Secretário de Segurança:Foi um querendo ser mais policia do que o outro.

por Carlos Britto // 27 de fevereiro de 2009 às 20:30

“Foi um querendo ser mais Polícia que o outro”. Desta forma, o secretrário de Segurança Pública, César Nunes, classificou, em entrevista, a briga entre policiais civis e militares durante o Carnaval.

O secretário disse que soube que houve empurra-empurra entre as duas equipes. As imagens gravadas pela TV Aratu mostram mais do que empurrões. Um agente aparece desferindo um golpe de cassetete, militares tentam imobilizar um policial civil e outro agente saca sua arma.

A confusão começou quando policiais civis conduziam dois homens e passaram para uma guarnição da PM. O motivo do tumulto não foi esclarecido. A briga envolveu o delegado de Juazeiro, Charles Leão, que estava reforçando o policiamento no Carnaval e o major Pedro Jorge Fonseca.

César Nunes disse que está apurando os fatos. O Ministério Público do Estado também instaurou inquérito para investigar os fatos.

Secretário de Segurança:Foi um querendo ser mais policia do que o outro.

  1. antnio carlos disse:

    Pessoal o que o secretário César Nunes quis dizer em outras palavras e que tudo vai acabar em PIZZA, quem apanhou fica fica apanhado e quem bateu tavés deva pedir desculpa e tudo bem, depois do carnaval todo mundo esquece, como tudo no brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *