Surto de dengue preocupa moradores no Bairro Caminho do Sol

por Carlos Britto // 23 de abril de 2020 às 11:00

Foto: Ilustrativa/Blog do Carlos Britto

Mesmo com todos os esforços dos Agentes de Combate às Endemias (ACEs) em Petrolina para anular os focos do Aedes aegypti, a população anda apreensiva.

No Caminho do Sol (zona leste), por exemplo, um comunitário que entrou em contato com o Blog se diz preocupado com o surto de dengue – uma das doenças causadas pelo mosquito – no bairro. “Dezenas de moradores estão apresentando vários sintomas, como dor e moleza no corpo, febre e manchas na pele. De antemão, através da associação de moradores, estamos pedindo apoio aos órgão de saúde, para evitar problemas maiores”, alertou.

Surto de dengue preocupa moradores no Bairro Caminho do Sol

  1. MARIA disse:

    Isso é grave, gravíssimo. … Prefeito! !! Mais uma batalha, pois dengue também deixa suas sequelas. SOS, urgente.

  2. Cidadão disse:

    Uma dica para barra a ploriferação de mosquito da dengue é fazer uma solução que mata o ovo do mosquito, combate o h1n1 e combate o covid 19 (coronavirus), eu coloquei num balde uma mistura de sabão em pó, água sanitária, detergente e água comum e joguei na calçada e no meio da rua nas partes onde a chuva junta água.

    Isso pode ser colocado num pulverizado, garrafa pet etc……… e ir espalhando em terrenos baldios e em locais que possam juntar água, se cada um fizer um pouquinho já quebra essas contaminações de dengue, covid, h1n1, gripe comum etc………….

    1. Defensor da liberdade disse:

      Isso de nada adianta, boa parte desses mosquitos vêm dos esgotos, pois apenas 50% dos brasileiros tem água e esgoto encanados em casa, um verdadeiro crime contra à população. O mosquito pode percorrer quilômetros atrás de fêmeas para acasalar, e estas fêmeas também para se alimentarem de sangue.

  3. Renata disse:

    Faz-se necessário aumentar a fiscalização pelos agentes de endemias da dengue e localizar qual residência ou prédio está com foco de larvas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *