TCE-PE recomenda aprovação de contas da ex-prefeita de Arcoverde

por Carlos Britto // 09 de novembro de 2022 às 09:28

Madalena Britto, prefeita de Arcoverde-PE. (Foto/Divulgação)

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), em sessão realizada nessa terça-feira (8), recomendou a aprovação das contas da ex-prefeita de Arcoverde (Sertão do Moxotó) Madalena Britto, referentes ao exercício de 2020. Segundo o relator, conselheiro Marcos Loreto, restou plenamente demonstrado, nas razões apresentadas ao Tribunal, que a gestão de Madalena realizou, naquele ano, a devida aplicação dos recursos nos segmentos da educação e saúde, bem como procedeu com o recolhimento das contribuições previdenciárias aos regimes próprio e geral no devido tempo e modo.

Loreto apontou ainda que a então prefeita obedeceu às disposições orçamentárias e cumpriu com o repasse dos valores do duodécimo ao poder legislativo na forma prevista na lei. O relator foi acompanhado pelos demais conselheiros da Primeira Câmara.

Mesmo tendo sido um ano marcado por sérias dificuldades, diante da quadra pandêmica decorrente da Covid-19, a prefeita Madalena Brito deu provas de competência e responsabilidade na aplicação dos recursos, na organização orçamentária de Arcoverde, além de ter sido referência pelas boas práticas administrativas por ela implementadas”, afirmou o advogado Pedro Melchior de Melo Barros, que conduziu a defesa da gestora junto ao TCE. (Com informações do Blog do Magno)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.