Teatro Municipal de Petrolina fica mais perto de virar realidade

por Carlos Britto // 10 de agosto de 2022 às 21:36

Foto: divulgação

Um clamor de mais de uma década dos artistas petrolinenses começou finalmente a ficar mais perto da realidade. O prefeito Simão Durando Filho recebeu em seu gabinete os representantes das classes artística e cultural da cidade para apresentar o projeto de reforma do Centro de Convenções Senador Nilo Coelho e da construção do teatro municipal.

No encontro, marcado por muita emoção, o gestor, juntamente com a equipe de obras e cultura, ouviu as sugestões dos artistas e produtores e tirou dúvidas sobre o funcionamento do local, que abrigará espetáculos regionais e nacionais das diversas linguagens – entre elas, música, dança e teatro.

O espaço terá capacidade para mais de 750 pessoas e contará com banheiros, bilheteria, camarim, depósito, foyer, memorial, palco, plateia, sala de dança, sala técnica, camarote e sala de imprensa (entre outros). Todo o teatro contará com acessibilidade. A obra está prevista para ser entregue em até 18 meses.

Um dos presentes, o produtor cultural Beto Binga lembrou que a luta pela cultura em Petrolina foi intensificada na gestão do ex-prefeito e pai do atual prefeito, professor Simão Durando. “Estou muito emocionado em participar dessa reunião, aqui com o prefeito Simão Durando Filho. Sem dúvida, o início de um sonho, de uma luta antiga da classe. Eu lembro que quando iniciei na cultura, aqui em Petrolina, os nossos ensaios aconteciam na casa do pai do atual prefeito, o professor Simão Durando. Então, iniciar esse projeto com o seu filho é muito significativo“, frisou.

Simão Filho não segurou a emoção ao lembrar do seu pai enquanto defensor da educação e cultura. E reforçou que essa foi a primeira de muitas reuniões. “Iniciamos as obras há pouco mais de uma semana e essa é a primeira de muitas reuniões. É um sonho que queremos construir de forma participativa, por isso, fiz questão de reunir os representantes da classe cultural para apresentar o projeto e ouvir as sugestões de cada um deles. Nós estamos preparando Petrolina para os próximos 30 anos, as nossas gerações futuras receberão o legado, um equipamento pensado e construído por aqueles que lutam e fazem tão bem a nossa cultura local“, concluiu.

Vereadora

Outra que não escondeu sua alegria foi a vereadora Maria Elena. Forte militante no segmento cultural da cidade, ela carrega em seu currículo a formação de atriz. Na década de 2000, Maria Elena articulou, junto com a Secretaria de Educação de Pernambuco, um projeto para que estudantes da rede estadual de ensino tivessem acesso ao teatro. Em 2003, o então prefeito Fernando Bezerra Coelho havia incluído a construção do teatro municipal no seu plano de governo, mas as enchentes ocasionadas pelas fortes chuvas na cidade, em 2004, obrigou o gestor a realocar esses recursos para socorrer as famílias atingidas, adiando o projeto.

Hoje é um dia vitorioso não só para a classe artística, mas para toda a sociedade de Petrolina. Eu encampei essa luta pelo teatro municipal, que agora será construído. Estou realmente muito feliz”, afirmou Maria Elena.

Teatro Municipal de Petrolina fica mais perto de virar realidade

  1. Pé no Saco disse:

    Quem mora em Petrolina sabe que tempos atrás a verba veio para esse teatro, fizeram um buraco por pouco não chegou no Japão, aí não sei porque o dinheiro sumiu,evaporou-se e a própria Vereadora ficou caladinha, espero se chegarem a terminar não fique jogado as batatas feito o Cento de Convenções.

  2. andrei disse:

    maria elena sempre ficou calada sobre esses desmandos de obras que some o dinheiro igual a feira da areia branca aqui, nao ampliaram a cobertura pra completar arrancaram os pes de arvores que ja faziam sombra e plantaram uns novos que daqui que va da sombra…. fora que vao utilizar as bancas velhas, que horrivel…. mas ela fica calada

  3. Maria disse:

    Boas argumentações Pé no Saco e Andrei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.