Terminal Rodoviário de Petrolina continua “jogado às traças”, dizem permissionários

6

terminal rodoviário petrolinaOs problemas no Terminal Rodoviário de Petrolina são antigos e estão por todas as partes do espaço. Paredes sujas, lixo, escuridão e falta de segurança são algumas das dificuldades enfrentadas diariamente por quem passa pelo local.

terminal rodoviário petrolina2Com a falta de policiamento, inúmeros usuários, segundo informações de moradores da vizinhança, já foram assaltados. As acusações partem, sobretudo, para os usuários de drogas, que ficam “acampados” nas calçadas do terminal.

Os permissionários que trabalham na Rodoviária também reclamam da falta de conservação e limpeza do equipamento, que contribui para os comerciantes deixarem o espaço. “Isso aqui está jogado às traças“, lamenta um deles.

O Governo do Estado é o responsável pela área, mas o terminal não vê melhorias há anos, o que acaba deixando uma má impressão em quem desembarca na Rodoviária. Com a palavra, o governo. (fotos: Sério Lopes/Blog do Carlos Britto)

6 COMENTÁRIOS

  1. Sou petrolinense e a 2 anos moro no Ceará e nesses dois anos tenho frequentado a rodoviária toda vez que vou a petrolina.
    Nos dias 04 e 06 de Setembro agora de 2015 pude ver e confirmar esse descaso. A rodoviária está tomada por marginais usuários de drogas e NINGUÉM faz nada!!!
    Expulsem esses marginais dai, eles não são coitadinhos, coitados são os usuários da rodoviária que estão a mercê dessa corja!!!

  2. Petrolina ta é ferrada!
    Um governador omisso e um prefeito incompetente!
    Depois ainda abrem a boca pra falar que Coelho nunca fez nada pela cidade!
    Olha ai o que acontece quando não tem nenhum deles pegando no batente!
    Ate cabana de noiado tem na porta da rodoviária. Fumando pedra deitado na rede!
    Cade a policia pra descer o cassetete ?

  3. E ainda tem gente que julga esses traficantes e usuarios de drogas como coitadinhos mesmo, e pra piorar tem pessoas que lava comida diariamente pra eles, assim mantendo como uns parasitas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome