Sobre denúncia de corrupção, Beguinha muda o discurso: “O telefone foi roubado. A voz é parecida, mas não é minha”

10

pe_25216_43556_13Ainda não terminou a polêmica da declaração do comunitário Edielson Vieira da Silva, o “Beguinha do Ceape”.

Beguinha disse ao radialista Waldiney Passos, em participação ao vivo na Rádio Jornal do Commércio em Petrolina, que recebia mensalmente R$ 500,00 da prefeitura de Petrolina para não criticar a operação de demolição do Ceape (veja aqui).

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Petrolina informou a este Blog que não vai se pronunciar sobre o fato, que enviou a demanda à procuradoria jurídica e que Beguinha teria informado que não foi ele quem fez a crítica, que seu telefone foi roubado e a voz também não era dele, só parecida. Não ria, foi isso mesmo.

A reportagem deste Blog tentou entrevistar o comunitário, mas todas as vezes que ele nos identifica, desliga a chamada. (foto/reprodução)

10 COMENTÁRIOS

  1. kkkkkkkkkkkkk Ele disse em participação ao vivo no programa, que recebia R$ 500,00 mensalmente. E agora vem com essa estória de que o telefone foi roubado? É isso? Esse cara é dúbio, só pode ser!!

  2. Poxa, como as coisas estão hoje em dia, um cidadão de bem tem seu telefone roubado e o meliante que roubou vai pra rádio inventar coisas sobre o cidadão……….. Onde vamos parar?

  3. Esse tipo de elemento é o que quer a todo cu$to defender a manutenção do lixão chamado ceape.
    Ta na cara que tudo que querem é isso, uma esmola ate morrer ja que ninguém mais vivia daquilo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

três × um =