Servidores estaduais da saúde decidem entrar em greve no dia 10 de junho

por Carlos Britto // 01 de junho de 2009 às 13:41

Em reunião na manhã desta segunda-feira (1º), os servidores estaduais da saúde decidiram que vão entrar em greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia 10 de junho. De acordo com a categoria, a decisão foi tomada porque não houve acordo sobre a questão salarial com o Governo.

A reunião, organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores Público da Saúde em Pernambuco (Sindsaúde-PE), ocorreu no auditório do Hospital da Restauração, no bairro do Derby, no Recife. Os servidores também irão realizar um ato em protesto à criação das fundações públicas de direito privado na gestão da saúde, projeto de lei que está tramitando no Congresso Nacional.

De acordo com o Sindsaúde, atualmente os auxiliares ganham R$ 415, os assistentes, R$ 520, e os analistas, R$ 1.170. O Sindsaúde entregou a pauta ao Governo exigindo R$ 919 para os cargos de auxiliares; R$ 1.150 para assistentes e R$ 2.290 para analista.

NOTA
Por meio de uma nota, a Secretaria de Administração informou que os acordos de reajustes salariais já firmados com diversas categorias que têm desdobramentos em 2009 e 2010 serão cumpridos, conforme foi combinado na reunião do último dia 22 de maio.

Ainda segundo a Secretaria, os concursos realizados nas áreas de segurança, educação e saúde representam um incremento na folha de pagamento da ordem de R$ 900 milhões. Por isso, seria economicamente inviável atender novos pleitos.

Fonte: pe360graus

Servidores estaduais da saúde decidem entrar em greve no dia 10 de junho

  1. Sou mais Fundação Saúde disse:

    Oxente! ninguém comenta. Por que será? Fico pensando se fosse Júlio Lóssio o resposável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *