Sindicato dos policiais penais de PE suspende assembleia após governo sinalizar diálogo

por Carlos Britto // 29 de novembro de 2021 às 19:17

Foto: Sinpolpen-PE/divulgação arquivo

Uma semana após a passeata dos policiais penais de Pernambuco, cobrando o acordo coletivo assinado sobre o reajuste salarial, novos enquadramentos por tempo de serviço, alteração do Plano de Cargos e Carreira e criação do Departamento de Polícia Penal, o governo do Estado acenou para uma negociação com a categoria. Por esse motivo, o sindicato que responde pelos profissionais (Sinpolpen-PE) decidiu suspender a convocação para uma assembleia geral no mês de dezembro, cujo intuito era deliberar sobre mobilizações como operação padrão ou mesmo uma paralisação.

A assembleia ficou janeiro de 2022, quando o Sinpolpen-PE analisará a proposta que será negociada nos próximos 50 dias.

A negociação ocorrerá até meados de janeiro. Porém o sindicato convocou uma assembleia geral para o dia 20 do mesmo mês, confiando que ocorrerá um bom encaminhamento nas negociações para conclusão das tratativas. No entanto, caso não ocorra um consenso entre as partes, a categoria pode deliberar nesse dia por mobilizações como operação padrão e paralisações dos serviços não essenciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *