Serra Talhada inaugura Memorial em Homenagem às Vítimas da Covid-19

por Carlos Britto // 11 de agosto de 2022 às 21:00

Foto: Dudu Telles/divulgação

Em Serra Talhada (PE), Sertão do Pajeú, as pessoas que perderam a vida durante a pandemia de Covid-19 receberam uma homenagem póstuma da prefeitura. Foi inaugurado ontem (10) um memorial para lembrar as vítimas da doença. O espaço ficou a cargo das secretarias municipais de Meio Ambiente e de Obras e Infraestrutura.

Localizado ao lado do Museu do Cangaço, o Memorial em Homenagem às Vítimas da Covid-19 possui 1.400 m² de área verde, com 67 árvores nativas do Brasil (ipês amarelos, brancos, roxos e rosas, além de paineiras rosas e oitis), canteiros de flores, espelho d’água, palmeiras, bicicletários, pergolado, bancos, lixeiras para coleta seletiva e totem digital com a biografia das 203 vítimas da doença no município.

A solenidade de inauguração do memorial contou com a presença dos familiares dos serra-talhadenses homenageados, além do padre Josenildo Nunes e do pastor Elder Torquato, que levaram uma mensagem de fé para os presentes. A prefeita Márcia Conrado destacou a emoção de poder entregar às famílias um espaço dedicado à memória dos seus entes queridos.

A pandemia foi um momento muito difícil para todos nós, onde muitas famílias perderam seus entes queridos e não tiveram sequer a chance de se despedirem no momento final. São 203 serra-talhadenses que nos deixaram e que para sempre serão lembrados, por isso pensamos neste memorial, um espaço onde as famílias poderão se encontrar e relembrar que o amor permanece e que as pessoas que se foram jamais serão esquecidas“, disse a prefeita.

Área verde

O secretário de Meio Ambiente, Sinézio Rodrigues, explicou que, além de homenagear as vítimas da doença, o memorial será mais uma área verde na cidade, atendendo todas as exigências da Lei 1.732/2019 do Plano Municipal de Arborização Urbana. “Para tornar o ambiente ainda mais especial, instalamos um equipamento com tecnologia de ponta sob o pergolado, um totem digital onde é possível consultar a foto e biografia de todas as vítimas da doença, através de um sistema criado pelo NTI. Além disso, revitalizamos o muro do Museu do Cangaço, que recebeu um grafite com um layout que representa muito bem a mensagem que gostaríamos de transmitir às pessoas”, pontuou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.