Sindicato de aeroportuários aprova greve nos 63 aeroportos administrados pela Infraero

por Carlos Britto // 19 de julho de 2013 às 18:31

Aeroporto1-640x350Mais de 60 aeroportos brasileiros podem parar suas atividades no próximo dia 31. A informação é do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), que marcou para esta data uma greve por tempo indeterminado nos terminais administrados pela estatal Infraero. De acordo com uma reportagem publicada na edição desta sexta-feira (19) no Globo Online, o sindicato confirmou, ontem (18), que o movimento teve adesão de 89% dos presentes nas assembleias feitas em todo país na última quarta-feira (17). A organização representa 13,6 mil funcionários da estatal.

A data-base da categoria é 1º de maio e, desde então, foi feita apenas uma rodada de negociação. O sindicato destacou que entre os principais pontos da pauta de reivindicações dos funcionários que não foram atendidos pela estatal estão o aumento salarial real (descontada a inflação) de 9,5% e melhorias em benefícios como o auxílio-creche.

Severino Macedo, presidente do conselho fiscal do Sina, disse ainda que a Infraero só renovará 71 cláusulas do acordo firmado no ano passado, que incluía 89 itens. Entre os pontos que ficariam de fora está o adicional por tempo de serviço de 1% sobre o salário por ano de casa. O adicional noturno, hoje de 60% sobre o salário, cairia para 20%. “A greve não é para cometer irresponsabilidade. Não vão ser os aeroportuários que vão atrapalhar o Papa Chico não. Mas temos que fazer pressão”, disse Macedo. (De Agência)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *