragou total.

  2. Marcello disse:

    Bom, na minha opinião é realmente desnecessário a utilização do trailer na ponte, se querem fazer blitz que façam na descida da ponte ou em outro local !

  3. Eduardo disse:

    MInha gente, vamos deixar de hipocrisia. Todos nós sabemos pra quê aquele trailer tá ali.
    Eu que o diga!

    1. Arrais disse:

      ” Quem dera ser um peixe, para em seu líquido aquário mergulhar….”
      Mas a PRF não seja hipócrita, foi eles que criaram aquela blitz.

  4. Snoop disse:

    É um saco mesmo.

  5. Mauro Sérgio pereira de Oliveira disse:

    QUE O TRAILER DA POLICIA INIBE A AÇÃO DOS MARGINAIS, ISSO É FATO, O QUE TEM QUE SER FEITO É UMA AÇÃO POLICIAL COM O MENOS DANO AOS TRANSEUNTES.
    JÁ FUI ABORDADO NA PONTE E OS POLICIAIS DA AÇÃO NÃO SE ATENTARAM DE VER QUE NÃO ESTAVAM ABORDANDO NENHUM MARGINAL.
    SOU A FAVOR QUE O TRAILER CONTINUE, SÓ QUE NÃO COLOQUEM OS CONES DE FORMA ERRADA NA PONTE, PARA QUE NÃO CAUSEM TANTOS ACIDENTES AOS MOTORISTAS.

    1. Petrolinense disse:

      Certamente o cidadão já deve ter observado criminosos com o nome “SOU BANDIDO” escrito na testa.

  6. ACORDA PETROLINA disse:

    SÓ ATRAPALHA MESMO…
    MAS SÓ VÃO RETIRAR, QUANDO TIVER UM ACIDENTE COM VITIMA FATAL…

    #COISASDEPETROLINA

  7. Ana disse:

    Parabéns ao Inspetor pela iniciativa coerente. A atitude do comando da PM é irresponsável e pode custar nossas vidas ! Gostaria de solicitar ao Blog que utilize as facilidades jornalísticas para, em nome da população, questionar quando a AGU e o MPF se posicionarão sobre o tema… Todos os dias , até mesmo os policias que estão lá trabalhando, correm riscos de sofrer acidentes, pois a via é reduzida SEM PREVIA SINALIZAÇÂO QUE ALERTE O MOTORISTA…não há placas, nada que possa fazer o motorista entender q a via será reduzida. Além disso, muitas vezes APENAS a metade de uma das vias é interditada e o motorista tem a falsa percepção de que pode seguir na mesma mão de direção. A PM ESTA COLOCANDO A VIDA DOS CONDUTORES EM RISCO !!!!

    1. Paulo disse:

      Concordo!

  8. Realista... disse:

    Ninguém fala da quantidade de armas e drogas apreendidas pelas equipes que trabalham no trailer… Ninguém fala que a maioria dos acidentes acontecem pelo excesso de velocidade dos condutores… É só a PRF ficar onde o trailer está e usar um radar para que sejam aplicadas centenas de multas diárias pelo excesso de velocidade. Mas é mais fácil tirar o trailer de lá…
    Ahh vá…

  9. Skyfall disse:

    Acho que moro em outro mundo.
    Poxa vão procurar o que fazer.
    Se acontece acidentes é por falta de atenção dos condutores de veículos que trafegam naquele local. O trailer e os policias que estão ali nos transmite mais segurança.
    Vocês deveriam reclamar de outras coisas. COMO a instalação de um sistema de filmagem naquela ponte.
    Pois tem muito condutor ridículo que não respeita o limite de velocidade.

    Por favor editores do blog. Não censure nenhuma linha. Agradeço desde já!

  10. Paulo disse:

    Por diversas vezes me deparei com os cones no meio da pista e por pouco não me acidentei. A forma como eles colocam os cones é totalmente irresponsável. A abordagem também não é lá muito gentil. Definitivamente aquele local não é adequado para aquele tipo de fiscalização. Só atrapalha! Parabéns ao inspetor pela mobilização!

  11. Dreda disse:

    Acho que tem que se apurar os resultados desse trabalho da PM. Se está sendo apreendido uma quantidade grande de armas, drogas e marginais, acho que o trailer tem que ficar, e quem sabe virar um posto permanente. Só que tem que fazer o trabalho direito, com cones de tamanho apropriado, sinalização prévia antes de interditar as vias, etc. Se não está dando resultado, é melhor caírem fora.

    Agora o que acho estranho é um inspetor da PRF ir a um programa de radio para se queixar da PM. A PRF, via imprensa, está pressionando pela saída da PM. Será que esse é o melhor caminho?

  12. Ailton Teles disse:

    Caros amigos, Bom Dia!
    Inicialmente queria esclarecer que a instalação do trailler da Polícia Militar de pernambuco na Ponte Presidente Dutra faz parte da Operação Divisa Segura, implementada pela PMPE com parceria das polícias dos estados vizinhos (no caso, a Bahia), e tem como objetivo resguardar a fronteira do nosso estado contra a entrada de drogas, armas e fugitivos. Essa Operação é desenvolvida em todas as fronteiras do Estado, sendo que em algumas, de forma permanente e outras de forma periódica. Após a instalação da Operação, já foram cumpridos inúmeros mandados de prisão, apreendidas drogas, armas e veículos roubados, além da prisão de quadrilhas de assaltantes de residências que atuavam em nossa cidade. Quando da instalação da Operação, foi solicitado à PRF que disponibilizasse Policiais Rodoviários para integrar o efetivo, tornando a fiscalização mais completa, pois a PMPE, por questões de atribuições específicas, não pode fiscalizar o trânsito rodoviário nas BRs. Causa-me estranheza a postura do Nobre inspetor, que poderia disponibilizar efetivo para melhorar o serviço prestado à população. Ao invés disso, tenta prestar um desserviço, empenhando-se em retirar o policiamento lançado. Em questões de segurança Pública, não há espaço para arrogância, para melindres e para orgulhos individuais. Se ocorrem acidentes, é por falta de orientação de trânsito, que cabe à PRF, por missão constitucional. Não podemos ser irresponsáveis de apenas retirar um policiamento que presta tão grande serviço a sociedade de Petrolina e Juazeiro. Críticas surgirão, pois nossa sociedade não é acostumada a ser fiscalizada. Devemos sim nos empenhar em melhorar o serviço prestado, e para isso, fica estendido o convite ao Sr. Inspetor Paulo Lima para que trabalhe como nas outras fronteiras do Estado, em conjunto com a PMPE, apoiando, orientando e contribuíndo com uma Petrolina mais segura.
    Cordialmente, José Ailton Teles – Coronel PM, Comandante do 5º BPM

    1. Watergate disse:

      A intenção pode ser boa, mas os efeitos colaterais não estão compensando.
      Atrapalha ainda mais um transito já caótico e expõe policiais e civis a riscos.

  13. jose wilson da silva disse:

    manda esse inspetozinho procurar ema lavagem, do roupa que ele ganha mais

  14. Choveu disse:

    1 – É pra tirar o trailer mesmo, assim como tiraram os radares de limites de velocidade de todas as avenidas de Petrolina;
    2 – Pra que PM, se o ladrão ou o traficante, não fica preso mesmo;
    3 – É assim o brasileiro, não precisa de Policia, nem de Médico, nem de Engenheiro, ele quer resolver tudo do seu jeito, é assim nossa Petrolina, terra sem Lei, e, quando um cidadão tem a boa intenção de combater o CRIME organizado, a sociedade organizada em sua grande maioria não aceita;
    …Esse é nosso glorioso BRASIL!!!

  15. jose wilson da silva disse:

    esse brasil merda,quem nao faz nada ainda que atrapalhar,quem tar tentando fazer alguma coisa
    se ligar guarda,ganha um absurdo para nao fazer,nada

  16. PEDRO CALDAS disse:

    Parabens ao Inpetor da PRF a ação seria positiva se fosse realizada em parceria com a PRF, pois se trata de trecho federal e não estadual. Sem contar que põe em risco a vida dos proprios policiais que ficam sentados alí.

  17. Sertanejo PE disse:

    Fala sério. Se acontecem acidentes é por conta exclusiva da desantenção e principalmente de EXCESSO de velocidade de motoristas imprudentes.

  18. Petrolinense disse:

    O nobre inspetor deveria estar preocupado com o posta da Serra da Santa que foi desativado e agora serve de local para que marginais realizam roubos no momento em que os motoristas que passam reduzem a velocidade.

  19. Cristina disse:

    EU passo todos os dias na ponte, e acho certo pois tem mesmo que ficar o posto policial pois tem muita gente que não respeita os outros condutores, acha que só eles tem vez.

  20. edinho disse:

    O trabalho na ponte é de responsabilidade da Policia Rodoviária Federal, por que ela não está lá?
    Até mesmo quando estavam duplicando a ponte eles (os Policiais Rodoviários) ficavam dentro da viatura com o ar-condicionado ligado e os motoristas desorientados lá fora, sem saber como sair daquela confusão.
    Mais incomodado que o Inspetor Paulo Lima está a população, pois a PRF está ganhando dinheiro sem trabalhar.
    Se fosse eu, teria até vergonha de reclamar de alguém que está fazendo o que eu deveria fazer.

  21. Julio Cesar disse:

    Questionável os resultados da PM pois não vi qualquer publicação de aprrensão naquele local feita pela PM.Ao mesmo tempo é muito fácil de se resolver essa situação, devem ser confrontados os dados da PRF(acidentes e congestionamento) e os da PM(apreensão de drogas e armas) e fazer uma avaliação séria e coerente do que é melhor para a população.

  22. Realista disse:

    Na realidade acho q o grande problema em questão são os cones. Alguns policias quando de serviço reduzem a pista a uma única faixa, alguns casos em horário de pique, proporcionando um grande congestionamento, e inviabilizando o milhões que foram gastos na duplicação da ponte para flexibilizar o trânsito.

  23. ivam disse:

    Sres,
    Em primeiro lugar a PM ta fora de sua jurisdição esse e um trabalho da POLICIA FEDERAL que tem inteligencia e competencia lugar de PM e nas vias urbanas fazendo seguraça do cidadão pernambucano..

    O povo e quem sabe o que e melhor e não forças auxiliares.

    Ex: Combatente da Caatinga
    EXERCITO BRASILEIRO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. Foto historica, de pessoas que contribuiram enormimente para o progresso da nossa regiao.