Seminário debate produção de alimentos orgânicos no Vale do São Francisco

por Carlos Britto // 23 de março de 2009 às 19:00

O Vale do São Francisco é uma área semi-árida tropical onde a agricultura é praticada com uso intensivo de tecnologia. As altas produtividades das frutas e hortaliças submetidas ao manejo adequado de água, solo e planta permitiram à região conquistar importantes mercados no Brasil e no exterior.

Ainda pouco explorada, a produção de alimentos orgânicos é uma opção para que agricultores e empresas tenham acesso a um mercado em contínua expansão e contribuam para a redução de problemas ambientais como a perda de fertilidade do solo e o excessivo uso de insumos sintéticos.

A discussão desta temática é um dos objetivos do I Seminário de Agricultura Orgânica do Vale do São Francisco que vai acontecer de 1 a 3 de abril, no auditório do SENAI, em Petrolina-PE.

O evento será promovido pela Embrapa Semi-Árido e pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias de Pernambuco – CIN/FIEPE, com o apoio do SEBRAE, UNIVASF, SENAI, CODEVASF, Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco – AD-Diper, Embrapa, Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial – ABDI.

Este evento faz parte das atividades do projeto “O uso sustentável da biodiversidade como diferencial na estratégia de internacionalização de micro e pequenas empresas”, financiado com recursos da União Européia, para o desenvolvimento da fruticultura orgânica no Vale do São Francisco.

Mais informações: www.cpatsa.embrapa.br

Seminário debate produção de alimentos orgânicos no Vale do São Francisco

  1. ATENTO disse:

    Excelente iniciativa da Embrapa! Este é um segmento que vem crescendo mundialmente, na casa dos 30% ao ano. E a consciência ecologica, a responsabilidade pelo meio ambiente, também devem ser levadas em conta. A ingestão de produtos ecologicamente correto evita muito das doenças causadas pelo uso de insumos sintéticos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *