Sem projetos de Lei, segunda sessão plenária do ano é marcada por protesto e avaliação de requerimentos

0
Foto: Ascom/CMP

A segunda sessão plenária da Câmara de Vereadores de Petrolina (PE), que aconteceu nesta terça-feira (9), foi marcada por protestos e avaliação de requerimentos. Um grupo com cerca de 10 pessoas conseguiu paralisar a reunião por alguns minutos, para chamar a atenção dos parlamentares acerca da atuação do Hospital Dom Malan/Imip na cidade. “Nós queremos um local de acolhimento e não um campo de guerra“, disse uma das integrantes do protesto.

Com isso, os vereadores usaram o tempo de fala para externar suas opiniões sobre o assunto. A presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, vereadora Maria Elena (MDB), afirmou que pretende se reunir com a Comissão dos Diretos Humanos para sugerir a ampliação da Casa de Parto, por parte da Prefeitura Municipal. “Não é possível que em tão pouco tempo tenha acontecido tanta coisa errada. Foi troca de bebês, mulheres expostas, sofrendo em trabalho de parto e agora o sofrimento desse pai que perdeu sua filha Quero contar com os colegas vereadores nessa questão“, declarou, pedindo mais atuação da rede PEBA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome