Técnicos administrativos da Univasf/Campus Centro em Petrolina fecharão os portões nesta quarta

por Carlos Britto // 17 de julho de 2012 às 20:42

Em greve há um mês e sete dias, os técnicos administrativos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) vão fechar os portões do Campus Petrolina/Centro, numa paralisação que vai durar 24 horas a partir desta quarta-feira (18).

O protesto envolverá os 30% dos técnicos administrativos que ainda estão trabalhando para garantir os serviços essenciais na instituição. Os manifestantes vão se concentrar, às 7h, entre o campus e o Hospital de Urgências e Traumas (HUT). A paralisação de advertência acontecerá apenas na Univasf do Centro.

Técnicos administrativos da Univasf/Campus Centro em Petrolina fecharão os portões nesta quarta

  1. Luciano Silva disse:

    Exigimos que o governo federal reconheça os técnicos adminsitrativos da educação com essenciais para uma educação de qualidade.
    Exigimos que o governo sente e dê uma contra-proposta as reivindicações na nossa categoria.
    Somos 100% das universidades federais com greve de técnicos administrativos. (www.fasubra.org.br).

  2. Gustavo disse:

    Na boa, eu só espero que o período seja cancelado!

    Já sao 2 meses e 3 dias em greve, e eu e mtos alunos já perdemos o pique e o “time” do conteúdo e das aulas da maioria dos professores e matéria!!!

    1. Aline disse:

      Não acho que cancelar o semestre seja a melhor alternativa. Parece apenas o caminho mais fácil. E essa greve está aí para mostrar que o caminho mais difícil é o mais adequado quando se busca algo melhor. Outras universidades já passaram por meses de paralização e não cancelaram seus semestres, apenas tiveram que prorrogar o término das aulas. Acho que isso seria o mais indicado para os alunos que, em sua maioria, querem se formar na data prevista, mesmo que para isso tenham que correr para retomar o ‘time’ dos conteúdos. Enfim, espero que o Governo se posicione rapidamente em relação à greve dos técnicos, porque eles são fundamentais para o bom andamento da Universidade.

      1. Gustavo disse:

        Mas esse é o problema Alinne! O governo n vai se reposicionar tao rapidamente assim! Mercadante disse q n tem como melhorar a proposta!!

        A proposta q o governo fez, como os proprios professores falaram, foi só começo das negociações!!

        E os professores ja estao decididos q irao lutar ate onde puderem!!
        Até pq pra passar tanto tempo parado sem conseguir chegar proximo do objetivo iria ser so perda de tempo!
        Entao eu acho q os professores vao a luta mesmo!!

        Essa greve ainda vai levar pelo menos mais um mes! E pra agravar, os tecnicos tbm entraram em greve, e sem eles a faculdade n funciona tbm!!

        É triste lamentar, mas o periodo deveria ser cancelado mesmo!! Dizem q se completar 3 meses eh cancelado! Porem n sei se eh bem assim!

        Falei com um professor, e ele disse q n podia descartar essa hipotese pois n sabe que rumo a greve vai tomar!!

        tenho um professor, por exemplo,q no 2 semestre vai ta de licença para estudos, e ai, como fica a materia dele?

        Pq eu sou a favor do cancelamento? Ja sao 2 meses, e tudo leva crer q teremos mais outro mes no minimo de greve! Nenhum estudante fica 3 meses parado em casa, provavelmente firmou-se em algum compromisso de emprego, ou ta ajudando a familia fora da cidade, etc! e pra se readaptar ao horario vai ser fogo!

        So espero q isso se resolva logo e n tenhamos mais nenhuma greve nas federais por pelo menos 5 anos…….

  3. Gustavo disse:

    Se depender do governo, os professores é que vao ter q ceder…

    http://g1.globo.com/platb/blog-do-camarotti/2012/07/19/dilma-tira-planalto-do-foco-das-negociacoes-de-greve-dos-servidores/

    2 meses parados pra no final os professores ñ chegarem nem proximo ao objetivo….

    LASTIMAVELLLLL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *