Simão faz avaliação positiva do São João de Petrolina e prepara ajustes para 2023

por Carlos Britto // 29 de junho de 2022 às 11:39

Prestes a completar três meses à frente da Prefeitura de Petrolina, Simão Durando Filho não escondeu sua alegria com o estrondoso sucesso do São João oficial. E ele tem motivos para isso. Primeiro porque os festejos voltaram a acontecer após dois anos suspensos, devido à pandemia de Covid-19, superando toda as expectativas; depois, porque esta é a primeira vez que Simão comanda como gestor o maior evento cultural do município.

Em entrevista ao Blog, o prefeito afirmou que a população aprovou o novo espaço dos festejos juninos no Pátio de Eventos Ana das Carrancas, no Bairro KM-2. Segundo ele, o local é estratégico, pois fica próximo a outras grandes comunidades do entorno, facilitando o acesso do público.

As pessoas puderam ir a pé do Gercino Coelho, Vila Mocó, da Vila Eulália, Caminho do Sol, Antonio Cassimiro, Jardim Maravilha. A gente fez todo um planejamento, muito antes do São João, para que a gente pudesse realmente testar o espaço. A mobilidade urbana funcionou, não teve engarrafamentos no local”, declarou. Ele explicou ainda que o acesso ao bairro foi fechado em comum acordo com a comunidade do bairro, sendo liberado apenas para os moradores do KM-2 e visitantes. Outro detalhe foram os fogos de artifício silenciosos, como forma de respeitar os idosos do bairro, os animais domésticos e os autistas.

O prefeito destacou a questão da segurança do evento, que contou com 550 homens nos nove dias e sistema de videomonitoramento na parte externa e interna do pátio. Além da Guarda Civil Municipal (GCM), Simão fez questão de agradecer a parceria com 5º BPM, 2º BIEsp, Polícia Civil, PRF, Corpo de Bombeiros e AMMPLA. Ele mencionou ainda o serviço de transporte coletivo, reforçado durante os festejos, com ônibus disponíveis a cada meia hora. “O saldo é bastante positivo”, frisou.

Economia

Simão não poderia deixar de comemorar também o aquecimento na economia de Petrolina provocado pelo São João. Ele contou que foram gerados, direta e indiretamente, 20 mil empregos. Além disso, as vendas – tanto no comércio do Centro como nos bairros – aumentaram mais de 15%. Sem falar nos 300 ambulantes cadastrados para o evento e prestadores de serviço, a exemplo da rede de hotelaria, restaurantes, mototaxistas, taxistas, costureiras e eletricistas, que também saíram lucrando.

Números bem diferentes, segundo Simão, daqueles vistos no ano passado, quando Petrolina ainda sentia o peso da crise por conta da Covid-19. “Este ano mais de R$ 270 milhões ficaram na cidade de Petrolina. Com as receitas financeiras sanadas da prefeitura, a gente também pôde, no dia 14 (de junho) pagar a primeira parcela do 13º salário dos servidores, injetando R$ 18 milhões na economia de Petrolina. Então a gente está muito satisfeito”.

Simão mostrou-se ainda mais feliz pelo fato de a questão cultural da cidade ter sido valorizada com eventos como a Corrida dos Namorados, Festival de Violeiros, Concurso de Sanfoneiros, a Festa de Santo Antonio na Ilha do Massangano, Vaquejada, Jecana do Capim, o São João dos Bairros, o Forró da Espora e a Missa do Vaqueiro.

Ajustes

O prefeito revelou que algumas novidades tiveram de ser adiadas, mas outras foram aplicadas no evento deste ano e caíram no gosto geral – o ‘Palhoção’ no Bodódromo, com um trio de pé-de-serra tocando forró das 13h às 19h. O gestor adiantou que, para a próxima edição do São João, alguns ajustes já estão sendo planejados.

Um deles é uma festa junina voltada para as famílias petrolinenses, com atrações tradicionais e começando mais cedo. Ele também pretende abrir a cidade cenográfica (um dos sucessos do pátio) antes da 19h, para que os pais e suas crianças se divirtam por mais tempo.  Segundo o gestor, mais de 30 mil turistas curtiram os festejos de Petrolina neste ano.

Simão faz avaliação positiva do São João de Petrolina e prepara ajustes para 2023

  1. Maguim disse:

    Parabéns pelo São João prefeito!
    A maior venda de espetinho da história desse país,
    50 mil espetos em uma noite.
    E os moradores do km2 na bronca, sem dormir e tendo o direito de ir e vir comprometidos!

    Fica a dica tire dali e coloque em outro área!
    Só acho!

  2. thiaro disse:

    kkkk bote positiva nisto, se for pela quantidade de espetinho que um comerciante vendeu segundo o prefeito , videos nas redes socias, seria necessario uma camara frigorifica do tamanho do bairro km2 , esta turma é hilária.

  3. MARCELO disse:

    ele tem que ajustar a fala dele tambem, porque dizer que uma pessoa so em uma unica noite vendeu 50 mil espetos é verdade igual a dizer que esse novo patio é maior que o antigo kkk

  4. Josefa Maria disse:

    Eita mimimimimimi. A pessoa não pode cometer um equívoco. Onde anda essa perfeição de vocês, comentaristas? Jesus! Se resume a criticar. Foi maravilhoso! O local é esse mesmo. Por apenas 2 noites, o público superou as expectativas e superlotou. Já era esperado, por conta das atrações. As melhores do Brasil. Parabéns Prefeitura! Amei! kkk.” O Melor São João do Mundo foi aqui em Petrolina-PE”. kk. SHOW!

  5. Aryfax Anjos Almeida disse:

    Precisa mesmo. Ajustes. Muitas atrações caras e sem público. Outrss horários. Sem noção festa começa 18h00 ou 19h00. Certo era 22h00. Diminuir atrações que não tem nada haver. Devia antes sugerir nomes deixar população escolher do que empresários e os políticos… Dinheiro público outra acabar essas coisas de camarotes festa pública… Safadeza.

  6. Luciana disse:

    perguntem a todos que colocaram barraca no são João, só tivemos prejuízo, o máximo que conseguimos, foi equiparar o valor investido,barraca cara, bebidas cara, os unicos que levaram vantagens foi o pessoal do camarote que tem o poder aquisitivo melhor, mas o pobre , não conseguiu nem vender e os foliões não conseguiram consumir, expectativa totalmente frustada para todos envolvidos, fora a desorganização interna, stressa, etc

  7. Paulo Cesar da Silva Campos disse:

    Calado é um poeta.

  8. DELZUITO DA SILVA BARROS disse:

    até os médicos de Petrolina agora vão vender espetinho

  9. Fernando disse:

    Sao Joao maravilhoso. Mesmo com todos inprevistos diante de um novo cenário. Todos as expectativas foram alcançadas. Ajustes são necessários.mas no geral foi tudo muito bem organizado, buscando atender os anceios de todos. Que venha 2023.

  10. Nilo disse:

    Acabou São João, agora é trabalhar! Saia pela cidade, tomando o devido cuidado para não atropelar a população canina, cair nos buracos, ser assaltado, pegar dengue ou coisa pior. No mais, tudo bem!!

  11. Juliano Sá disse:

    Queria que tanto empenho fosse tomado para sanar problemas de buracos da rua 01 do loteamento Recife. Obra de pavimentação completou 2 anos e os diversos buracos que lá estão estão completando 22 meses. A um ano ganharam a companhia de cavaletes da prefeitura, porém, sanar o problema que é o ideal NADA!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.