Solenidade celebra 25 anos de fundação da Escola de Contas do TCE-PE

por Carlos Britto // 26 de setembro de 2023 às 12:00

Foto: GEJO/TCE-PE

A Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães realizou nesta segunda-feira (25) um evento em comemoração aos seus 25 anos de fundação. A celebração ocorreu no auditório Sérgio Guerra, da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), e contou com a presença do presidente do TCE-PE, conselheiro Ranilson Ramos, e do diretor da Escola, conselheiro Marcos Loreto, além dos conselheiros Valdecir Pascoal, Carlos Neves, Eduardo Porto, Ruy Harten (substituto) e do procurador geral do Ministério Público de Contas, Gustavo Massa.

O presidente da Alepe, Álvaro Porto; o superintendente da Escola Legislativa, Humberto Cavalcanti; e o ex-conselheiro Carlos Porto, também participaram da cerimônia.

Na abertura do evento, Ranilson Ramos destacou o papel pedagógico da Escola na capacitação e na formação de agentes públicos das unidades fiscalizadas pelo Tribunal. “Constitucionalmente o TCE-PE tem duas missões, sendo a primeira a da fiscalização, onde tem avançado nas ações ordinárias, buscando efetividade e caminhando para maior aproximação com as necessidades da sociedade. A segunda é o braço pedagógico, com as ações da Escola de Contas, que chega ao seu vigésimo quinto ano com um excelente conteúdo educacional, dividindo conhecimentos com todos os servidores, jurisdicionados, e com a sociedade em geral”, enfatizou.

O diretor da Escola, conselheiro Marcos Loreto, parabenizou a atuação de todos que contribuíram e contribuem com a atuação da Escola, produzindo e disseminando conhecimentos, em prol da melhoria da administração pública. “O que no início ocupava uma modesta sala da sede do Tribunal e contava com um pequeno número de servidores, hoje é uma instituição com sede própria, com autonomia administrativa e financeira, credenciada pelo Conselho Estadual de Educação e com um quadro de funcionários formado por colaboradores de várias especialidades e mais de 70 professores, sendo em grande maioria, servidores do TCE-PE”, informou.

Papel

Loreto destacou ainda o papel estratégico que a Escola tem para o Tribunal, contribuindo na execução de diversas ações, tais como o estímulo ao controle social, o fomento à cultura de inovação, o aprimoramento da gestão do conhecimento e o desenvolvimento profissional de membros, servidores e agentes públicos jurisdicionados.

A professora e pesquisadora de educação a distância, Andrea Filatro, fechou as comemorações com a palestra ‘Educação do Futuro, Tendências e Desafios Emergentes’, apresentando um panorama dos desafios baseados em metodologias inovadoras, em novas tecnologias a serem exploradas por educadores e gestores educacionais que vislumbram as possibilidades dessas inovações. “Estamos propondo um futuro a ser explorado, mostrando uma postura crítica para verificar os riscos, os desafios e os obstáculos a serem superados. Espero ter contribuído para uma reflexão dos próximos 25 anos da Escola”, disse ela.

A solenidade teve também uma homenagem a todos os ex-diretores e ex-coordenadores da Escola de Contas, em reconhecimento às suas importantes contribuições ao longo dos 25 anos da instituição. As informações são da Gerência de Jornalismo do TCE-PE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. A manutenção da estátua de Daniel Alves manterá também a contradição de seus atos. Hoje os monumentos também servem para…