Seres constata aumento de inscritos em Enem para detentos em Pernambuco

por Carlos Britto // 13 de dezembro de 2021 às 19:00

Foto: Seres/arquivo

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, por meio da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), constatou um aumento de 34% nas inscrições de detentos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. De acordo com a pasta, este ano foram 1.706 inscrições o Enem voltado para Pessoas Privadas de Liberdade (PPLs) em 23 unidades prisionais, mais o Centro de Saúde Penitenciário (CSP), de Abreu e Lima. Um aumento de 34% com relação ao ano passado, quando o total de participantes ficou em 1.273.

Entre as unidades que mais inscreveram para o certame estão o Centro de Ressocialização do Agreste (CRA), no município de Canhotinho, que passou de 13 para 41 inscritos, um aumento de 215,38%; em segundo lugar vieram os Presídios de Itaquitinga (PIT) e o de Santa Cruz do Capibaribe (PSCC) – ambos com 168,42%; e em terceiro, o  Presídio Frei Damião de Bozzano (PFDB), no Complexo do Curado, com 144,83% a mais de inscritos.

De acordo com o gerente de Educação e Qualificação Profissionalizante da Seres, Sérgio Barbosa, o aumento do interesse pelo Enem PPL se deve ao incentivo dado aos estudantes das escolas prisionais, mas, principalmente, à busca ativa realizada pelo Apoio Pedagógico e Setor Social das unidades prisionais, com aqueles que não estavam assistindo às aulas, mas já tinham concluído o ensino médio em outros anos e estão aptos a participarem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *