Senadores nordestinos e ministros reúnem-se com Michel Temer sobre medidas para enfrentamento da seca

5

reuniao-ministros-seandores-e-temer

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) e mais 16 parlamentares nordestinos estão reunidos nesta tarde  com o presidente da República Michel Temer.

O encontro – do qual também participam os ministros da Integração Nacional, Helder Barbalho, e das Cidades, Bruno Araújo – ocorre no Palácio do Planalto e tem o objetivo de definir soluções para o enfrentamento de uma das secas mais severas da história que a Região Nordeste deve enfrentar nos próximos meses.

5 COMENTÁRIOS

  1. A lei 13340 aprovada desde 28.09.16 se encontra na presidência da Repúblca para ser regulamentada. Este ato estava previsto, pela enésima vez, para ontem ser assinado e publicado hoje. Esta lei visa renegociação de débitos junto aos bancos por conta de secas anteriores. Até agora nada!

    • Detesto essa palavra “renegociação de dívidas”, por que nada mais é do que um nome bonito para calote institucionalizado, e quem vai pagar a conta desse calote é o contribuinte via impostos, inflação e taxas de juros elevadas. Governo não tem que financiar empreendimento de ninguém, eu não sou obrigado a bancar empreendimento privado dos outros.

    • Quem falou em doar aqui? Amigo, financiamento é empréstimo, e quem empresta dinheiro cobra juros, por quê ninguém é besta de emprestar dinheiro para os outros por pura caridade. Se o devedor tenta uma renegociação aumentando o prazo para liquidação da dívida, o credor irá aumentar os juros pois corre o risco de sofrer calote. No caso da União, esse dinheiro não pago pelo devedor no tempo antes negociado irá faltar em algum lugar. Como o governo tem despesas e houve uma redução na receita, o governo irá jogar essa despesa na dívida pública. Como o governo não terá liquidez para pagar a nova dívida, ele emite títulos para arrecadar dinheiro, e quem compra esses títulos são os bancos, imprimindo dinheiro lastreado no nada e aumentando a inflação, e consequentemente as taxas de juros. Sabe onde essa manobra do governo vai pesar? No seu bolso! É velhão, você viveu muito mais não aprendeu nada…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome