Tiro de misericórdia: Deputado pernambucano diz ‘sim’ a impeachment e Câmara deve encaminhar processo ao Senado

2

camara deputados

Coube ao deputado pernambucano Bruno Araújo (PSDB) dar o tiro de misericórdia em prol do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Bruno disse ‘sim’ ao impeachment, levando a oposição na Casa aos 342 votos necessários para que o processo seja encaminhado ao Senado Federal. (foto/reprodução)

2 COMENTÁRIOS

  1. Quanto amadorismo deputados falaram tantas besteiras,tem um que voltou ao microfone porque tinha esquecido do de falar o nome do filho,outro aqui de Pernambuco que tem um voz insuportável (Eduardo da Fonte) queria colocar o filho para dizer sim kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk como estamos bem representados!

  2. Assisti a votação do início ao fim, e pouquíssimos julgaram o mérito da denúncia! A maioria falou em nome dos familiares, em nome de Deus, de correligionários, do partido, do cachorro, do papagaio, mas nada em relação ao mérito da denúncia! Logo, a decisão foi mais política do que jurídica!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

dezessete + 9 =